Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18764
Título: Crescimento e morfofisiologia do dossel do capim-tanzânia com três freqüências de desfolhação e dois resíduos pós-pastejo
Título em inglês: Growth and morphophysiology in canopy tanzânia grasses with three defoliation frequencies and two post-grazing residues
Autor(es): Cutrim Junior, José Antônio Alves
Orientador(es): Carneiro, Maria Socorro de Souza
Palavras-chave: Zootecnia
Ovinos, Intensidade de pastejo, Interceptação da radiação fotossinteticamente ativa, Índice de área foliar
Sheep, Grazing intensity, Interception of the photosynthetically active radiation, Leaf area index.
Data do documento: 2007
Citação: CUTRIM JÚNIOR, J. A. A. (2007)
Resumo: A pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar o crescimento e as características morfofisiológicas do dossel de Panicum maximum cv. Tanzânia sob lotação rotativa com três períodos de descanso e dois resíduos pós-pastejo. A pesquisa foi conduzida no campo avançado do Núcleo de Ensino e Estudo em Forragicultura-NEEF/DZ/CCA/UFC, localizado na Fazenda Experimental Vale do Curú-FEVC/CCA/UFC, em Pentecoste/CE. O método de pastejo utilizado foi o de lotação rotativa com taxa de lotação variável com período de pastejo de quatro dias. O delineamento foi o inteiramente casualizado em um arranjo fatorial 3 x 2 sendo, três períodos de descanso do pasto estabelecidos em função do tempo necessário para a restauração de um índice de área foliar que intercepte 85; 95 e 97% da radiação fotossinteticamente ativa (RFA) e dois resíduos pós-pastejo, constituídos de dois IAF’s residuais, 1,0 e 1,8. Tais variáveis foram determinadas por meio do Analisador PAR/LAI em Agricultura DECAGON PAR-80 (DECAGON Devices, Inc., Pullman, Washington-USA). O intervalo entre pastejo foi maior para PD 97% IRFA (34 dias) e para o IAFr 1,0 (28,2 dias). A curva de evolução da IRFA apresentou-se assintótica em relação a idade de rebrotação do capim, estabilizando-se ao nível de 95% IRFA. Já a curva de evolução do IAF foi crescente, mesmo após atingir o IAF crítico. Houve efeito da IRFA, do IAFr (P<0,05) e da interação IRFA x IAFr (P<0,15) sobre a TAlF1/TAlF2. Para a TAlF observou-se efeito da IRFA e do IAFr (P<0,05), sendo que a menor interceptação (85% IRFA) e o maior IAFr (1,8) foram os que obtiveram maiores TAlF. A TAlH sofreu efeito apenas do PD (P<0,05). Houve efeito da IRFA e do IAFr (P<0,05) sobre TST, sendo que a maior interceptação (1,20 cm/perxdia) e o IAFr 1,0 (0,96 cm/perxdia) que tiveram a maior TST. A percentagem de 85% IRFA (0,12 folha/dia), assim como o IAFr 1,8 (0,11 folha/dia) obtiveram os maiores valores de TApF. O Filocrono sofreu efeito da IRFA (P<0,05) e da interação IRFA x IAFr (P<0,15) com 11,05 dias/folha para 95% IRFA e a interação ocorrendo para 85% IRFA. Para TAF houve efeito apenas da IRFA (P<0,05). Houve efeito da IRFA (P<0,05) sobre o IAF. A Altura sofreu efeito tanto da IRFA quanto do IAFr (P<0,05). A MSFT e a MSFV sofreram efeito apenas da IRFA (P<0,05). A MSFM sofreu efeito apenas da interação IRFA x IAFr (P<0,15), ocorrendo na interceptação de 85%. Houve efeito da interação IRFA x IAFr sobre a relação MV/MM (P<0,15). Houve efeito apenas do IRFA (P<0,05) sobre a MSLV e MSCV. Houve efeito do IAFr (P<0,05) sobre a relação Folha/colmo. A DPP sofreu efeito da IRFA, dos IAFrs (P<0,05) e da interação IRFA x IAFr (P<0,15). Houve efeito apenas da IRFA (P<0,05) sobre o número de Folhas/perfilho. No que tange as variáveis estruturais pós pastejo observou-se um efeito do IAFr (P<0,05) sobre a IRFA. A Altura residual sofreu apenas efeito do IAFr (P<0,05). A MSFT e a MSFM sofreram efeito da IRFA, dos IAFrs (P<0,05) e da interação IRFA x IAFr (P<0,15). A MSFV e a MSLV sofreram efeito dos IAFrs (P<0,05). Houve interação entre o IRFA x IAFr (P<0,15) para a relação MV/MM. Houve efeito da IRFA e IAFrs (P<0,05) sobre a MSCV. Houve efeito da IRFA (P<0,05) sobre a relação Folha/colmo. A DPP apresentou efeito da IRFA, dos IAFrs (P<0,05) e da interação IRFA x IAFr (P<0,15). O número de Folhas/perfilho estimado pelo método morfogênico subestimou os valores obtidos pelo método visual de campo, mas sendo que apresentou valores confiáveis e na mesma tendência do número de Folhas/perfilho obtida pelo método visual. O mesmo observa-se para os métodos de obtenção dos valores da DPP onde o método do quadrado superestimou o método do transceto, mas apresentando valores dentro da realidade da forrageira e do método de pastejo utilizado, podendo perfeitamente ser empregado, facilitando a obtenção dos valores dessa variável. Valores da TPF e da TAF estimados pelo método agronômico superestimaram os valores obtidos pelo método morfogênico.
