Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18947
Título: Espetáculo inconveniente para qualquer horário: a censura e a recepção das telenovelas na ditadura militar brasileira (1970-1980)
Título em inglês: Inconvenient de lunettes pour tout temps: le censure et reception de série télévisée en dictature militaire brésilien
Autor(es): Silva, Thiago de Sales
Orientador(es): Duarte, Ana Rita Fonteles
Palavras-chave: Dictature militaire
Censure
Réception
Ditadura
Comunicação de massa
Telenovelas
Data do documento: 2016
Citação: Silva, T. S.; Duarte, A. R. F. (2016)
Resumo: A presente pesquisa propõe-se a analisar o período da Ditadura Civil-Militar pós-64 no Brasil, lançando um olhar sobre o advento da televisão como veículo de comunicação de massa e sua relação com um público que ainda se constituía como telespectador ao longo da década de 1970. É nesse momento em que o Estado passa a investir acentuadamente na construção e solidificação da indústria cultural do país, apostando no processo de integração nacional através, dentre outras coisas, da popularização dos veículos televisivos. Por outro lado, a constituição do aparato censório integra o conjunto de ações repressivas que deram sustentação ao funcionamento do regime, tornando as programações da TV objetos privilegiados de intervenção. Discutimos, portanto, a natureza conservadora desta modernização através da censura às telenovelas, programa que se torna uma das produções mais lucrativas e renomadas da TV desde então. Nesse sentido, debruçamo-nos sobre os processos de censura das telenovelas, objetivando compreender a materialidade dessa massa documental, suas transformações, bem como os elementos motivadores da ação censória. Além disso, analisando um conjunto de cartas encaminhadas ao órgão de censura, buscamos compreender o processo de recepção à televisão por parte destes missivistas. Tais correspondências, enviadas por pais e mães de família, entidades cívicas e grupos religiosos, evidenciam uma forte preocupação dos missivistas com relação às questões relativas à moral e aos “bons costumes” nos conteúdos abordados pelas telenovelas exibidas na época. Constituindo-se como um problema, a televisão aparece nessas cartas como uma ameaça, que precisa ser vigiada e regulada, corroborando, inclusive, com a proposta de atuação da censura naquele momento de exceção.
Descrição: SILVA, Thiago de Sales. Espetáculo inconveniente para qualquer horário: a censura e a recepção das telenovelas na ditadura militar brasileira (1970-1980). 2016. 146f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em História, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18947
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_tssilva.pdf1,06 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.