Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1863
Título: Efeito antiinflamatório da atorvastatina na periodontite induzida por ligadura em ratos
Título em inglês: Antiinflammatory effect of atorvastatin on ligature-induced periodontitis in rats
Autor(es): Pinheiro, Paula Goes
Orientador(es): Lima , Vilma de
Palavras-chave: Periodontite
Inflamação
Data do documento: 2009
Citação: PINHEIRO, P. G. (2009)
Resumo: A periodontite é uma doença caracterizada por infiltração de leucócitos, perda de tecido conjuntivo e reabsorção óssea. Estatinas são fármacos amplamente usados para o tratamento da hiperlipidemia, com destaque à Atorvastatina (ATV), dada seus efeitos pleiotrópicos importantes, como atividade antiinflamatória e capacidade anabólica óssea, com potencial para modificação do curso de doenças inflamatórias crônicas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito antiinflamatório da ATV, utilizando modelo de periodontite induzido por ligadura em ratos Wistar machos, distribuídos em grupos experimentais: controle (Salina a 0,9%), e 5 subgrupos (ATV 0,3; 1; 3; 9 ou 27 mg/kg), administrados por via oral, diariamente, 30 min antes da colocação do fio de náilon 3.0 em torno dos segundos molares superiores esquerdos dos animais, durante 11 d, quando, então, foram sacrificados, e os seguintes parâmetros, analisados: 1) Perda Óssea Alveolar (POA), avaliada através de estudos morfométrico, histológico e radiográfico; 2) Avaliação Sistêmica através de: a) Leucogramas realizados antes e após a ligadura (6 h; 2, 7 e 11 d); b) Variação de massa corpórea; c) Análises hepáticas e renais, por dosagens séricas bioquímicas e estudo histológico; e d) Avaliação sérica de Fosfatase Alcalina Óssea (FAO). Os animais submetidos a 11 d de periodontite apresentaram intensa reabsorção óssea. Baixa dose de ATV (0,3 mg/kg) não foi capaz de prevenir a POA (p>0,05), contudo, todas as demais (ATV 1, 3, 9 ou 27 mg/kg) foram, de forma significante, capazes de reduzir a POA em 35%, 39%, 53%, 56%, respectivamente. Tal inibição foi corroborada pela análise histopatológica, onde se observou que a ATV (27 mg/kg) causou maior preservação do tecido periodontal [Mediana: 1,5 (0-2)], quando comparada à Salina [Mediana: 3 (2-3)]. Adicionalmente, animais submetidos a 11 d de periodontite apresentaram redução significante de densidade radiográfica periodontal (58%). ATV (1, 3 ou 9 mg/kg) preservou tal densidade em 5%, 9% e 20%, respectivamente. O leucograma dos animais com periodontite apresentou pico de leucocitose na 6ª h, mediado por neutrófilos, e nova leucocitose a partir do 7º d, à custa de mononucleares. ATV (27 mg/kg) foi capaz de reduzir a leucocitose, reduzindo o número de neutrófilos ou mononucleares, respectivamente (p<0,05), bem como foi capaz de reduzir a perda inicial de massa corpórea vista na periodontite. As análises bioquímicas séricas e histológicas de fígado e rins dos animais com 11 d de periodontite tratada (ATV 27 mg/kg) ou não (Salina) não apresentaram alterações (p>0,05). Observou-se aumento nas variações de dosagens séricas de FAO dos animais com 11 d de periodontite (Salina: 63,4±10,8 U/l), enquanto que ATV (27 mg/kg) previniu tal aumento (13,6±3,5 U/l) (p<0,05). Dessa forma, os resultados demonstram que o modelo de periodontite em ratos reproduziu os principais aspectos da doença em humanos, e ATV reduziu a destruição periodontal, sem causar alterações significantes hepáticas ou renais, além de manter os níveis de FAO, o que sugere que a ATV pode ser uma abordagem farmacológica importante como adjuvante à terapia periodontal a ser ensaiada clinicamente, devido a sua eficácia e segurança.
Abstract: Periodontitis is a disease characterized by leukocyte influx, loss of connective tissue and bone resorption. Statins are drugs widely used to hyperlidemia treatment, in which stand out Atorvastatin (ATV) due to its important pleiotropic effects, such as antiinflammatory activity and anabolic bone capacity, with great potential to modify chronic inflammatory disease course. In this way the aim of this work was to evaluate the aniinflammatory effect of ATV, through ligature-induced periodontitis model in rats. Wistar male, located in experimental groups: control (0.9% Saline), and 5 subgroups (ATV 0.3, 1, 3, 9 or 27 mg/kg), given orally daily, 30 min before nylon thread 3.0 aroud cervix of second left upper molars during 11 d, when then, rats were sacrified, and the following parameters were analyzed: 1) alveolar bone loss (ABL), evaluated through morphometric, histologic and radiographic studies; 2) Sistemic evaluation through a) leucograms performed before and after ligature (6h and 2, 7, and 11 d); b) corporal mass variation; c) of liver and kidney analysis, by serum biochemical dosage and histological study; and d) serum evaluation of Bone-Specific Alkaline Phosphatase (BALP). Animals submitted to 11 d periodontitis presented intense bone resoption. Low dose of ATV (0.3 mg/kg) was not able to prevent ABL (p>0.05), meanwhile the other dose ATV (1, 3, 9 or 27 mg/kg) were , in a significant way able to reduce ABL by 35%, 39%, 53%, 56%, respectively. Such inhibition was corroborated by histological analysis where was observed that ATV (27 mg/kg) caused greater periodontal tissue preservation [Mean 1.5 (0-2)], when compared to Saline [Mean 3 (2-3)] . In addition, animals submitted to periodontitis presented a significant reduction on periodontal radiographic density (58%). ATV (1, 3 ou 9 mg/kg) preserved such density in 5%, 9% e 20%, respectively. The leucogram of animals submitted to periodontitis presented leukocytosis peak on the 6th h mediated by neutrophils and new leukocytosis after 7th d due mononuclear cells. ATV (27 mg/kg) was able to reduce leukocytosis, decreasing neutrophils or mononuclear cells respectivelly (p<0.05), as well as, it was able to reduce initial corporal mass loss seen in periodontitis. Serum biochemical and histological analysis of liver and kidneys of animals with 11 d periodontitis treated with (ATV 27 mg/kg) or not (Saline), did not show alterations (p>0.05). It was observed a raise on serum BALP dosage variation of animals with 11 d periodontitis (Saline: 63.4±10.8 U/l), while ATV (27 mg/kg) prevented that increase (13.6±3.5 U/l) (p<0.05).In this way, the results demonstrated that this periodontitis model in rats reproduced the main aspects of periodontal disease in humans, and ATV reduced periodontal destruction, without cause significant alterations on liver and kidneys, besides of keeping BALP activitys, what suggests that ATV may be an important pharmacological approach as an adjuvant to periodontal therapy, to be evaluated clinically, due to its efficacy and safety.
Descrição: PINHEIRO, Paula Goes. Efeito antiinflamatório da atorvastatina na periodontite induzida por ligadura em ratos. 2009. 77 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1863
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_pgpinheiro.pdf3,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.