Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18794
Título: Zoneamento paisagístico das falésias do litoral de Fortim/Ceará: subsídios ao planejamento e à gestão ambiental
Título em inglês: Landscape zoning of the sea cliffs of Fortim/Ceará: subsidies to planning and environmental management
Autor(es): Leite, Nicolly Santos
Orientador(es): Silva, Edson Vicente da
Coorientador(es): Rizzatti, Ivanise Maria
Palavras-chave: Geografia física
Litoral de falésias
Município de Fortim
Planejamento ambiental
Geoecologia da Paisagem
Sea cliff
Data do documento: 2016
Citação: LEITE, N. S. (2016)
Resumo: As falésias são importantes morfologias no contexto paisagístico costeiro cearense, configurando-se em escarpas abruptas e instáveis nas zonas costeiras, influenciadas pelo fluxo eólico, pluvial e, principalmente, marinho, tendo sua formação associada, principalmente, à deposição dos sedimentos do Grupo Barreiras. No litoral de Fortim, as falésias estão distribuídas na planície litorânea e ao longo da margem esquerda do rio Jaguaribe, onde se pode notar maior adensamento populacional e concentração de infraestruturas associadas ao veraneio e ao turismo. A pesquisa se insere no Município de Fortim, tendo como principal abrangência espacial o seu litoral de falésias, compartimentado em três setores de estudo, que ocupam no total uma área de 7.089,3 hectares (70, 89 km²), para a qual se realizou análise da dinâmica paisagística de modo integrado, relacionando os aspectos físico-ambientais às condições socioeconômicas, a fim de contribuir para um planejamento e gestão ambiental que sejam compatíveis com a realidade em questão. A pesquisa se encaminhou na análise da dinâmica e tipologia da paisagem, seguindo, assim, pressupostos sistêmicos desde as bases teórico-metodológicas da Geoecologia da Paisagem. As etapas da pesquisa perpassaram os levantamentos de campo para aplicação de checklist e coleta de dados ambientais, análise granulométrica de sedimentos, análises de água e de produtos cartográficos, em que se utilizou imagens de satélite RapidEye 2013 nas escalas de 1:40.000 e 1:80.000. Verificou-se, nas etapas mencionadas, que as falésias de Fortim são formadas por rochas do Grupo Barreiras e em alguns setores estão associadas às rochas da Formação Tibau; em geral, são constituídas por areias médias e arenitos fortemente cimentados. Em relação às formas de uso e ocupação no litoral, foram identificadas atividades desenvolvidas em Áreas de Preservação Permanente, como a carcinicultura na planície fluviomarinha do rio Pirangi, loteamentos e segundas residências, principalmente, nos topos de falésias, que contribuem, sobretudo, para a descaracterização da paisagem e na privatização do espaço. Em alguns setores, não há ocupação nas falésias, contudo a pequena extensão da faixa de praia torna a vertente vulnerável à ação das ondas. Verificou-se, também, por meio de análises físico-químicas e microbiológicas, que a qualidade da água de poços comunitários encontra-se comprometida para consumo, principalmente nas áreas de maior adensamento populacional. Nesse sentido, deve-se promover o gerenciamento da área, sendo preciso conhecer a capacidade de suporte de litorais com falésias, com vistas a prevenir e minimizar possíveis influxos negativos aos sistemas naturais e às populações humanas que habitam o entorno desses ambientes.
Abstract: The sea cliffs are important morphologies in the coastal landscape of Ceará, setting in steep and unstable slopes in coastal areas affected by wind, rain and especially marine flow, and its associated training mainly to the deposition of the Barreiras Group sediments. On the coast of Fortim, the sea cliffs are distributed in the coastal plain and along the left bank of the river Jaguaribe, where you can see the highest population density and concentration of infrastructure associated with the tourism. The research is inserted in the municipality of Fortim, the main spatial extent its sea cliffs coastline, compartmentalized into three sectors of study, occupying in total an area of 7.089.3 hectares (70, 89 km²), for which was held analysis of landscape dynamics in an integrated way, linking the environmental aspects of the socioeconomic conditions in order to contribute to environmental planning and management that are consistent with the reality in question. The research is headed in the analysis of the dynamics and typology of the landscape, following thus systemic assumptions from the theoretical and methodological foundations of Geoecology landscape. The research stages permeated the field research for application checklist and collection of environmental data, granulometric analysis of sediments, water analysis and cartographic products, which used RapidEye 2013 satellite images on the scales of 1: 40,000 and 1: 80,000. They were, in the stages mentioned, the sea cliffs of Fortim are formed by rocks of the Barreiras Group and in some sectors are associated with Formation Tibau rocks; generally they consist of medium sands and strongly cemented sandstones. Regarding the forms of use and occupation of coastal, activities were identified developed in Permanent Preservation Areas, such as shrimp farming in fluviomarinha plain of the river Pirangi, allotments and second homes, mainly on the tops of sea cliffs, contributing mainly to the mischaracterization of the landscape and the privatization of space. In some sectors, there is no occupation of the sea cliffs, however the small stretch of beach strip makes the vulnerable side to wave action. It was also noted, through physical, chemical and microbiological analyzes, the quality of water from community wells is committed to consumption, especially in areas of high population density. In this sense, one should promote the management of the area, being necessary to know the coastal carrying capacity with cliffs with a view to preventing and minimizing possible negative influence on natural systems and human populations that live in the surrounding areas of these environments.
Descrição: LEITE, Nicolly Santos. Zoneamento paisagístico das falésias do litoral de Fortim/Ceará: subsídios ao planejamento e à gestão ambiental. 2016. 180 f. Dissertação (Mestrado em geografia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18794
Aparece nas coleções:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_nsleite.pdf8,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.