Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18576
Título: Integração de dados geofísicos (magnetometria, gravimetria e magnetotelúrico) na Borda Nordeste da Bacia do Parnaíba, NW do Estado do Ceará, Brasil
Título em inglês: Integration of geophysical data ( magnetometry , gravimetry and magnetotelluric ) in the northeastern edge of the Parnaíba Basin , NW of Ceara , Brazil
Autor(es): Oliveira, Karen Maria Leopoldino
Orientador(es): Branco, Raimundo Mariano Gomes Castelo
Palavras-chave: Geofísica aplicada
Geofísica
Bacias (Geologia)
Geodinâmica
Data do documento: 2016
Citação: OLIVEIRA, K. M. L. (2016)
Resumo: Este trabalho apresenta o resultado de estudo integrado de dados geofísicos (magnetometria, gravimetria e magnetotelúrico) realizado na borda nordeste da Bacia do Parnaíba (BP), NW do Ceará. Esta área sofreu reativações tectônicas de falhas importantes associadas à parte norte do Lineamento Transbrasiliano, localmente conhecida como Zona de Cisalhamento Sobral-Pedro II (ZCSPII) e possui dois baixos gravimétricos que foram interpretados, em trabalho prévio, como grábens. Interpretações qualitativas e quantitativas foram realizadas nos dados geofísicos, visando melhor entendimento das relações tectonoestratigráficas que envolvem a borda nordeste da BP, com base na determinação dos principais lineamentos geofísicos, geometria e profundidade das fontes. Os resultados mostram compartimentação estrutural caracterizada por lineamentos de 1ª ordem dispostos na direção NE-SW e de 2ª ordem dispostos nas direções E-W e NW-SE. Foi realizada estimativa de profundidade de fontes magnéticas e gravimétricas por meio da Deconvolução de Euler 2D em perfil de direção NW-SE, perpendicular às zonas de cisalhamento brasilianas e aos dois baixos gravimétricos. Medidas de densidade de rochas aflorantes e informações geofísicas de trabalhos anteriores próximos à região foram incorporados com intuito de restringir o universo de soluções e tornar o modelo geofísico mais realístico. Os resultados para as estimativas de profundidade no perfil magnético e gravimétrico mostram que a borda nordeste da BP possui fontes com profundidades de até 5 km. A Zona de Cisalhamento Café-Ipueiras (ZCCI) e a ZCSPII, que não são bem marcadas em superfície, aparecem bem pronunciadas em subsuperfície nos diversos mapas e modelos geofísicos. Outros lineamentos de expressão e profundidades semelhantes aparecem bem marcados pelas soluções de Euler 2D na região de Tianguá, Ubajara e Ibiapina. A partir do mesmo perfil sobre o mapa de anomalias Bouguer residual foi gerado modelo geológico 2D, objetivando melhor caracterizar a geometria e profundidade das fontes e, assim, promover resultados mais confiáveis do ponto de vista geológico. A seção magnetotelúrica mostra que a borda nordeste da BP é marcada por baixos e altos valores de resistividade, esclarecendo a geometria assimétrica do embasamento da bacia, e que a espessura máxima do pacote sedimentar alcança aproximadamente 3 km. Anomalias resistivas de mergulho subvertical apontam para feições que podem representar as zonas de cisalhamento brasilianas que parecem balizar as feições grabenformes da região. Tais feições podem indicar áreas com maiores probabilidades de sucesso na busca de águas subterrâneas.
Abstract: An integrated study of geophysical data (magnetic, gravity and magnetotelluric) was undertaken in the northeast edge of Parnaíba Basin, NW Ceará. The development of the basin suffered tectonic reactivation of major faults associated with the north part of Transbrasiliano Lineament, known locally as Sobral-Pedro II Shear Zone (SPIISZ), and has two gravimetric low interpreted as grabens in previous work. Qualitative and quantitative interpretations of geophysical data were performed in order to understanding tectonostratigraphy relationships involving the northeast part of Parnaíba Basin based on main geophysical lineaments, geometry and depth of sources. The results show structural lineaments partitioning characterized by lineaments in the 1st NE -SW order direction and 2nd EW and NW-SE order directions. The depth of the magnetic and gravity sources was estimated using 2D Euler deconvolution from NW-SE geophysical profile, perpendicular to Brasiliano shear zones and two gravimetric lows. Outcropping rock density measurements and geophysical information from previous work in the area were integrated to constrain modeling. The magnetic and gravity profiles of the northeast edge of Parnaíba basin estimated sources up to 5 km depth. The Café-Ipueiras shear zone and SPIISZ that is not marked on the surface appear much pronounced in the various maps and subsurface geophysical models. Another lineament with similar expression appears well marked by the 2-D Euler solutions in the Tianguá, Ubajara and Ibiapina region. 2D gravimetric models were generated over the Residual Bouguer Map in order to obtain more reliable results, compatible with geological knowledge. The 2D magnetotelluric inversion shows that the northeast edge of the Parnaíba Basin is marked by low and high resistivity values, and maximum thickness of the sedimentary package reaches approximately 3 km. Subvertical dipping resistive anomalies point features that can represent Brasiliano shear zones which seem to limit the graben features that occur in the region. Such features may indicate areas with greater chances of success in the exploitation of groundwater.
Descrição: OLIVEIRA, Karen Maria Leopoldino. Integração de dados geofísicos (magnetometria, gravimetria e magnetotelúrico) na Borda Nordeste da Bacia do Parnaíba, NW do Estado do Ceará, Brasil. 2016. 111 f. Dissertação (Mestrado em geologia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18576
Aparece nas coleções:DGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_kmloliveira.pdf18,74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.