Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19131
Título: Qualidade de vida, depressão e modo de enfrentamento do cuidador principal de pessoas com doença renal crônica em hemodiálise
Título em inglês: Quality of life , depression and coping mode caregiver home of people with chronic kidney disease in hemodialysis
Autor(es): Santos, Ítala Mônica de sales
Orientador(es): Santos, Paulo Roberto
Palavras-chave: Qualidade de vida
Depressão
Diálise renal
Cuidadores
Data do documento: 2016
Citação: SANTOS, I. M. S. (2016)
Resumo: A doença renal crônica (DRC) é um problema de saúde pública, caracterizada pela perda gradual e progressiva da função renal até níveis críticos, onde o início de uma terapia renal substitutiva é necessário para garantir a sobrevida do paciente. Uma dessas modalidades é a hemodiálise, cujo processo é realizado em média 3 vezes por semana, e altera toda a vida do indivíduo e a dinâmica de sua família, exigindo muitas adaptações impostas pela condição crônica e tratamento. Sabe-se que o portador de DRC tem a pior qualidade de vida entre os doentes crônicos, e neste cenário surge o papel fundamental do cuidador para auxiliá-lo em suas necessidades básicas de vida. Neste trabalho o objetivo foi avaliar o nível de qualidade de vida, a prevalência de depressão e o modo de enfrentamento dos cuidadores de indivíduos com DRC em hemodiálise, bem como verificar a associação entre estas variáveis e descrever o perfil sociodemográfico e econômico do cuidador. Para tanto, realizou-se um estudo analítico, observacional, transversal e quantitativo nas duas clínicas de diálise de Sobral – CE. A partir do questionamento ao próprio portador de DRC identificamos o cuidador de cada um, que foi abordado no local de pesquisa; Em um segundo momento, após saturação da amostra espontânea, convidou-se individualmente cada cuidador a comparecer ao serviço de hemodiálise para ser entrevistado. A amostra final resultou em 107 cuidadores participantes. A coleta de dados deu-se nos meses de julho a dezembro de 2015 por meio dos instrumentos SF-36 para mensurar qualidade de vida, Escala CES-D para verificar presença de depressão e a Escala de coping de Jalowiec para identificar as estratégias de enfrentamento adotadas. Os dados foram analisados por meio do programa estatístico SPSS, com significância estatística estabelecida em p < 0,05. Os resultados apontam para um perfil de cuidadores do sexo feminino, na faixa etária de adultos jovens, procedentes de municípios próximos à Sobral- CE, com baixa classe social, sem atividade trabalhista, com relação de parentesco predominantes filhos, cônjuges ou pais. A qualidade de vida esteve mais afetada no domínio aspectos sociais. Identificou-se uma elevada prevalência de sintomas depressivos (71,9%); O uso do coping emocional foi bastante prevalente e se comportou como preditor de depressão, com risco aumentado em 20% para sua ocorrência. Vê-se a necessidade de uma assistência adequada à saúde destes cuidadores, uma vez que ao exercerem tal papel tornam-se susceptíveis a alterações importantes em sua qualidade de vida e saúde, principalmente a mental
Abstract: Chronic kidney disease (CKD) is a public health problem, characterized by gradual and progressive loss of kidney function to critical levels, where the start of renal replacement therapy is needed to ensure the survival of the patient. One of these methods is hemodialysis, which process is performed on average of 3 times a week, and affects the life of the individual and the family dynamics, requiring many adaptations imposed by the chronic condition and treatment. It is known that the CKD patient has the worst quality of life among the patients with chronic diseases, and in this scenario the main role of caregiver to assist basic needs of life emerges. In this work the objective was to evaluate the level of quality of life, the prevalence of depression and coping way of caregivers of individuals with CKD on hemodialysis, and to verify the association between these variables and describe the sociodemographic and economic profile of the caregiver. Therefore, we performed an analytical, observational, cross-sectional and quantitative study in two dialysis centers, in Sobral, state of Ceará, northeast Brazil. In the set of the study, CKD patients by their own identified their main caregiver; on a second step, after saturation of spontaneous sample, we individually invited each caregiver to attend the hemodialysis service to be interviewed. The final sample included 107 participants caregivers. Data collection took place in the months from July to December 2015 through the SF-36 instrument to measure quality of life, CES-D scale to verify the presence of depression and Jalowiec coping scale to identify the coping strategies adopted. Data were analyzed using the SPSS statistical software with statistical significance set at p <0,05. The results pointed to a prevalence of female caregivers, comprising young adults, coming from municipalities near Sobral CE, from low social class without labor activity with predominance of family relationship: sons/daughters, spouses or parents. Quality of life was most affected in the social aspects. It was identified a high prevalence of depressive symptoms (71,9%); the use of emotion-oriented coping was quite prevalent and was validated as a predictor of depression, with risk increased by 20% for its occurrence. We observe the need for adequate health care for these caregivers, since when doing this role they become susceptible to major changes in their quality of life and health, especially mental
Descrição: SANTOS, I. M. S. Qualidade de vida, depressão e modo de enfrentamento do cuidador principal de pessoas com doença renal crônica em hemodiálise. 2016. 122 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19131
Aparece nas coleções:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_imssantos.pdf2,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.