Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1872
Título: Estudo do perfil de peptídeos salivares de crianças com cárie da primeira infância : uma visão da saliva como meio diagnóstico
Título em inglês: study of salivary peptide profile in children with early childhood caries : envisioning saliva as a diagnostic tool
Autor(es): Ribeiro, Thyciana Rodrigues
Orientador(es): Fonteles , Cristiane Sá Roriz
Palavras-chave: Cárie Dentária
Saliva
Odontopediatria
Data do documento: 2008
Citação: RIBEIRO, T. R. (2008)
Resumo: Este trabalho buscou estudar o perfil de peptídeos salivares de crianças com cárie da primeira infância, relacionando-o com níveis de estreptococos do grupo mutans (EGM) salivares e experiência de cárie. Cento e seis crianças, na faixa etária de 10 a 71 meses de idade, participaram do estudo, sendo 48 com experiência de cárie e 58 sem cárie da primeira infância. Duas amostras de saliva total foram coletadas de todos os participantes. A primeira amostra era composta de saliva não estimulada, utilizada para análise dos peptídeos. Após coletada, essa saliva foi centrifugada, o sobrenadante retirado, liofilizado, dividido em pools com cárie, sem cárie e em amostras individuais e armazenado em freezer a -20oC até análise em aparelho de LC-MS (Cromatografia Líquida acoplado ao Espectrômetro de Massa). A busca por peptídeos foi baseada em massas conhecidas de peptídeos existentes em bancos de dados. Saliva estimulada representou a segunda coleta, utilizada para o cultivo dos EGM (UFC/mL) em meio ágar mitis salivarius bacitracina (MSB). Anamnese e exame dentário foram realizados para cálculo do índice ceo-s e ceo-d. Os dados foram analisados por meio de modelo logístico binário. Resultados foram considerados significantes quando p-valor < 0,05. Os cromatogramas obtidos a partir dos pools de crianças com/sem cárie apresentaram diferenças em relação aos picos apresentados. A identificação das massas moleculares sugeriram a presença de nove peptídeos. Regressão logística mostrou que 3 peptídeos se relacionaram com experiência de cárie. PRP IB-4 associou-se a um aumento de experiência de cárie (p=0,035); α-defensina 3 (p=0,019) e β-defensina 3 (p=0,034) associaram-se à redução de experiência de cárie. Em adição, aumento na idade (p=0,020) e aumento na contagem de EGM (p=0,036) ocasionaram um aumento na experiência de cárie, mas sexo não se relacionou com cárie dentária (p=0,877). A partir desses resultados, pôde-se concluir que a presença de peptídeos específicos na saliva de crianças com e sem cárie dentária predispõem a um maior ou menor risco à essa doença.
Abstract: The aim of the present study was to find a relation between salivary peptides, caries experience and mutans streptococci (MS) levels in saliva of caries free (CF) and caries susceptible (CS) children in early childhood. One hundred and six 10 – 71 month-old children participated in the study. Fifty-eight children were CF and 48 who had experienced dental caries formed the CS group. Two samples of whole saliva were collected from all participants. Unstimulated whole saliva was collected, subsequently centrifuged. Supernatants were lyophilized, divided into two pools (CF and CS) and individual samples, and stored at -20oC for posterior analysis using LC-MS (Liquid Chromatography Mass Spectrometry) to study the peptide profile. Identification of salivary peptides was based on theoretical molecular masses available from online databases. Stimulated whole saliva was collected and used for MS detection in MSB agar medium. MS concentration in saliva was reported in cfu/mL. Dental examination was performed and dmfs/dmft scores were calculated. Data was analysed by using logistic regression. The chromatograms from CF and CS pools of saliva had different peak patterns. The identification of molecular masses suggested the presence of 9 peptides. Three of them were significantly related with caries experience. The presence of HNP-3 (α-defensin 3) (p = 0.019) and HBD-3 (β-defensin 3) (p = 0.034) reduced the chances of experiencing early childhood caries (ECC). The presence of PRP IB-4 significantly increased caries experience (p = 0.035). In addition, age (p = 0.020) and MS counts (p = 0.036) increased caries experience, however gender was not associated with dental caries (p = 0.877). Our results suggest that presence of specific peptides in saliva of CF or CS children in early childhood predisposes to a higher or lower risk of caries experience.
Descrição: RIBEIRO, Thyciana Rodrigues. Estudo do perfil de peptídeos salivares de crianças com cárie da primeira infância : uma visão da saliva como meio diagnóstico. 2009. 121 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1872
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_trribeiro.pdf2,31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.