Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18937
Título: Avaliação de silagens de espécies de potencial uso forrageiro no semiárido
Autor(es): Silva, Marcos Deames Araújo
Orientador(es): Carneiro , Maria Socorro de Souza
Palavras-chave: Zootecnia
Leguminosas
Conservação
Silagem
Árvores nativas
Capim-elefante - Silagem
Forragem - Armazenamento
Silos
Data do documento: 2012
Citação: SILVA, M. D. A. (2012)
Resumo: O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade nutricional das silagens arbustivo-arbóreo adaptadas ao semiárido nordestino brasileiro, além de incluir algumas das espécies estudadas como aditivos na silagem de capim-elefante com função de melhorar as características fermentativas e as características químico-bromatológicas das silagens. A coleta das forrageiras e a confecção das silagens foram realizados no Setor de Forragicultura da Universidade Federa do Ceará (UFC) e as analises químico-bromatológica realizadas no Laboratório de Nutrição Animal da UFC. O primeiro experimento consistiu na avaliação da composição quimico-bromatológica das silagens de forrageiras leguminosas arbustivas-arbóreas adaptadas à Caatinga. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualisado com seis tratamentos e quatro repetições os quais consistiam nas silagens de Jurema Preta, Sabiá, Algaroba, Jucá, leucena e gliricidia. Como silos experimentais foram utilizados mini silos com dimensões de 0,10m de diâmetro por 0,35 de altura, com densidade do material ensilado em torno de 600 kg/m³ com base em matéria natural. Para silagens das espécies leguminosas arbustivas-arbóreas o período para abertura das silagens foi de 42 dias após a confecção das mesmas, tempo suficiente para fermentação anaeróbia do material. Foi analisada composição químico-bromatológica das silagens das espécies forrageiras para verificar quais silagens confeccionadas a partir de leguminosas possuíam boas características químico-bromatológicas e quais possuíam melhor potencial para produção de silagem. Todas as silagens, exceto a do Sabiá, apresentaram boa composição químico-bromatológica, especialmente com bons teores de proteína bruta e fibra em detergente neutro e digestibilidade in vitro, demonstrando potencial para um bom consumo e aproveitamento do volumoso. No segundo experimento foi avaliada a inclusão do Sabiá e Jurema Preta na silagem de capim elefante. O experimento e as análises a exemplo do primeiro foi realizada nos mesmos locais. Os tratamentos consistiram na inclusão de 0; 10; 20 e 30% da jurema e/ou Sabiá nas silagens de capim-elefante. Nas silagens de capim-elefante com níveis crescentes de inclusão do Sabiá e Jurema Preta, além das avaliações quimico-bromatológicas foram calculada perdas resultantes do processo de ensilagem (perdas por efluentes, gases e perdas totais). As silagens de capim elefante com níveis de inclusão do Sabiá e Jurema Preta reduziram as perdas de efluentes influenciados pelos níveis de adição, porém a silagem de capim elefante adicionada de Sabiá apresentou um aumento de perdas gasosas e perdas totais. Quanto à composição químico-bromatológica das silagens com adição das leguminosas, observaram-se melhorias nas características fermentativas com relação à diminuição das perdas por efluentes, além de melhorar suas características químico-bromatológica em função da inclusão das forrageiras.
Abstract: The objective of the study was to evaluate the nutritional quality of silage shrub-tree adapted to semi-arid northeastern Brazil, and includes some of the species studied as additives in elephant grass silage with function improve fermentation characteristics and chemical, qualitative characteristics of silages. The collection of forage and silage production were performed in the Forage Section of the Federal University of Ceara and the analysis bromatological performed in the Laboratory of Animal Nutrition of the Federal University of Ceara. The first experiment was to evaluate the chemical composition of the silages of forage legume adapted to arboreal-shrubby Caatinga. The experimental design was a completely randomized design with four replications and six treatments which consisted of the silages jurema preta, sabia, algaroba, jucá, leucaena and gliricidia. As experimental silos were used mini silos with dimensions of 0.10 m in diameter by 0.35 tall, with ensiled material density around 600 kg/m³ based on natural. For silages of leguminous shrub-tree period for opening the silage was 42 days after the making thereof, sufficient time for the anaerobic fermentation material. We analyzed chemical composition of silages of forage species to see which silages from legumes had good chemical, qualitative characteristics and which had better potential for silage production. All silages, except the sabia, showed good chemical composition, especially with good crude protein and neutral detergent fiber digestibility and in vitro, demonstrating the potential for a good intake and utilization of roughage. The second experiment evaluated the inclusion of sabia and jurema preta in elephant grass silage. The experiment and analyzes the example of the first was held in the same locations. Treatments were the inclusion of 0, 10, 20 and 30% of jurema and/or sabia in elephant grass silages. In elephant grass silages with increasing levels of sabia and jurema preta, plus reviews of chemical-bromatological characteristics were calculated losses of silage fermentation (losses effluent gases and total losses). The elephant grass silages with inclusion levels of sabia and jurema preta reduced effluent losses influenced by levels of addition, but the elephant grass silage added with sabia increased by gaseous losses and total losses. Regarding the chemical-bromatological composition of silages with addition of legumes, improvements were observed in fermentation characteristics in terms of decreasing the losses effluents, besides improving its features chemical-bromatological character due to the inclusion of forage.
Descrição: SILVA, Marcos Deames Araújo. Avaliação de silagens de espécies de potencial uso forrageiro no semiárido. 2012. 88 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Zootecnia, Fortaleza-CE, 2012
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18937
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_mdasilva.pdf824,95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.