Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18916
Título: Manejo da cultura do girassol submetida a diferentes níveis de irrigação, doses e formas de aplicação de nitrogênio e potássio.
Título em inglês: Manejo da cultura do girassol submetida a diferentes níveis de irrigação, doses e formas de aplicação de nitrogênio e potássio.
Autor(es): Vasconcelos, Denise Vieira
Orientador(es): Azevedo, Benito Moreira de
Palavras-chave: irrigação e Drenagem
Helianthus annuus L
Catissol
Fertirrigação
Evapotranspiração
Fertigation
Evapotranspiration
Girassol - Irrigação
Nitrogênio na agricultura
Potássio na agricultura
Nitrogênio - Fixação
Data do documento: 2011
Citação: VASCONCELOS, D. V. (2011)
Resumo: O trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de três doses de nitrogênio e de potássio aplicadas pelo método convencional e por fertirrigação e testemunha – sem aplicação de N ou K. Também, foi avaliado os efeitos de seis lâminas de irrigação com base na ETo de Penman-Monteith (EToPM), para que se possa definir um manejo adequado para a cultura do girassol, variedade Catissol 01. O experimento foi conduzido na área experimental da Estação Meteorológica da Universidade Federal do Ceará, localizada no Campus do Pici, no município de Fortaleza, no período de março a julho de 2008 para os experimentos de adubação nitrogenada e potássica, e de agosto a dezembro de 2007 para o experimento de lâminas de irrigação. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com sete tratamentos e quatro repetições para adubação nitrogenada e potássica e de seis tratamentos e quatro repetições para lâminas de irrigação. As doses testadas no experimento de nitrogênio foram: 0; 30; 60 e 120 kg ha-1 pelo método convencional e fertirrigado. Na fertirrigação as dosagens de nitrogênio foram parceladas em oito aplicações, sendo a primeira na semeadura e as demais aplicadas semanalmente, na adubação convencional as dosagens foram parceladas em duas aplicações, sendo 1/3 da dose no plantio e os outros 2/3 aos 30 dias após a germinação. No experimento com potássio as doses testadas foram: 0; 25; 50 e 100 kg ha-1 pelo método convencional e fertirrigado. Na fertirrigação as dosagens de potássio foram parceladas com 1/3 no plantio e os outros 2/3 parcelados em cinco vezes durante o ciclo da cultura, na adubação convencional o potássio foi todo aplicado no plantio. No experimento de lâminas de irrigação foram testadas as lâminas com 25; 50; 75; 100; 125 e 150% EToPM. Foram analisadas as seguintes variáveis nos experimentos de adubação nitrogenada e potássica: produtividade, diâmetro do capítulo, peso do capítulo e peso de 100 sementes. No experimento de lâminas de irrigação foram analisadas: a produtividade, o diâmetro do capítulo e o peso do capítulo. A aplicação de nitrogênio pelo método convencional e por fertirrigação apresentaram respostas significativas para: produtividade, diâmetro do capítulo e peso do capítulo. A máxima produtividade (3.429 kg ha-1) foi obtida com adubação convencional, com uma dose ótima estimada em 80,97 kg ha-1 de N. A adubação potássica, aplicada pelo método convencional e fertirrigada, apresentou respostas significativas para todas as variáveis analisadas, sendo a maior produtividade (3.312,09 kg ha-1) conseguida pelo método convencional, com uma dose estimada em 61,24 kg ha-1 de K2O. No experimento de lâminas de irrigação, foram obtidas diferenças significativas para as variáveis: produtividade e peso do capítulo, obtendo-se uma produtividade máxima de 3.357,18 kg ha-1 com uma lâmina de irrigação estimada em 91,06 % EToPM.
Abstract: The study aimed to evaluate the effects of three doses of nitrogen and potassium applied by the conventional method and by fertigation and witness - without application of N or K. We also evaluated the effects of six irrigation levels based on the Penman-Monteith ETo (EToPM), so that we can define an appropriate management for sunflower crop, variety Catissol 01. The experiment was conducted in the experimental area of the Meteorological Station of the Federal University of Ceará, located at the Campus do Pici, in the city of Fortaleza, from March to July 2008 for the experiments of nitrogen and potassium fertilization, and from August to December 2007 for the irrigation blades’ experiment. The experimental design was of randomized blocks with seven treatments and four replications for nitrogen and potassium fertilization and six treatments and four replications for irrigation blades. The doses tested in the nitrogen experiment were 0, 30, 60 and 120 kg ha-1 by conventional and fertigation method. In fertigation the nitrogen dosages were split into eight applications, the first of which was at sowing and the remaining were applied weekly. In conventional fertilization the dosages were split in two applications, being one third of the dose at planting and the other 2/3 at 30 days after germination. In the experiment with potassium the tested doses were 0, 25, 50 and 100 kg ha-1 and fertilized by conventional and fertigation methods. In fertigation dosages of potassium were split with 1/3 at planting and the remaining 2/3 split in five times during the crop cycle. In the conventional method potash fertilizer was all applied at planting. In the experiment of irrigation blades were tested blades with 25, 50, 75, 100, 125 and 150% EToPM. We analyzed the following variables in the experiments of nitrogen and potassium fertilization: yield, capitulum diameter and weight as well as 100 seed weight. In the experiment of irrigation blades, the following were analyzed: productivity, inflorescence capitulum diameter and weight. The application of nitrogen by conventional method and fertigation showed significant responses to capitulum diameter and weight. The highest yield (3429 kg ha-1) was obtained with conventional fertilization, with a great dose estimated at 80,97 kg ha-1 of N. Potassium fertilizer applied by conventional method and fertigated showed significant responses for all analyzed variables, being the highest yield (3.312,09 kg ha-1) achieved by the conventional method, with a dose estimated at 61,24 kg ha-1 of K2O. In the irrigation blades experiment, significant differences were obtained for the following variables: productivity and weight of the chapter, obtaining a maximum yield of 3.357,18 kg ha-1 with an irrigation blade estimated in 91,06 % EToPM
Descrição: VASCONCELOS, Manejo da cultura do girassol submetida a diferentes níveis de irrigação, doses e formas de aplicação de nitrogênio e potássio. 2012. 88 f. : Tese (doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia Agrícola, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18916
Aparece nas coleções:PPGENP - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_tese_dvvasconelos.pdf1,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.