Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1884
Título: Perfil de sensibilidade e genotipagem de leveduras isoladas de pacientes com candidemia em dois hospitais de referência terciária de Fortaleza-Ceará
Título em inglês: Sensitivety profile to antifulgal and evaluate the genotypical profile of the yeast isolated from candidemic patients tertiary care hospital from Northeast Brazil
Autor(es): Medrano, Délia Jéssica Astete
Orientador(es): Rabenhorst , Silvia Helena Barem
Palavras-chave: Candidemia
Farmacorresistência Fúngica
Testes de Sensibilidade Microbiana
Data do documento: 2004
Citação: MEDRANO, D. J. A. (2004)
Resumo: As infecções fúngicas sistêmicas causadas por leveduras do gênero Candida são consideradas micoses oportunistas de alto risco em ambientes hospitalares. Essas infecções representam importante desafio terapêutico, em razão do surgimento de espécies resistentes a antifúngicos, associados a altos índices de mortalidade. Por esta razão, este trabalho objetivou: Verificar a freqüência de fungemias no Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) e Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS); identificar os agentes etiológicos implicados; determinar o perfil de sensibilidade aos antifúngicos e avaliar o perfil genotípico das espécies isoladas de pacientes com quadros de recorrência. Para isso foram recuperadas, de 4 627 hemoculturas, 55 hemoculturas positivas para leveduras do HGCC, e, de 5 316 hemoculturas, 87 positivas para leveduras do HIAS. Destas, 23 do HGCC e 43 pacientes do HIAS que possuíam histórias clínicas com dados completos entraram neste estudo. O diagnóstico micológico foi realizado por meio das características bioquímicas e morfológicas dos agentes etiológicos isolados. O teste de sensibilidade aos antifúngicos - anfotericina B, fluconazol, itraconazol e cetoconazol - utilizou o método de microdiluição em caldo, descrito no documento M27-A2 do NCCLS. As técnicas de genotipagem foram realizadas por eletroforese em campo pulsátil (PFGE) e amplificação aleatória do DNA (RAPD). Entre o período do junho do 2000 a junho do 2002, no HGCC, foram analisadas 4 627 hemoculturas, sendo positivas 1051, das quais 55 (5,2%) foram positivas para leveduras do gênero Candida. Em contrapartida, no período de junho do 2001 a junho do 2002, no HIAS, foram analisadas 5316 hemoculturas, sendo positivas 1520 amostras, das quais 87 (5,72%) foram positivas para leveduras dos gêneros Candida e Rhodotorula. A principal espécie envolvida, dentro do gênero Candida, foi a C. parapsilosis com 36% e 42% no HGCC e HIAS, respectivamente. Os principais fatores de risco foram: a antibioticoterapia prévia (n=19; 90%), cateter venoso central, nutrição parenteral, sondagem gástrica , ventilação mecânica, cirurgia e prematuridade. Quanto à resistência a drogas antifúngicas, foi observado que anfotericina B apresentou um índice de resistência de 4%, fluconazol- 52%, itraconazol- 50% e cetoconazol- 86%. A técnica do PFGE caracterizou um perfil cromossômico de 6 bandas para C. parapsilosis e 4 para C. tropicalis. Esta técnica permitiu a diferenciação de uma cepa com padrão de bandas alterado para o último episódio do paciente 4. A técnica de RAPD caracterizou um padrão de distribuição de bandas predominante para C. parapsilosis e foi capaz de caracterizar 4 perfis genômicos, indicando re-infecção em 3 pacientes e 2 perfis genômicos foram encontrados para C. tropicalis . Este ensaio demonstra a emergência das Candida não-albicans, especialmente a C. parapsilosis, como principal responsável pelos casos de candidemias em dois hospitais de indicação terciária de Fortaleza, associado a uma alta resistência in vitro aos antifúngicos. A variabilidade genética encontrada nas C. parapsilosis e C. tropicalis, mediante as técnicas do PFGE e RAPD, revelaram quadros de re-infecção, os quais erguem a possibilidade de que estas sejam decorrentes de uma contaminação entre pacientes ou indiretamente, por intermédio de trabalhadores da saúde.
Abstract: The systemic infections caused by yeasts of the genus Candida are considered opportunist mycoses of high risk in hospital environments. These infections represent important therapeutical challenge, by reason of arising of species resistent to some antifungals, associated with high rate of mortality. Therefore, this work sought: To verify the frequency of fungemias at Dr. César Cals Hospital and Albert Sabin Children Hospital; identify the etiological agents implicated; determine the sensitivety profile to antifulgal and evaluate the genotypical profile of the species isolated from patients with recurrency. For this, were recuperated from 4627 hemcultures, 55 yeast-positive hemocultures at HGCC and from 5316 hemocultures 87 yeast-positive hemocultures at HIAS. From them, 23 patients at HGCC and from 43 at HIAS that had clinical histories with complet data entered this study. The mycological diagnosis was performed through biochemical and morphological characteristics of the etiological isolated. The test of sensitivety to antifungal- amphotericin B, fluconazole, itraconazole and cetoconazole- utilized the microdilution method in broth, reported in the document M27-A2 of the NCCLS. The genotyping techniques were performed through PFGE (Pulsed Field Gel Electrophresis), RAPD (Randomly amplified polymorphic DNA analysis). Within the period from june of 2000, to june of 2002 at HGCC, were analysed 4627 hemocultures, being positives 1051, of which 55 (5,2%) were positive for yeast of the genus Candida. On the other hand, in the period from june of 2001 to july of 2002 at HIAS, were analysed 5316 hemocultures, of which 87 (5,72%) were yeast-positive of the genus Candida and Rhodotorula.The main specie involved in the genus Candida, was C. parapsilosis with 36% and 42% of the cases at HGCC and HIAS respectively. The main risk factors associated with candidemia, were: the previous antibiotic therapy, central venous catheter, parenteral nutrition, gastric probe, mechanical ventilation, surgery and prematurity. About the resistance to antifungals drugs was observed that amphotericin B showed a resistance level of 4%, fluconazole-56%, itraconazole-52% and cetoconazole- 86%. The PFGE technique caracterized a cromossomic profile of 6 bands for C. parapsilosis and 4 for C. tropicalis. This technique permited the diferentiation of one cepa with changed pattern of bands for the last episode of the patient 4. The technique of RAPD chacacterized a distribution pattern of predominant bands for C. parapsilosis and was capable of characterize 4 genetical profiles, denoting reinfection in 3 patients and 2 genomic profiles were found for C. tropicalis. This assay shows the emergency of the non- albicans Candida, specially the C. parapsilosis, as main responsible for the cases of candidemia in the two hospitals of tertiary indication of Fortaleza, associated with a high resistance in vitro to antifungals. The genetical variability found in C. parapsilosis and C. tropicalis through the PFGE and RAPD techniques, revealed reinfection pictures, which rises the possibility that these be due to a contamination among patients or indirectly through the healthy workers.
Descrição: MEDRANO, Delia Jessica Astete. Perfil de sensibilidade e genotipagem de leveduras isoladas de pacientes com candidemia em dois hospitais de referência terciária de Fortaleza - Ceará. 2004. 146 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2004.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1884
Aparece nas coleções:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_dis_djamedrano.pdf1,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.