Abstract: The research was carried through with the objective of evalua ting the growth and morphophysiological characteristics in canopy of Tanzania grasses under intermittent grazing with three defoliation frequencies and two post-grazing residues. The research was driven in the advanced field of the Nucleu s of Teaching and Study in Forragicultura- NEEF/DZ/CCA/UFC, located in Experi mental Farme it is Worth of Curú- FEVC/CCA/UFC, in Pentecoste/CE. The method of used grazing was it of intermittent grazing with tax of variable capacity with peri od of pastejo of four days. The split plot was it entirely randomizer in a factorial arrangemen t 3 x 2 being, three defoliation frequencies of the pasture established in f unction of the necessary time fo r the restoration of an area index to foliate that it intercepts 85; 95 a nd 97% of the photosyntheti cally active radiation (PAR) and two residues powder grazing, constitu ted of two residual IAF's, 1.0 and 1.8. Such variables were certain through the An alisador PAR/LAI in Agricultura DECAGON PAR-80 (DECAGON Devices, Inc ., Pullman, Washington-use s). The interval among pastejo went larger for PD 97% IRFA (34 days) and for IAFr 1.0 (28.2 days). The curve of evolution of IRFA came asymptot ic in relation to age of re growth of the grass, being stabilized at the level of 95% interception PA R. Already the curve of evolution of IAF was growing, even after reaching critical IAF. Ther e was effect of IRFA, of IAFr (P<0.05) and of the interaction IRFA x IAFr (P<0.15) on TAlF1/TAlF2. Para TAlF was noticed effect of IRFA and of IAFr (P<0.05), a nd smallest interception (85% IRFA) and largest IAFr (1.8) they were the ones that obtaine d larger TAlF. TAlH suffered e ffect just of IRFA (P<0.05). There was effect of IRFA and of IAFr (P<0.05) on TST, and most lingering IRFA (1.20 cm/perxdia) and IAFr 1.0 (0.96 cm/perxdia) that had largest TST. The interception of 85% (0.12 leaf/days), as well as IAFr 1.8 (0.11 l eaf/days) they obtaine d the largest values of TApF. Phylochron suffered e ffect of IRFA (P<0.05) and of the interaction IRFA x IAFr (P<0.15) with 11.05 days/leaf for 95% IRFA an d the interaction happening for 85% IRFA. There was effect just of IRFA (P<0.05) for TAF. There was e ffect of IRFA (P <0.05) on IAF. The height suffered so much effect of IRFA, as of IAFr (P<0.05). MSFT and MSFV suffered effect just of IRFA (P<0.05). MSFM suff ered effect just of the interac tion IRFA x IAFr (P<0.15), happening for 85% IRFA. There was effect of the interaction IRFA x IAFr about the relationship MV/MM (P<0.15). There was effect just of IRFA (P<0.05) on MSLV and MSCV. There was effect of IAFr (P<0.05) about the relationship Leaf/stem.
Descrição: CUTRIM JÚNIOR, José Antônio Alves. Crescimento e morfofisiologia do dossel do capim-tanzânia com três freqüências de desfolhação e dois resíduos pós-pastejo. 2007. 104 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Zootecnia, Fortaleza-CE, 2007
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18764
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_jaacutrimjunior.pdf2,59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.