Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1891
Título: Avaliação de três métodos coproscópicos para diagnóstico da esquistossomose mansônica em área de baixa endemicidade no Estado do Ceará
Título em inglês: Evaluation of three methods for parasitological diagnosis of Schistosoma mansoni in low endemic in the State of Ceará
Autor(es): Pinheiro, Marta Cristhiany Cunha
Orientador(es): Bezerra, Fernando Schemelzer de Moraes
Palavras-chave: Schistosoma mansoni
Esquistossomose
Data do documento: 2010
Citação: PINHEIRO, M. C. C. (2010)
Resumo: A Esquistossomose Mansônica é uma doença endêmica em 76 países e territórios. Em meados de 2003, calculou-se que 779 milhões de pessoas estavam dentro da população de risco para esquistossomose, e 207 milhões de pessoas estavam infectadas. O diagnóstico laboratorial dessa parasitose pode ser realizado através de métodos parasitológicos de fezes, desde os mais clássicos (Kato-Katz), a alguns que ainda estão em fase de validação. Este estudo foi realizado para avaliar dois novos métodos coproscópicos para diagnóstico da Esquistossomose Mansônica, em moradores de uma área de baixa endemicidade no Município de Maranguape, no Estado do Ceará, utilizando o método de Kato-Katz como referência e a sorologia (ELISA) para a triagem dos pacientes. Foram desenvolvidas as seguintes etapas: Reconhecimento da área e divulgação do projeto junto aos residentes na localidade; Visita domiciliar para assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido e entrevista para coleta de dados epidemiológicos; Coleta de sangue para realização do método sorológico; Distribuição dos frascos para coleta de fezes, somente para os participantes que foram reativos no teste sorológico; recebimento das amostras de fezes e realização dos métodos coproscópicos e por fim, entrega dos resultados dos exames e tratamento dos indivíduos positivos. Comparando-se os resultados obtidos pelo método do Kato-Katz e do Gradiente Salínico viu-se que dos 13 positivos (23,2%) encontrados por ambos, 10 (76,9%) foram diagnosticados apenas através do Gradiente Salínico. Já quando comparou-se o método do Kato-Katz e do Helmintex, das 32 amostras analisadas, 16 foram positivos (50%) por ambos, porém, 12 (75%) destes indivíduos foram diagnosticados apenas pelo Helmintex. E ao comparamos o método do Gradiente Salínico com o Helmintex, nos 32 indivíduos que realizaram estes, 17 (53%) foram positivos em ambas as técnicas, sendo 11 (64,7%) positivos só no Helmintex. Assim, os métodos do Gradiente Salínico e Helmintex mostraram-se mais efetivos no diagnóstico da esquistossomose mansônica na localidade em estudo, quando comparados ao Kato-Katz, porém diante da forma de execução das técnicas, as mesmas podem não ser adequadas para grandes inquéritos epidemiológicos, mas para estudos pontuais em áreas onde o programa de controle não consegue atingir os objetivos.
Abstract: The Schistosomiasis is endemic in 76 countries and territories. In mid 2003, it was estimated that 779 million people were within the population at risk for schistosomiasis, 207 million people were infected. The laboratory diagnosis of schistosomiasis can be accomplished through methods for parasites, ranging from classics (Kato-Katz), a few that are still undergoing validation. This study was conducted to evaluate two coproscopic new methods for diagnosis of Schistosomiasis in residents of an area of low endemicity in Maranguape-Ceará, using the Kato-Katz as a reference and serology (ELISA) for screening of patients. We developed the following steps: knowing the area and dissemination of the project with residents in the locality; Home visit to signing the consent form and interview to collect epidemiologic data, blood collection for performing the serological method, distribution of the bottles for feces, only for participants who were reactive in serological testing, collection of stool samples and carrying out the methods coproscopic and finally, delivery of results of examinations and treatment of positive individuals. Comparing the results obtained by the Kato-Katz method and salt gradient was seen that the 13 positive (23.2%) found by both, 10 (76.9%) were diagnosed only by the saline gradient. Even when we compared the method of Kato-Katz and Helmintex of the 32 samples analyzed, 16 were positive (50%) for both, however, 12 (75%) of these individuals were diagnosed only by Helmintex. And when comparing the method the saline gradient with Helmintex in 32 individuals who completed these, 17 (53%) were positive by both techniques, 11 (64.7%) positive only in Helmintex. Thus, the methods of the Saline Gradiente and Helmintex were more effective in the diagnosis of schistosomiasis in locus study, when compared to the Kato-Katz, but on the way of implementing the techniques, they may not be suitable for large surveys epidemiological, but for specific studies in areas where the driver fails to achieve the goals.
Descrição: PINHEIRO, Marta Cristhiany Cunha. Avaliação de três métodos coproscópicos para diagnóstico da esquistossomose mansônica em área de baixa endemicidade no Estado do Ceará. 2010. 82 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1891
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_mccpinheiro.pdf3,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.