Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18636
Título: Produtividade, análises químico-bromatológicas e nutrição mineral de plantas de sorgo forrageiro irrigadas com águas salinas
Título em inglês: Productivity, analyses chemistry-bromatológicas and mineral nutrion of irrigated plants of sorghum forrageiro with saline waters
Autor(es): Vieira, Mauro Regis
Orientador(es): Lacerda, Claudivan Feitosa de
Palavras-chave: Irrigação e drenagem
Estresse salino
Sorghum bicolor
Irrigação
Produtividade de forragem
Análises bromatológicas
Data do documento: 2006
Citação: VIEIRA, M. R. (2006)
Resumo: A utilização de águas salinas ou o manejo inadequado em projetos de irrigação acarretam acúmulo de sais no solo, os quais quando em excesso, afetam diversos processos fisiológicos, a nutrição mineral e o crescimento e produtividade das culturas. Neste trabalho, avaliou-se a produtividade, a composição químico-bromatológica e os teores de elementos minerais (Na+, Cl-, K+, Ca+2 e P) de dois genótipos de sorgo forrageiro, CSF 18 e CSF 20, irrigados com águas de diferentes níveis de salinidade, 0,90 (água do poço), 2,60, 4,20 e 5,80 dS m-1. Também foi avaliado o acúmulo de sais no solo durante o cultivo sob irrigação com água salinas e o efeito das chuvas no processo de lavagem desses sais. O experimento obedeceu a um delineamento em blocos ao acaso com parcelas subdivididas, em esquema fatorial 2 x 4, com quatro repetições; o estudo foi desenvolvido em condições de campo, na estação seca, em um Argissolo Vermelho Amarelo com espaçamento de 0,80 x 0,10 m. Após 112 dias da semeadura, foi medida a altura das plantas, que foram colhidas para se avaliar a produtividade de biomassa verde e seca. Plantas com panículas abertas foram colhidas e, nas amostras pré-secas e trituradas em moinho tipo Wiley, realizaram-se as análises laboratoriais. mostras de solo foram coletadas antes e após o cultivo e ao final da estação chuvosa. A plicação de águas salinas provocou aumento da salinidade e da sodicidade do solo e o eríodo chuvoso foi eficiente em promover a lavagem do excesso de sais do perfil do solo, orém não apresentou a mesma eficiência em reduzir os riscos de sodicidade. A salinidade da água de irrigação reduziu a altura da planta e a produtividade de matéria seca, especialmente no genótipo CSF 18, porém, teve pouca influência sobre os teores de elementos potencialmente tóxicos e de nutrientes essenciais nos tecidos vegetais. A salinidade reduziu os teores de proteína bruta no genótipo CSF 20 e provocou decréscimos lineares no rendimento de proteína, nos dois genótipos, e nos teores de carboidrato apenas no genótipo CSF 18. Por outro lado, não se constataram efeitos da salinidade sobre o teor de fibra, em detergente neutro e ácido. Os resultados obtidos, tanto em termos qualitativo como quantitativos, sugerem o uso potencial de sorgo forrageiro mesmo quando irrigado com águas com moderados níveis de salinidade.
Abstract: The use of saline water or inadequate management in irrigated fields can cause soil salt accumulation, which affect several plant physiological processes, mineral nutrition, and crops growth and yield. The dry matter yield, chemical composition, and mineral contents (K+, Cl-, K+, Ca+2 and P) of two sorghum genotypes, CSF 18 and CSF 20, irrigated with waters of different salt levels, 0.90 (well water), 2.60, 4.20 and 5.80 dS m-1, were evaluated. A completely randomized block design, in a factorial arrangement (2 x 4), with four replicates was adopted. The experiment was set up in the field, during the dry season, in spacing of 0.80 x 0.10 m. At 112 days after sowing, the plant height was measured and the plants were harvested to evaluate biomass production. Plants containing completely open panicles were harvested and those pre dried and triturated in mill type Wiley samples were used to perform bromatologic analysis. Soil samples were collected before and after the cultivation, and after the wet season. Saline water application provokes increase in soil salinity and soil sodicity, and the wet period was efficient to promote salt lixiviation, but it was not efficient to reduce sodium accumulation in the soil profile. Increase in salt levels in irrigation water reduced plant height and yield, especially in CSF 18 genotype, but it was not observed effect on toxic and essential nutrients contents in plant tissues. The highest level of salinity reduces crude protein contents in CSF 20 genotype. Salinity also causes linear decreases in protein yield in both genotypes and in soluble carbohydrates in CSF 18 genotype. On the other hand, effects of saline water on the neutral and acid detergent fiber levels were not observed. These results, both quantitative and qualitative, suggest a potential use of forage sorghum irrigated with water containing moderate levels of salts.
Descrição: VIEIRA, Mauro Regis. Produtividade, análises químico-bromatológicas e nutrição mineral de plantas de sorgo forrageiro irrigadas com águas salinas. 2006. 96 f. Dissertação (Mestrado em engenharia agrícola)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18636
Aparece nas coleções:PPGENA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_mrvieira.pdf476,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.