Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18948
Título: A Letra e o Tempo: a escrita de O. G. Rego de Carvalho entre a ficção e a história da literatura
Título em inglês: The letter and time: writing by o. G. Rego de Carvalho between fiction and history of literature
Autor(es): Fontineles Filho, Pedro Pio
Orientador(es): Ramos, Francisco Régis Lopes
Palavras-chave: Literature
Biography
Literatura brasileira – Romance
Carvalho, O. G. Rego de, (Orlando Geraldo Rego de),1930- Crítica e interpretação
Literatura brasileira – História
Romancista brasileiro
Data do documento: 2016
Citação: Fontineles Filho, P. P.; Ramos, F. R. L. (2016)
Resumo: Em 1953, foi lançado o livro Ulisses entre o Amor e a Morte, considerado a estreia literária de Orlando Geraldo Rego de Carvalho. À época, a publicação levantou críticas no sentido de ser tratada ou não como uma obra de “literatura piauiense”, visto que não trazia as temáticas tomadas como regionalistas, tais como a seca, a miséria e a fome. Ao longo de sua trajetória, o literato se envolveria em outras polêmicas ligadas à intelectualidade, sobretudo à literatura, quando afirmara que não existia a “literatura piauiense”. Esse posicionamento trouxe à tona, de forma mais enfática, debates sobre o status da literatura, e suscitou reflexões acerca do cânone e questões de fronteira. Além disso, fez acentuar discussões paralelas sobre a própria história da literatura, no tocante à autoria, biografia, produção, publicação, circulação e leitura dos textos literários. O objetivo principal deste estudo foi compreender a obra do literato como indício das ranhuras inerentes à (re) invenção e à história da “literatura piauiense”. O recorte temporal que conduziu o presente estudo transitou pelo interstício entre 1953 e princípios dos anos 2000. O marco inicial se refere ao ano da “estreia” literária do escritor, enquanto que o recorte final leva em conta as antologias e fortunas críticas, bem como as edições didáticas que abordam a obra do literato e a produção literária de forma geral. Vale ressaltar que recuos e avanços no recorte temporal foram realizados, para contemplar aspectos pertinentes às problematizações, incluindo traços biográficos. Nesse sentido, o universo documental foi composto pelos livros publicados pelo literato, notadamente Ulisses entre o Amor e a Morte (1953), Rio Subterrâneo (1967), Somos Todos Inocentes (1971) e Como e por que me fiz escritor (1994); livros em forma de antologias e fortuna crítica, que analisam as obras do literato; artigos publicados em sítios da internet; além de edições didáticas voltadas para estudantes e preparadas para vestibulares. Como arcabouço teórico-metodológico, foram utilizadas as proposições de Pierre Bourdieu (2010), Roger Chartier (2014, 2010, 2002) e Michel de Certeau (2011), dentre outros, para pensar o “campo literário” em suas diferentes manifestações, desde as relações de poder, bem como a história da literatura, do livro e da leitura. O estudo considerou, então, que a obra do literato é fulcral para a análise das relações de poder entre a Letra e o Tempo, entre a ficção e a história da literatura.
Abstract: In 1953 was published the book Ulisses entre o Amor e a Morte, considered the literary debut by Orlando Geraldo Rego de Carvalho. At that time, the publication raised criticism about being treated or not as a book of “Piauiense literature”, whereas it didn’t bring themes taken as regionalists , such as dry, poverty and hunger. Along his trajectory, the author was envolved in other controversy linked to intellectuality, especially to literature, when he said that the “Piauiense literature” didn’t exist. That point of view brought to light, more emphatically, discussions about the status of literature and raised reflections about canon and border issues. Besides that, it expanded parallel discussions about the history of literature, regarding the authorship, biography, production, publication, circulation and reading of the literary texts. The main objective of this study was understand the work of the writter as evidence of the slots inherent in (re) invention and history of the “Piauiense literature”. Time frame that conducted the presente study transited the interstice between 1953 and the early 2000’s. Initial mark refers to the year of literary “debut” of the author, while the final mark takes into account the anthologies and critical fortunes, as well as the educational issues that approach the author’s work and the literary production in general. It’s noteworthy that setbacks and advances on time frame were done, to contemplate relevant aspects to the problematizations, including biographical traits. In this sense, the documentary universe was composed of the books published by the author, notedly Ulisses entre o Amor e a Morte (1953), Rio Subterrâneo (1967), Somos Todos Inocentes (1971) and Como e por que me fiz escritor (1994); books in form of anthologies and critical fortune, that analyze the author’work; article published on internet sites; besides educational issues aimed at students and prepared for college entrance exams. As theoretical and methodological skeleton, it used the propositions by Pierre Bourdieu (2010), Roger Chartier (2014, 2010, 2002) and Michel de Certeau (2011), among others, to think the “literary field” in its different manifestations, since relations of power, as well as the history of literature, of book and of reading. The study considered, thus, that the author’s work is central to the analysis of the relations of power between the Letter and Time, between fiction and the history of literature.
Descrição: FONTINELES FILHO, Pedro Pio. A Letra e o Tempo: a escrita de O. G. Rego de Carvalho entre a ficção e a história da literatura. 2016. 337f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em História Social, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18948
Aparece nas coleções:PPGH - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_ppffilho.pdf4,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.