Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18895
Título: Variáveis nutricionais e fisiológicas de ovinos da raça Morada Nova de diferentes classes sexuais submetidos à restrição alimentar
Título em inglês: Nutritional and physiological measurements of Morada Nova sheep breed of different sexual classes subjected to feed restriction
Autor(es): Heinzen, Eduardo Luiz
Orientador(es): Pereira, Elzânia Sales
Palavras-chave: Zootecnia
Consumo de nutrients
Derivados de purina
Digestibilidade
Ovinos deslanados
Proteína microbiana
Termografia infravermelho
Nutrient intake
Purine derivatives
Digestibility
Hair sheep
Microbial protein
Infrared thermography
Data do documento: 2016
Citação: HEINZEN, E. L. (2016)
Resumo: Este estudo foi realizado com o objetivo de determinar os efeitos da classe sexual e restrição alimentar sobre o consumo de nutrientes, digestibilidade, derivados de purina, balanço de nitrogênio, comportamento ingestivo e parâmetros fisiológicos de cordeiros da raça Morada Nova. Trinta e cinco animais (11 machos inteiros, 12 castrados e 12 fêmeas), com peso médio inicial de 14,5 ± 0,89kg, foram usados em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3, sendo três classes sexuais (machos inteiros, castrados e fêmeas) e três níveis de restrição alimentar (ad libitum, 30 e 60%). A classe sexual e a restrição alimentar influenciaram (P<0,05) o consumo de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp), carboidratos totais (CT), carboidratos não fibrosos (CNF), nutrientes digestíveis totais (NDT) e de energia metabolizável (EM) e o balanço dos compostos nitrogenados. O coeficiente de digestibilidade da MS, PB e EE foram influenciados (P<0,05) pela restrição alimentar, no entanto, não houve efeito (P>0,05) da classe sexual sobre os coeficientes de digestibilidade da PB, EE e CNF. Houve interação entre a classe sexual e a restrição alimentar (P<0,05) na digestibilidade da MO, FDNcp e CT. Os tempos de alimentação (TAL) e ruminação (TRU) foram influenciados pela restrição alimentar (P<0,05), no entanto, não foram influenciados pela classe sexual (P>0,05). O volume urinário, excreções de creatinina, alantoína, xantina e hipoxantina, absorção de derivados de purina (absDP), derivados de purinas totais (DP) e síntese de proteína microbiana (PBmic) não foram influenciados (P>0,05) pela classe sexual. Volume urinário, excreções de creatinina, xantina e hipoxantina não foram influenciados pela restrição alimentar (P>0,05), no entanto, este fator influenciou as excreções de alantoína, ácido úrico, absDP e DP. Os parâmetros fisiológicos temperatura superficial (TS) do lado esquerdo, região peitoral e temperatura retal (TR) não foram influenciados pela classe sexual (P>0,05). A restrição alimentar e o período de coleta das variáveis fisiológicas influenciaram (P<0,05) a TS do lado esquerdo, peito e TR. Houve interação (P<0,05) entre classe sexual e restrição alimentar para TS do lado direito. Consumo e digestibilidade de nutrientes são influenciados por restrições alimentares mais severas. Classe sexual não influencia a excreção de derivados de purina e síntese de proteína microbiana. A restrição alimentar diminui as perdas de calor pela superfície corporal de cordeiros.
Abstract: This study was accomplished with the objective of determining the effects of sexual class and feed restriction on nutrient intake, digestibility, purine derivatives, nitrogen balance, feeding behavior and physiological parameters in hair sheep Morada Nova. Thirty-five animals (11 intact males, 12 castrated and 12 females) with an initial average weight of 14.5 ± 0,89kg were used in a completely randomized design in a 3x3 factorial design with three sexual classes (intact males, castrated and females) and three levels of feed restriction (ad libitum, 30 and 60%). Sexual class and feed restriction influenced (P<0.05) the intake of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDFap), total carbohydrates (TC), non-fibrous carbohydrates (NFC), total digestible nutrients (TDN) and metabolied energy (ME) and the balance of nitrogen compounds. The digestibility coefficient of DM, CP and EE were influenced (P<0.05) by feed restriction, however there was no effect (P>0.05) the sexual class on the digestibility coefficients of CP, EE and NFC. There was interaction between sexual class and feed restriction (P<0.05) in digestibility of OM, NDFap and CT. Eating times (ET) and rumination times (RUT) were affected by feed restriction (P<0.05), however they were not affected by sexual class (P>0.05). The urinary volume, excretions of creatinine, allantoin, xanthine and hypoxanthine, absorption of purine derivatives (absPD), total purine derivatives (PD) and microbial protein synthesis (micCP) were not influenced (P>0.05) by sexual class. Urine output, creatinine excretion, xanthine and hypoxanthine were not influenced by feed restriction (P>0.05), however, this factor influenced the excretion of allantoin, uric acid, absPD and PD. Physiological parameters, surficial temperature (ST) on the left of pectoral region and rectal temperature (RT), were not affected by sexual class (P>0.05). Feed restriction and the period of collect of physiological variables influenced (P<0.05) ST the left side, chest and RT. There was interaction (P<0.05) between sexual class and feed restriction ST to the right side. Intake and digestibility of nutrients are influenced by more severe dietary restrictions. Sexual class does not influence the excretion of purine derivatives and microbial protein synthesis. Feed restriction reduces heat losses by body surface of lambs.
Descrição: HEINZEN, Eduardo Luiz. Variáveis nutricionais e fisiológicas de ovinos da raça Morada Nova de diferentes classes sexuais submetidos à restrição alimentar. 2016. 50 f. : Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências, Departamento de Zootecnia, Programa de Pós-Graduação em Zootecnia. Fortaleza-CE, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18895
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_elheinzen.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.