Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1861
Título: Uso de clorexidina e vancomicina na inibição de streptococcus mutans salivares em crianças com cárie : um ensaio clínico duplo-cego, randomizado
Título em inglês: Use of chlorhexidine and vancomycin in inhibition of Mutans streptococci in children with dental caries : a clinical trial, double-blind, randomized
Autor(es): Lobo, Patrícia Leal Dantas
Orientador(es): Fonteles , Cristiane Sá Roriz
Palavras-chave: Clorexidina
Vancomicina
Cárie
Data do documento: 2007
Citação: LOBO, P. L. D. (2007)
Resumo: Objetivo: Comparar a eficácia de quatro diferentes substâncias: clorexidina 1%, vancomicina 3%, vancomicina 10% e fluoreto de sódio 1,23%, na redução de Streptococcus mutans (SM) em crianças com cárie. Métodos: Setenta e uma crianças, entre 4 e 8 anos de idade, foram distribuídas aleatoriamente em quatro grupos. Os antimicrobianos foram manipulados na forma de gel e aplicados, durante seis dias consecutivos, por meio de moldeiras individuais previamente confeccionadas. Foi coletada saliva antes do início do tratamento (D1), após seis dias (D6), após quinze dias (D15) e após trinta dias do início das aplicações (D30). Para análise microbiológica as amostras foram cultivadas sobre Agar MSB, incubadas em estufa a 37oC, com atmosfera de microaerofilia, durante 48 horas. As contagens das colônias foram então realizadas e confirmadas a partir de provas bioquímicas, expressa em Unidades Formadoras de Colônias (UFC)/mL. Resultados: Quando comparado D6 com D1 encontramos os seguintes resultados: Vancomicina 10% (p = 0,0008) e clorexidina (p = 0,0001) expressaram as menores contagens bacterianas. Comparando D30 com D1: flúor e clorexidina demonstraram um retorno aos valores iniciais encontrados em D1; enquanto a vancomicina 3% (p = 0,004) e 10% (p = 0,003) tiveram significativo aumento nas contagens bacterianas. No D6, vancomicina 10% (p = 0,0001) e clorexidina (p = 0,000) expressaram menores contagens que o flúor (Teste Mann-Whitney ), com nenhuma diferença entre ambos os grupos (p = 0,24). Conclusões: No presente trabalho após 6 dias consecutivos de administração tópica, a clorexidina gel a 1% demonstrou-se tão eficaz quanto a vancomicina gel a 10% na redução de SM salivares em crianças com cárie. O fluoreto de sódio a 1,23 % e a vancomicina a 3%, entretanto, demonstraram-se igualmente ineficazes. Em conclusão, o uso da clorexidina na forma de gel a 1%, por 10 minutos, durante seis dias consecutivos demonstrou grande eficácia na redução de SM salivares em crianças com cárie, não tendo ocasionado, após 30 dias, contagens bacteriológicas superiores às observadas inicialmente.
Abstract: Aim: Compare the effectiveness of four different substances, e.g., 1% chlorhexidine, 3% vancomycin, 10% vancomycin and 1,23 % sodium fluoride, in the reduction of Mutans streptococci (MS) in children with dental caries. Methods: Seventy one children, with ages between 4 and 8 years, were randomly assigned to one of four groups. The antimicrobial agents were prepared as gels and applied during 6 consecutive days, in previously fabricated custom trays. Saliva samples were collected before treatment application (D1), on the last day of treatment (D6), 15 (D15) and 30 days from day 1 (D30). For microbiological analysis samples were placed on MSB Agar medium, incubated at 37o C, under microaerophilic condition for 48 hours and then reading was performed in order to identify number of colony forming units (CFU)/mL. Results: When comparing D6 and D1 the following results were observed: Vancomycin 10% (p = 0.0008) and Chlorhexidine (p = 0.0001) expressed significantly lower bacterial counts. Comparisons between D30 and D1 revealed that Fluoride and Chlorhexidine demonstrated a return to baseline values (D1), while Vancomycin 3% (p = 0.004) and 10% (p = 0.003) generated significantly higher counts in D30 than baseline. At D6 Vancomycin 10% (p = 0.0001) and Chlorhexidine (p = 0.000) expressed the lowest bacterial counts when compared to Fluoride (Mann-Whitney test), with no statistically significant difference between these two groups (p = 0.24) being observed. Conclusions: In the present study, after 6 consecutive days of topical administration, 1% Chlorhexidine gel demonstrated to be as effective as 10% Vancomycin gel in salivary MS reduction in children with dental caries. However, 1.23% Sodium Fluoride and 3% Vancomycin gel demonstrated to be equally ineffective. In conclusion, the use of a 1% Chlorhexidine gel during 10 minutes, for 6 consecutive days demonstrated a great efficacy in salivary MS reduction in children with caries, not leading to bacterial counts higher than what was initially observed.
Descrição: LOBO, Patrícia Leal Dantas. Uso de clorexidina e vancomicina na inibição de streptococcus mutans salivares em crianças com cárie : um ensaio clínico duplo-cego, randomizado. 2007. 46 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1861
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_pldlobo.pdf233,77 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.