Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18781
Título: Aspectos agronômicos e produtividade de soja submetida a manejo de irrigação
Título em inglês: Agonomic aspects and productivity of soybean under irrigation management
Autor(es): Nunes, Antônia Clemilda
Orientador(es): Bezerra, Francisco Marcus Lima
Palavras-chave: Irrigação e drenagem
Déficit hídrico
Manejo de irrigação
Manejo de irrigação
Water deficit
Irrigation management
Glycine max (L.) Merril
Soja
Manejo de irrigação
Data do documento: 2015
Citação: NUNES, A. C. (2015)
Resumo: A agricultura irrigada é responsável pelo consumo de uma fração considerável de toda a água doce utilizada no Brasil e é evidente que, a cada dia, esse recurso está se tornando cada vez mais escasso. Nesse contexto, métodos adequados de manejo de irrigação que estabeleçam estratégias visando economia de água, mantendo índices razoáveis de produtividade são fundamentais para manutenção da produção de alimentos de forma sustentável. O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da aplicação de lâminas de irrigação com déficit na cultura da soja. A pesquisa foi conduzida em uma área experimental da Universidade Federal do Tocantins no campus de Palmas - TO. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições, sendo os tratamentos dispostos em um esquema de parcelas subdivididas. As parcelas foram constituídas por tratamentos que induziram as plantas a déficit hídrico no período vegetativo, reprodutivo e durante todo o ciclo, tendo como referência evapotranspiração potencial da cultura (ETpc), da seguinte forma: 25V25R - a cultura sofreu déficit hídrico durante todo o ciclo, sendo irrigada com 25% da ETpc; 50V50R - a cultura foi submetida a déficit hídrico durante todo o ciclo com 50% da ETpc; 100V100R - tratamento em que as plantas não sofreram déficit hídrico, sendo irrigadas com 100% da ETpc; 25V100R - as plantas receberam déficit hídrico, 25% da ETpc, durante toda a fase vegetativa, iniciando a diferenciação em V1; 50V100R: as plantas receberam 50% da ETpc durante toda a fase vegetativa, iniciando a diferenciação em V1; 100V25R - as plantas foram irrigadas com 25% da ETpc no estádio reprodutivo, iniciando a diferenciação em R1 e 100V50R - 50% da ETpc, iniciando a diferenciação em R1. As subparcelas corresponderam a duas cultivares de soja a M9144RR RR e a TMG1288RR RR, que foram semeadas no dia 20/06/2014. As variáveis avaliadas foram: dias para florescimento, dias para maturação, altura da planta, altura da primeira vagem, número de vagens por planta, diâmetro do caule, área foliar, produtividade. Em relação aos grãos, avaliou-se os diâmetros polar e equatorial, peso de 1000 grãos e teores de óleo e proteína dos mesmos. Avaliou-se ainda a eficiência do uso da água na produção de grãos, de óleo e de proteína. Os manejos de irrigação influenciaram significativamente as características agronômicas das cultivares. A produtividade e as variáveis relacionadas com a qualidade dos grãos foram influenciadas significativamente pelos tratamentos (T) e cultivares (C), bem como, pela interação tratamentos x cultivares (T x C). Quanto aos teores de óleo e proteína, observou-se, nas duas cultivares que, nos tratamentos em que houve aumento no teor de proteína, houve diminuição no teor de óleo, porém o rendimento, tanto de óleo quanto de proteína, seguiu a mesma tendência da produtividade de grão, sendo que os melhores tratamentos foram o 100V100R e 50V100R, devendo-se ressaltar que o déficit hídrico moderado na fase vegetativa ocorrido no tratamento 50V100R rendeu valores de produtividade superiores ao 100V100R, tratamento em que a cultura não sofreu déficit hídrico, o que indica que o manejo da irrigação na cultura da soja com déficit nesse período resulta em maiores índices de produtividade e em maior eficiência de uso da água por parte da cultura. O déficit hídrico moderado na fase vegetativa contribuiu para que os valores de produtividade de óleo e de proteína apresentassem valores semelhantes aos encontrados no tratamento em que a cultura não sofreu déficit hídrico durante todo o ciclo. As duas cultivares apresentaram respostas diferentes sob déficit hídrico. A cultivar TMG1288RR, apresentou-se mais resistente a períodos de seca, porém com produtividade inferior à M Soy 9144, em condições favoráveis à expressão do seu potencial genético, neste caso, no tratamento com déficit hídrico de 50 % da ETpc na fase vegetativa, apresentou maior produtividade.
