Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1882
Título: Micronúcleos e outras anomalias nucleares : um teste de predição para o câncer bucal
Título em inglês: Micronucleus and others nuclear anomalies : a prediction test for oral cancer
Autor(es): Miranda, Maria Adriana Skeff de Paula
Orientador(es): Rabenhorst , Silvia Helena Barem
Palavras-chave: Neoplasias Bucais
Tabagismo
Alcoolismo
Data do documento: 2006
Citação: MIRANDA, M. A. S. P. (2006)
Resumo: Os carcinomas espinocelulares são responsáveis por mais de 90% das neoplasias malignas que ocorrem na mucosa bucal e têm como principal fator de risco o uso crônico do tabaco sob suas diversas formas. Comprovadamente o tabaco industrializado contém inúmeros carcinógenos capazes de causar dano cromossômico. Para detectar o dano inicial na mucosa bucal de fumantes foi utilizado o ensaio do Micronúcleo (MN) em células esfoliadas por ser um teste simples, rápido, de baixo custo e que utiliza técnica não invasiva. Com o objetivo de estabelecer um teste de triagem para monitorar pacientes fumantes sob risco de desenvolver carcinoma bucal foram avaliadas as freqüências dos micronúcleos e de outras alterações nucleares em esfregaços de mucosa bucal, utilizando o protocolo adaptado ao de Tolbert et al. (1991). Foram analisados os micronúcleos (MNs), as binucleações e outras alterações nucleares indicativas de citotoxicidade e genotoxicidade como cariorréxis, cariólise, cromatina condensada, picnose, falso micronúcleo, broken-eggs e vacúolos nucleares. Foi realizada uma comparação intra-individual da região periférica ao tumor (L) e da mucosa do lado oposto (LOL) dos pacientes com carcinoma e outra comparação caracterizada como interindividual, pois comparou indivíduos sadios (controle) e pacientes portadores de carcinomas bucais. Observou-se que a mucosa do lado oposto à lesão (LOL) possui alterações nucleares que a caracterizam como mucosa não sadia e que a alteração tipo cariorréxis demonstrou ser melhor biomarcador para o LOL. Através da curva ‘ROC’ foram verificados os valores de predição das alterações nucleares estatisticamente significativas resultantes da comparação entre sadios e portadores de câncer bucal. A alteração nuclear cariorréxis foi a que obteve maior sensibilidade (80%) e especificidade (80%). A associação entre as alterações nucleares preditoras de lesão maligna e fatores de risco demonstrou resultados mais fortemente significativos para o tabagismo (p<0,001). Neste estudo os micronúcleos e as alterações nucleares cariorréxis, cariólise, binucleações e vacúolos nucleares foram válidas como preditoras para carcinoma bucal.
Abstract: Squamous cells carcinomas are responsible for more than 90% of all cancer in the mucosa membranes of the mouth and the principal risk factor responsible is tobacco use. Certainly industrialized tobacco contains a lot of carcinogens able to cause chromosome breakage. The Micronucleus Assay in exfoliated cells was used to detect this initial breakage. It is simple, practical, inexpensive and non invasive technique. The objective of this study is to establish a trial text to monitoring smokers with risk to develop oral carcinoma. Epithelial smears was examined following the criteria described by Tolbert et al. (1991), micronucleus, binucleation and the cells presenting degenerative phenomena, indicative of cytotoxicity and genotoxicity sush as karyorrhexis, karyolysis, pycnosis, condensed cromatin, buds, broken-eggs, and nuclear vacuoles were analyzed. An intra-individual comparison was realized in patients with cancer (periphery of malign lesion and opposite side of lesion) another comparison characterized as interidividual compared healthy people (control group) and patients with oral carcinomas. The study showed that the side opposite of lesion (LOL) is non health mucosa and karyorrhexis is the best biomarker in this side. The specificity and sensibility of nuclear alterations was analyzed using ROC curve. The results show that karyorrhexis is the better specificity (80%) and sensibility (80%) all of them. The association between the nuclear alterations and risk factors show a higher significant statistical for tobacco use (p<0,001). In this study micronucleus, karyorrhexis, karyolysis, binucleation and nuclear vacuoles are valid to predict oral carcinoma.
Descrição: MIRANDA, Maria Adriana Skeff de Paula. Micronúcleos e outras anomalias nucleares : um teste de predição para o câncer bucal. 2006. 108 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1882
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_dis_maspmiranda.pdf1,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.