Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1901
Título: Perfil clínico-epidemiológico das infecções respiratórias agudas causadas por metapneumovírus humano em crianças atendidas no Hospital Infantil Albert Sabin - Fortaleza/Ceará
Título em inglês: Clinic-epidemiologic report of acute respiratory infections caused by human metapneumovirus in children atttended in Infantil Albert Sabin Hospital - Fortaleza / Ceará
Autor(es): Ribeiro, Joyce Fonteles
Orientador(es): Moura , Fernanda Edna Araújo
Palavras-chave: Metapneumovírus
Epidemiologia
Doenças Respiratórias
Influenza Humana
Data do documento: 2008
Citação: RIBEIRO, J. F. (2008)
Resumo: O metapneumovírus humano (MPVh) é um vírus que tem se destacado como um dos agentes mais freqüentes de infecções respiratórias agudas (IRA) virais na infância. Este estudo teve como objetivos: observar a freqüência das infecções causadas pelo MPVh em crianças atendidas por IRA no Hospital Infantil Albert Sabin, hospital pediátrico de referência do estado do Ceará, no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2007; descrever aspectos de sazonalidade dessas infecções relacionando-as com a ocorrência de chuvas e a circulação de outros vírus respiratórios; descrever as características clínico-epidemiológicas dos pacientes infectados pelo MPVh, comparando com os pacientes negativos e com os positivos para outros vírus e avaliar a técnica de IFI como método de diagnóstico para a detecção do MPVh. Amostras de secreção de nasofaringe foram coletadas de crianças com sintomas de IRA e submetidas à técnica de imunofluorescência indireta para detecção dos seguintes vírus respiratórios: MPVh, vírus sincicial respiratório (VSR), influenza A e B, adenovírus e parainfluenza 1, 2 e 3. Durante os 24 meses de estudo, foram colhidas amostras de 1276 crianças sendo detectado algum vírus respiratório em 380 (29,78%) amostras. O MPVh foi o segundo vírus respiratório mais encontrado representando um total de 8,69% de todas as amostras e de 29% dentre as amostras positivas para os vírus pesquisados. Não foi observado para o MPVh um padrão de sazonalidade nem correlação com período chuvoso. A maioria dos pacientes positivos para MPVh foram atendidos na emergência (89,2%). A média de idade dos pacientes positivos para o MPVh foi de 27 meses sendo significativamente superior que a das crianças infectadas pelo VSR (15 meses), adenovírus (14 meses) e vírus parainfluenza 3 (18 meses). Dentre os pacientes infectados pelo MPVh, 53,2% tiveram o diagnóstico de infecções das vias aéreas superiores e 46,7% tiveram o diagnóstico de infecções das vias aéreas inferiores. As infecções por MPVh apresentaram o mesmo espectro de infecções causadas pelos demais vírus pesquisados. O MPVh associou-se mais a casos de pneumonia que levaram à hospitalização das crianças infectadas do que outros vírus analisados. Mais da metade dos pacientes infectados pelo MPVh utilizaram o aerossol / salbutamol no seu tratamento (68,5%). A técnica de IFI mostrou-se bastante eficaz como método de diagnóstico para a detecção do MPVh nesse estudo
Abstract: The human metapneumovírus (hMPV) is a newly discovered virus that has been considered as one of the most common agents of acute respiratory infections (ARI) virus in childhood. The objectives of this study were: 1) to observe the frequency of infections caused by hMPV among children attending Hospital Infantil Albert Sabin, a major pediatric hospital in Ceará, from January 2006 to December 2007; 2) to describe aspects of seasonality of these infections relating them to the occurrence of rain and the circulation of other respiratory viruses, 3) to describe the clinical and epidemiological characteristics of patients infected by hMPV, compared with positive and negative patients for other viruses; 4) to evaluate the IFI assay as a method of diagnosis for the detection of hMPV. Nasopharyngeal aspirates were collected from children with symptoms of ARI and submitted to indirect immunofluorescence assays for the detection of the following respiratory viruses: hMPV, respiratory syncytial virus (RSV), influenza A and B, adenovirus and parainfluenza 1, 2 and 3. During the 24 months of study, samples were collected from 1276 and respiratory viruses were demonstrated in 380 (29.78%) samples. The hMPV was the second most frequently detected respiratory viruses representing a total of 8.69% of all samples and 29% among the samples positive for the virus analyzed. It was not observed for hMPV a pattern of seasonality or correlation with the rainy season. Most patients positive for hMPV were attended in the emergence (89.2%). The mean age of patients infected by hMPV was 27 months, wich is significantly older than that for VSR (15 months), adenovirus (14 months) and parainfluenza virus 3 (18 months). Among patients infected by hMPV, 53.2% had a diagnosis of infections of the upper airways and 46.7% had a diagnosis of infections of the lower airways. The hMPV infections showed the same spectrum of infections caused by other viruses analyzed. The hMPV associated to more cases of pneumonia that led to the hospitalization of children infected than other viruses analyzed. More than half of these patients used the aerosol / salbutamol as conduct therapy (68.5%). The IFI assay proved to be quite effective as a method of diagnosis for the detection of hMPV in this study
Descrição: RIBEIRO, Joyce Fonteles. Perfil clínico-epidemiológico das infecções respiratórias agudas causadas por metapneumovírus humano em crianças atendidas no Hospital Infantil Albert Sabin - Fortaleza/Ceará. 2008. 94 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1901
Aparece nas coleções:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_jfribeiro.pdf2,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.