Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1873
Title in Portuguese: A influência do gênero e da infecção materna na resposta à Leishmania braziliensis em filhotes de hamster
Title: The Influence of gender and maternal infection at the response by Leishmania braziliensis in hamster offspring
Author: Lima, Lia Fernandes Alves de
Advisor(s): Teixeira , Maria Jania
Keywords: Exposição Materna
Leishmania braziliensis
Issue Date: 2008
Citation: LIMA, L. F. A. de. A Influência do gênero e da infecção materna na resposta à Leishmania braziliensis em filhotes de hamster. 2008. 52 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Faculdade de Medicina. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: A passagem de imunoglobulinas, antígenos parasitários solúveis circulantes, células imunes, citocinas ou outros fatores solúveis através da placenta, podem induzir no feto uma resposta imunológica frente a uma infecção homóloga à materna, resultando em supressão ou em estimulação da resposta imune. Estudos demonstram uma maior susceptibilidade dos machos à infecção por leishmania, porém a relação entre o sexo e a susceptibilidade à leishmaniose no subgênero Viannia raramente é descrita. Foi avaliada a influência do gênero e da infecção materna na resposta à Leishmania braziliensis em filhotes de hamster. Foram utilizados trinta e nove filhotes de hamster de mães infectadas e de mães não-infectadas, de ambos os sexos, com 04 semanas de vida e pesos aproximados, infectados com L. braziliensis (MHOM/BR/94/H-3227). Foram estudados o tamanho da lesão da pata, a carga parasitária em patas e linfonodos de drenagem, ELISA e histopatológico. Após a análise dos dados, concluímos que os filhotes machos apresentaram maior susceptibilidade à infecção por L. braziliensis, independente se nasceram de mãe infectada ou de mãe não infectada, apresentando um padrão de resposta mais indolente do que as fêmeas. A infecção materna por L. braziliensis em hamsters não influenciou o curso da doença na infecção homóloga dos filhotes. A resposta inflamatória mais intensa nos filhotes nascidos de mãe infectada possivelmente pode ser correlacionada a uma maior indução de moléculas inflamatórias, citocinas e quimiocinas, embora isso não tenha sido avaliado no presente trabalho.
Abstract: Immunoglobulins, soluble parasite circulating antigens, immune cells, citokines and other cell-related products can be transferred from infected mothers to their young, leading to suppression or stimulation of the immune response to a homologous antigen. Several studies demonstrated an increased susceptibility to leishmania infection in males, however, a relation between gender and susceptibility on the subgenus Viannia is rarely described. The influence of gender and maternal infection to the Leishmania braziliensis response in hamster offspring were evaluated. Thirty-nine hamster offspring of infected mothers and non-infected mothers from both genders, with 04 weeks-old, similar weights and infected with the Leishmania braziliensis strain MHOM/BR/94/H-3227 were analyzed. Studies on footpad lesion size, parasite load on footpad and draining lymph nodes, ELISA and histopathology were conducted. After analyzing the data, we concluded that the male offspring had higher susceptibility to infection by L. braziliensis, regardless if they were born from an infected mother or a non-infected mother, and had presented a more indolent pattern of response than the females. The maternal infection by L. braziliensis in hamsters did not influence the course of the disease in the infection rate of the offspring. The more intense inflammatory response in the offspring born from an infected mother can possibly be correlated to a greater induction of inflammatory molecules, cytokines and chemokines, although this has not been evaluated in this study.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1873
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_lfalima.pdf495,37 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.