Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1903
Título: Acessibilidade da pessoa portadora de deficiência física aos serviços hospitalares : avaliação das barreiras arquitetônicas
Título em inglês: Acessibility for the physically disabled to hospital services : architectonic barrier evaluation
Autor(es): Aragão, Antônia Eliana de Araújo
Orientador(es): Pagliuca , Lorita Marlena Freitag
Palavras-chave: Acesso aos Serviços de Saúde
Arquitetura de Instituições de Saúde
Data do documento: 2004
Citação: ARAGÃO, A. E. A. (2004)
Resumo: O projeto de pesquisa “Acessibilidade da pessoa portadora de deficiência física e / ou sensorial aos serviços de saúde: estudo das condições físicas e de comunicação” tem por objetivos identificar as barreiras arquitetônicas que dificultam ou impedem o acesso do portador de deficiência aos serviços básicos de saúde e aos hospitais gerias, procura, ainda, estudar as dificuldades de comunicação entre estas pessoas e membros da equipe de saúde. A participação nesse projeto despertou para o tema e originou esta dissertação, que tem por objetivo mapear as condições arquitetônicas de acesso do portador deficiência física aos serviços hospitalares na cidade de Sobral-Ce. O referencial teórico apóia-se na Lei n 7.853 de 24/10/1989 que estabelece normas que asseguram o exercício dos direitos individuais e sociais das pessoas portadoras de deficiência e sua efetiva integração social. Estudo quantitativo que utilizou instrumento de coleta de dados tipo cheque lista elaborado consultando a lei, foram incluídos no estudo os quatro hospitais gerias da cidade, a coleta ocorreu no mês de maio de 2004 e foram alguns dados documentados fotograficamente. A análise estatística constatou no que se refere ás suas adjacentes aos hospitais a ausência de faixas, para pedestres e de rebaixamento de meio fio em pontos estratégicos (25 %); obras públicas e particulares desprotegidas de tapumes (100%) , avenidas livres de buracos (50%); calçadas que não estão livres de buracos e desnivelamento (100%), placas de sinalização de trânsito visíveis (75%); o percurso para a instituição está sinalizado (100%); mas não há semáforos em pontos estratégicos (100%). Quanto ao acesso ao hospital, possuem rebaixamento de guias (50%); ausência do símbolo internacional de acesso (100%); há rampas de acesso (100%); escadaria sem corrimão (50%); as portas possuem a largura ideal (100%); as de vai e vem não possuem visor (100%). As características internas dos hospitais mostram que as áreas de circulação possuem obstáculos (100%), o piso das rampas é antiderrapante (50%); as rampas e escadas possuem corrimão (50%), mas fora do padrão legal. Um hospital tem apenas um pavimento os outros três contam com 13escadas internas com degraus ideais; os balcões atendem a legislação (80%) e assentos públicos também (32%). Os bebedouros são acessíveis, mas os telefones não. Conclui-se que há barreiras arquitetônicas no percurso casa/hospital, no acesso direto ao hospital e nas suas dependências internas. A legislação vigente que garante o acesso do portador de deficiência física aos serviços de saúde está sendo desrespeitadas o que demonstra desconhecimento e descaso do serviço público, bem como, dos profissionais da saúde que são co-responsáveis na garantia do exercício da cidadania desta população.
Abstract: The search plan of the Nursing Department of the Federal University of Ceará called: accessibility of physically and/or sensorial deficient people to health care: the object of physical conditions and communication study is to point out any architectonic obstacles making difficult or obstructing any physically deficient people (pdp) to access basic health cares and general hospitals and study the communication problems amongst such people and health caring team members. My participation in such a plan called my attention to such a theme and gave rise to this dissertation, the objects of which are to map the architectonic conditions for the physically deficient people to access any hospital cares in the city of Sobral-CE and point out any internal architectonic obstacles and also in the hospitals for the physical move of PDPs. The theoretical system of reference is based on Law No. 7,853, dated 10/24/1989, which sets up rules to ensure the exercise of individual and social rights of physically deficient people and the effective social integration thereof. Such study is quantitative and used an instrument of data collection of check-list type made by consultation under law. Four general hospitals of the city were included in such study and data collections were performed in the month of May 2004. Some of them have been documented on photos The statistic analysis found out in connection with the areas around hospitals that there no crosswalks (100%) and lowering of curb at strategic points (75%); public and private works with no fence made of planks (100%); pavements with holes and unlevellings (100%); avenues with no holes (50%); visible transit signs (75%); the way going to the institution is signaled (100%), but there are no traffic lights at strategic points (100%). Concerning access to hospitals, there is no lowering of curbs (75%); there is no parking area for PDPs signalized with the International Access Symbol (100%); there is sloping roadway (100%), flight of stairs with no handrail (50%); doors are well sized (100%); swing doors has no appropriate visors (100%); the inner features of the hospitals show that the transit areas have obstacles (100%); the pavement on the outer sloping roadways are non skid. (100%); the inner sloping roadways and stairs have handrails available (50%) but not in compliance wit the lawful standard. One of the hospitals has one floor but the other three ones have three inner stairs; counters are in accordance with legislation (80%) and the public seats as well (33%). Drinking places and telephones are not accessible (95.5%) It was concluded that there are architectonic obstacles in the way from house to hospital, in the direct access to hospital in the inner rooms thereof. The legislation in force assuring the physically deficient people to access the health care has not been complied with. This means that the public service has obviously not been aware of such legislation and has been negligent. The health caring professionals who are also responsible for assuring the citizenship of such portion of population to be exercised have been negligent as well.
Descrição: ARAGÃO, Antonia Eliana de Araújo. Acessibilidade da pessoa portadora de deficiência física aos serviços hospitlares : avaliação das barreiras arquitetônicas. 2004. 104 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2004.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1903
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_dis_aeaaragao.pdf1,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.