Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1855
Título: Estudo da atividade in vitro de componentes da dieta e de plantas medicinais do nordeste brasileiro sobre Helicobacter Pylori
Título em inglês: Antimicrobial activity in vitro of diet components and medicinal plants of the brazilian northeast on Helicobacter pylori
Autor(es): Cândido, Cinthya Soares
Orientador(es): Carvalho , Cibele Barreto Mano de
Palavras-chave: Óleos Voláteis
Extratos Vegetais
Dieta
Data do documento: 2008
Citação: CÂNDIDO, C. S. (2008)
Resumo: Helicobacter pylori é uma bactéria que infecta cerca de 50% da população mundial constituindo um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de câncer gástrico. O aparecimento deste tipo de câncer está associado à presença da bactéria e a uma soma de elementos de risco, tais como os hábitos alimentares, a predisposição genética e fatores ambientais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de componentes da dieta nordestina (sal, vinagre, pimenta e sumo de batata), extratos e óleos essenciais no crescimento de H. pylori. No estudo foram utilizadas uma cepa padrão e uma clínica. O método escolhido para a realização da triagem foi o teste da zona de inibição e para determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) foi o de diluição em ágar descrito pelo CLSI. As cepas foram inoculadas em meio de cultura apropriado contendo diferentes concentrações das substâncias testadas. A leitura foi determinada macroscopicamente e o crescimento confirmado através da realização da microscopia pelo método de Gram e provas bioquímicas. Foi verificado que o sal não inibiu o crescimento de H. pylori e nem alterou a sua morfologia, contudo, foi capaz de influenciar na ação de um antimicrobiano, in vitro. O vinagre e a pimenta não apresentaram ação antimicrobiana. O sumo de batata foi capaz de promover o crescimento bacteriano mesmo que em pequena proporção. Os extratos etanólicos de erva-cidreira (Lippia alba Mill. N.E.B quimiotipos I, II, III) e macela (Egletes viscosa L.) foram ativos contra a bactéria. Os óleos essenciais de alfavaca verde (Ocimum gratissimum L.) e roxa (Ocimum sp), aroeira (Myracrodruom urundeuva All.), erva-cidreira (L. alba Mill. N.E.B quimiotipos I, II, III) e macela (E. viscosa L.) também foram ativos contra H. pylori. A caracterização química confirmou os constituintes majoritários das plantas. H. pylori constitui, hoje, uma vasta fonte de pesquisa em diversos campos investigativos. Estudos de transmissão, prevalência, resistência a drogas antimicrobianas, novas alternativas terapêuticas e desenvolvimento de vacinas são necessários e bastantes promissores.
Abstract: Helicobacter pylori is a bacteria that infects about 50% of the world population constituting one of the principal risk factors for the development of gastric cancer. The emergence of this cancer type is associated to the presence of the bacteria and risk elements, such as the alimentary habits, the genetic predisposition and environmental factors. The present work had as objective evaluates the effect of components of the Northeastern diet (salt, vinegar, pepper and potato juice), extracts and essential oils on H. pylori growth. In the study a reference and a clinic strain were used. The chosen method for the accomplishment of the screening test was the inhibitory-zone testing and for determination of the Minimum Inhibitory Concentrations (MIC) it was used the agar dilution method as described by Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). The strains were inoculated in appropriate culture medium containing different concentrations of the tested substances. The reading was determined macroscopically and the growth confirmed through the accomplishment of the microscopy by the Gram method and biochemical tests. It was verified that the salt did not inhibit the growth and morphology of H. pylori, however, it was able to influence the antimicrobial effect, in vitro. The vinegar and the pepper did not show antimicrobial activity. The potato juice was shown to promote the bacterial growth. The ethanolic extracts of Lippia alba Mill. N.E.B chemotypes I, II, III) and Egletes viscosa L. were active against the bacteria. The essential oils of Ocimum gratissimum L., Ocimum sp, Myracrodruom urundeuva All., L. alba Mill. N.E.B chemotypes I, II, III and E. viscosa L. were also active against H. pylori. The chemical characterization confirmed the majority constituents of the plants. H. pylori constitute, today, a vast research source in several areas. Related studies the transmission prevalence, resistance antimicrobial, new therapeutic alternatives and development of vaccines they are necessary and plenty promising.
Descrição: CÂNDIDO, Cinthya Soares. Estudo da atividade in vitro de componentes da dieta e de plantas medicinais do nordeste brasileiro sobre Helicobacter Pylori. 2008. 86 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica)- Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1855
Aparece nas coleções:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_cscandido.pdf1,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.