Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1870
Título: Estudo do efeito da antibioticoterapia profilática pré-operatória com amoxicilina em cirurgias de terceiros molares
Título em inglês: Study of the effect of preoperative prophylactic antibiotic therapy using Amoxicillin in third molars surgery
Autor(es): Bezerra, Tácio Pinheiro
Orientador(es): Soares , Eduardo Costa Studart
Palavras-chave: Dente Serotino
Agentes Antibacterianos
Data do documento: 2009
Citação: BEZERRA, T. P. (2009)
Resumo: As alterações inflamatório-infecciosas pós-operatórias em cirurgias de remoção de terceiros molares estão muitas vezes associadas à contaminação bacteriana do sitio cirúrgico no período trans-operatório. Desta forma, foi feito um ensaio clínico controlado, do tipo boca dividida, randomizado, prospectivo, duplo-cego, objetivando avaliar o efeito da administração profilática pré-operatória de amoxicilina no controle dos eventos inflamatório-infecciosos associada à cirurgia para a remoção de terceiros molares. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão para os pacientes que buscaram atendimento na disciplina de Cirurgia Buco-Dental e Estomatologia Clínica do Curso de Odontologia da Universidade Federal do Ceará, no período de janeiro a novembro de 2008, foi obtida uma amostra de 34 pacientes. Cada paciente foi controle de si próprio, uma vez que a padronização da inclusão dentária possibilitou a comparação entre os lados da boca de um mesmo paciente, e recebeu dois procedimentos cirúrgicos distintos e aleatoriamente escolhidos. O lado experimental foi o procedimento cirúrgico no qual se utilizou uma dose inicial profilática de 1 grama de Amoxicilina uma hora antes da realização do procedimento de remoção de um terceiro molar superior e inferior do mesmo lado. O lado controle foi considerado o outro procedimento realizado no qual o paciente fez uso de 02 cápsulas de placebo administradas da mesma forma que os do grupo experimental. A técnica operatória foi padronizada e realizada pela mesma equipe cirúrgica. Os parâmetros avaliados foram dor, edema, máxima abertura bucal, hipertermia e achados bucais nas reavaliações de 3, 7 e 14 dias pós-operatórios. Na análise de variáveis contínuas foi utilizado o teste paramétrico T-student para amostras independentes e na análise de variáveis categóricas, o Teste Qui-Quadrado. Nas comparações, utilizaram-se testes bilaterais, onde o valor do nível de significância adotado no presente estudo foi de α= 0,05. O valor de p-valor foi considerado estatisticamente significativo quando igual ou menor que 0,05. No que se refere à ocorrência geral de eventos inflamatório-infecciosos entre os grupos avaliados, não foram constatadas diferenças estatisticamente significante nas reavaliações. Foi constatada redução significante da sintomatologia dolorosa avaliada ao sétimo dia no grupo experimental em comparação com o controle, padrão significativo também foi constatado ao terceiro dia pós-operatório quanto a uma maior amplitude da abertura bucal no grupo experimental em comparação com o controle. Nas condições do presente estudo, pôde-se concluir que a utilização da antibióticoterapia profilática pré-operatória não foi eficaz na redução da ocorrência de eventos inflamatório/infecciosos (edema, hipertermia e achados bucais) nos períodos avaliados, com exceção da sintomatologia dolorosa e da abertura bucal respectivamente ao sétimo e terceiro dia pós-operatórios; e que o uso da medicação antibiótica de forma sistemática pode expor o paciente a um risco indesejado de resistência bacteriana e efeitos adversos, relacionados ao medicamento, sem que haja uma justificativa clara para benefícios relacionados ao seu uso.
Abstract: Post-operative inflammatory-infectious changes after the removal of third molars are often associated with bacterial contamination of the surgical site in the trans-operative period. Thus, this study aims to conduct a prospective, double-blind, placebo-controlled randomized clinical trial with split-mouth metodology, to evaluate the effect of preoperative prophylactic administration of amoxicillin in the control of infectious-inflammatory events associated with surgery for the removal of third molars. After application of inclusion and exclusion criteria for patients seeking odontological attention in the discipline of Bucco-Dental Surgery and Clinic Stomatology in the Course of Dentistry in the Universidade Federal do Ceará during the period from January to November of 2008, a sample of 34 patients was obtained. Each patient was his own control, since the standardization of dental inclusion allowed the comparison between the sides of the mouth of a patient, and received two separate surgical procedures randomly chosen. The experimental side was the surgical procedure that used an initial prophylactic dose of 1 gram of amoxicillin one hour before the procedure to remove an upper and lower third molar from one side. The control side was the other in witch the patient received placebo capsules in the same way of the experimental side. The surgical procedure was standardized and performed by the same surgical team. The parameters evaluated were pain, swelling, maximum mouth opening, hyperthermia and oral findings in revaluations after 3, 7 and 14 days of the surgery. To the analysis of continuous variables was used the parametric T-student test for independent samples and the chi-square test for the analysis of categorical variables. In comparisons, bilateral tests were used where the level of significance adopted in this study was α = 0.05. The p-value was considered statistically significant when equal or less than 0.05. As regards the occurrence of general infectious-inflammatory events between the studied groups, there were no statistically significant differences in the revaluations. There was a significant reduction of painful symptoms assessed on the seventh postoperative day in the experimental group compared with the control, significant pattern was also observed on the third postoperative day on a greater magnitude of mouth opening in the experimental group compared to control. Under the conditions of this study it was concluded that the use of preoperative prophylactic antibiotic therapy was not effective in reducing the occurrence of inflammatory-infectious events (edema, hyperthermia and oral findings) in the postoperative periods evaluated, except for the painful symptoms and maximal mouth opening respectively on the seventh and third postoperative day, and that the systematic use of antibiotic medication can expose the patient to an unwanted risk of bacterial resistance adverse effects, related to the medication, without giving a clear explanation for benefits related to its use.
Descrição: BEZERRA, Tácio Pinheiro. Estudo do efeito da antibioticoterapia profilática pré-operatória com amoxicilina em cirurgias de terceiros molares. 2009. 64 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1870
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_tpbezerra.pdf615,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.