Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1897
Título: Ações básicas de detecção precoce e fatores de risco para o câncer de mama em mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde Fortaleza-Ceará
Título em inglês: Basic actions for early detection and risk factors fo breast cancer in women at a primary care center in Fortaleza-Ceará
Autor(es): Silva, Anna Paula Sousa da
Orientador(es): Fernandes , Ana Fátima Carvalho
Palavras-chave: Neoplasias da Mama
Fatores de Risco
Diagnóstico Precoce
Data do documento: 2010
Citação: SILVA, A. P. S. (2010)
Resumo: O câncer de mama tem se constituído como um grave problema de saúde pública, não só pelo número de casos crescentes diagnosticados a cada ano, mas também pelo investimento financeiro que é necessário para diagnóstico e tratamento. Objetivou-se neste estudo, avaliar ações de detecção precoce e fatores de risco para câncer de mama, em mulheres atendidas em uma Unidade Básica de Saúde, Fortaleza, Ceará. Realizou-se um estudo transversal, descritivo e analítico com abordagem quantitativa, sobre ações de detecção precoce e fatores de risco para câncer de mama. A pesquisa foi desenvolvida em uma Unidade Básica de Saúde da Família do município de Fortaleza-Ceará, no período de março a novembro de 2008. A população baseou-se na quantidade anual de atendimentos ginecológicos realizados pelos enfermeiros perfazendo um total de 1920. A amostra obtida foi de 320 mulheres. Utilizou-se como técnica de coleta de dados a entrevista semi-estruturada e como instrumento o formulário semi-estruturado. Usou-se para a análise, o teste qui-quadrado com o auxílio do SPSS versão 15.0, a fim de medir a associação de variáveis, ao nível de 5% de significância. Obtiveram-se os seguintes resultados: a idade média das mulheres entrevistadas foi de 37 anos; possuíam renda familiar inferior a um salário mínimo 139 (43,44%) delas; apresentaram escolaridade entre 11 e 15 anos de estudo, 192 (60%) do total; relataram primeiro episódio menstrual, com idade acima de doze anos, 206 (64,38%); apenas 64 (20%) haviam entrado na menopausa e 238 (74,38%) tiveram a primeira gestação, na faixa etária abaixo de 30 anos de idade; quanto à amamentação, 210 (65,63%) amamentaram seus filhos; constatou-se que 177 (55,31%) fazem uso anticoncepcional oral; tinham histórico familiar de câncer de mama, 71 (22,19%); declararam o hábito de fumar 62 (19,38%); afirmaram ingerir bebida alcoólica 89 (27,81%). Pôde-se inferir que 252 (78,75%) conhecem o AEM. O exame clínico das mamas é realizado em 246 (76,87%) das entrevistadas. Pode-se observar ainda que 46 (44,23%) relataram realizar o exame mamográfico anualmente. Constatou-se que o tempo de estudo influencia na prática do AEM. Porém, verificou-se a não existência de associação entre o tempo de estudo e a realização do ECM e o conhecimento da mamografia. Quanto à faixa de renda, houve associação desta variável somente com o conhecimento do AEM e com o da mamografia. Vale ressaltar, a partir dos resultados da pesquisa, que mesmo com a tecnologia desenvolvida nas últimas décadas para o controle do câncer de mama, não se podem desconsiderar os múltiplos fatores que compõem a etiologia desta neoplasia. Daí, a necessidade de uma maior efetividade na detecção do câncer de mama e reconhecimento precoce dos seus fatores de risco
Abstract: The breast cancer has been established as a serious public health problem, not only by the growing number of cases diagnosed each year, but also by the financial investment that is required for diagnosis and treatment. The objective of this study was to evaluate actions for early detection and risk factors for breast cancer in women at a Basic Health Unit, Fortaleza, Ceará. It was conducted a cross-sectional study, descriptive and analytical, with a quantitative approach, on shares of early detection and risk factors to the breast cancer. The research was developed in a Basic Unit of Family Health, Fortaleza, Ceará, in the period from March to November of 2008. The population was based on the amount of annual gynecological attendances made by nurses, for a total of 1920. The sample was 320 women. It was used as technique for data collection a semi-structured interview and as instrument, the semi-structured form. For the analysis was used the chi-square test with the aid of SPSS version 15.0 in order to measure the association of variables, at 5% level of significance. The following results were obtained: the average age of interviewed women was 37, had family income below a minimum wage 139 (43.44%) of them; studied between 11 and 15 years of study, 192 (60%) of the total; reported first episode menstrual, aged over twelve years, 206 (64.38%); only 64 (20%) had entered the menopause and 238 (74.38%) had their first pregnancy, aged below 30 years of age; on breastfeeding, 210 (65.63%) breastfed their children; it was found that 177 (55.31%) make use contraceptive oral; had family history of breast cancer, 71 (22.19 %); affirm the habit of smoking 62 (19.38%); said drink alcohol 89 (27.81%). It was inferred that 252 (78.75%) know the BSE. The Clinical examination of the breasts is performed by 246 (76.87%) of respondents. It was observed that 46 (44.23%) reported perform mammography annually. It was detected that the years of study influenced on practice of BSE. However, there was a lack of association between the time of study and implementation of BCE and knowledge of mammography. As the range of income, this variable was associated only with the knowledge of the BSE and the mammography. It is noteworthy from the results of the research, that even with the technology developed in recent decades for the control of breast cancer, can not ignore the many factors that make the etiology of this neoplasm. Hence the need for greater effectiveness in detecting breast cancer, and early recognition of its risk factors
Descrição: SILVA, Anna Paula Sousa da. Ações básicas de detecção precoce e fatores de risco para o câncer de mama em mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde de Fortaleza-Ceará. 2008. 65 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1897
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_apssilva.pdf213,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.