Abstract: The Irrigated agriculture is responsible for the consumption a substantial fraction of all the fresh water used in Brazil and is evident, every day, this feature is becoming increasingly scarce. Following this context, appropriate methods of irrigation management that establish strategies for water saving, keeping reasonable levels of productivity that are fundamental to maintaining sustainable food production. This study has had like objective to evaluate the effects of the application of irrigation blades with deficit in soybean. The research was conducted in an experimental area of the Federal University of Tocantins on the Palmas College - TO. The experimental lineation was in random blocks with four repetitions, and the treatments were being putted on a plan of subdivided portions. The portions consisted in irrigation blades which induced the plants to drought in the growing season, reproductive and during all the cycle, reference to crop potential evapotranspiration (ETpc), in the following way: 25V25R - the culture was subjected to severe stress water during all of cycle, being irrigated with 25% of ETpc; 50V50R - the culture was subjected to drought during the whole cycle, receiving 50% of ETpc; 100V100R - the plants did not undergo to drought, being irrigated with 100% ETpc; 25V100R - the plants received drought, 25% of ETpc, during all the growing season, starting differentiation in V1; 50V100R: the plants received 50% of ETpc during the growing season, differentiation begins in V1; 100V25R - the plants were irrigated with 25% of ETpc in the reproductive stage, begins to differentiation R1 and 100V50R - 50% of ETpc, starting differentiation in R1. The subplots matched at two soybean the M9144RR RR and the TMG1288RR RR, which were sown on the day 06/20/2014. The variables were evaluated: days to flowering, days to maturity, plant height, first pod height, number of pods per plant, stem diameter, leaf area, productivity. In relation to grains, were evaluated polar and equatorial diameters, relationship between the equatorial and polar diameter, 1000 grain weight and oil and protein contents thereof. Were evaluated too the yield of oil and protein and efficiency of water use in the production of grain, oil and protein. The irrigation managements had meaningly influence the agronomic characteristics of the cultivars. Productivity and variables related to grain quality were influenced significantly for treatments (T) and cultivars (C), as well as the interaction treatments x cultivars (T x C). As for oil and protein content, was observed in both cultivars, in the treatments that happened increase in protein content, there was a decrease in oil content, but the yield as oil as protein, followed the same trend of the grain productivity, and the best treatments were the 100V100R and 50V100R, should be noted that moderate drought in the growing season occurred in 50V100R treatment yielded productivity values higher than the 100V100R and in this treatement the culture didn’t surfer a stress water indicating that the irrigation management in soybeans with a deficit in this period results in higher levels of productivity and in bigger efficiency of water use by the crop. The moderate drought in the growing season contributed to the oil and protein yield values presented similar values to those found in treatment in that culture did not suffer drought during whole cycle. Both cultivars showed different responses under drought. The cultivar TMG1288RR, presented more resistant to dry period, but the M9144RR on favorable conditions to the expression of its genetic potential, in this case, treatment with drought of 50% of ETpc in the growing season, showed bigger productivity.
Descrição: NUNES, Antônia Clemilda. Aspectos agronômicos e produtividade de soja submetida a manejo de irrigação. 2015. 118 f. : Tese (doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de Engenharia Agrícola, Programa de Pós-Graduação em Engenharia agrícola, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18781
Aparece nas coleções:PPGENA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_acnumes.pdf3,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.