Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19084
Título: O Cabeleira entre a tradição e o cientificismo: a construção doherói sertanejo e o projeto educacional de Franklin Távora
Título em inglês: O Cabeleira between tradition and science: the construction of the inland hero and the educational project of Franklin Távora
Autor(es): SIQUEIRA, Ana Marcia Alves
Orientador(es): MONGELLI, Lênia Márcia de Medeiros
Palavras-chave: Identidade - Nacional
Substratos - medievais
Amor - trágico
Banditismo
Cientificismo
Data do documento: 2007
Editor: Universidade de São Paulo
Citação: SIQUEIRA, A. M. A.; MONGELLI, L. M. M. (2007)
Resumo: O trabalho tem por objetivo examinar a obra O Cabeleira, de Franklin Távora, como romance-chave para se compreender uma parte do longo processo de formação de uma identidade nacional por meio da literatura, desenvolvido durante a segunda metade do século XIX. Também busca salientar a perpetuação e atualização de substratos da herança medieval portuguesa em nossa tradição literária, enfatizando o trabalho de transformação e climatização desses substratos graças à apropriação crítica realizada pelo autor. A imaginação criativa de Távora, embebida no repositório nacional, faz aflorar, em O Cabeleira, substratos medievais na construção do herói-bandido, bem como na estruturação da trágica história romântica vivida pelo protagonista, na qual o amor é visto como um sentimento atávico, acima do Bem e do Mal, capaz de transformar até o mais cruel dos bandidos. Entretanto, o romance contempla outras intenções; além do objetivo de divulgar as “autênticas tradições nacionais”, o autor buscava respaldar sua produção literária no cientificismo e defender a importância da educação para a construção de uma nação grandiosa. Certo de que as ciências naturais deveriam se unir à literatura para constituir a nação brasileira, Franklin Távora orquestra, no romance inaugural da Literatura do Norte, uma dupla intenção: de resgate das tradições nacionais através da história do bandido Cabeleira e de defesa da tese de que a educação é o único meio de salvar o sertanejo – e o povo brasileiro – da barbárie, assim como de elevar o Brasil ao patamar civilizatório dos países europeus. A utilização destes ideais e convicções como material literário possibilitou a diversidade de aspectos presentes no romance que parte de uma história registrada tanto pela crônica histórica quanto pelas trovas populares sobre o terrível Cabeleira, alcunha de José Gomes, um dos primeiros cangaceiros de Pernambuco.
Abstract: The goal of this paper is to examine the romance O Cabeleira by Franklin Távora as a key novel for the comprehension of part of the long process of formation of a national identity through literature, accomplished raised along the second half of century XIX. It also aims to highlight the perpetuation and up date of the substrata of the Portuguese medieval inheritance in our literary tradition, emphasizing the work of transformation and climatization of these substrata due to the critical appropriation made by the author. Távora’s creative imagination absorbed in the national repository, makes arise in O Cabeleira, medieval substrata in the construction of the outlaw hero, as well as in the structuralization of the tragic romantic history lived by the protagonist, in which love is faced as an atavic feeling, above of the good and of the evil, able to transform even the cruelest of the outlaws. However, the novel contemplates other intentions: besides divulging the “authentic national traditions”, the author tried to endorse the literary production in science and to defend the whole of education in the construction of a huge nation. Certain that natural science should have to be joined to literature in order to build a Brazilian nation, Franklin Távola orchestrate, in the inaugural romance of the “Literature of the North”, a double intention: the rescue of the national traditions through the history of the Cabeleira outlaw and the defense of the thesis stating that the education is the only means to save the sertanejo (inlander) – and the Brazilian people – from the barbarity and to raise Brazil to the civilizational plataform of European countries. The use of these ideals and certainties as literary material enabled the great variety of aspects present in the romance that emerge from a history registered both by historical chronicle and by the popular ballads about the terrible Cabeleira, nickname José Gomes, one of the first cangaceiros (bandits) from Pernambuco.
Descrição: SIQUEIRA, Ana Marcia Alves. O Cabeleira entre a tradição e o cientificismo: a construção do herói sertanejo e o projeto educacional de Franklin Távora. 2007. 235 f. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, , São Paulo, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19084
ISSN: 0103-9989
Aparece nas coleções:DLIT - Teses defendidas em outras instituições

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_tese_amasiqueira.pdf1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.