Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19132
Título: Um estudo intercultural sobre estratégias, pessoas e sucesso em PMEs braileiras e alemãs
Título em inglês: An intercultural study about strategies, personality and success with brazilian and german SMEs
Autor(es): TUPINAMBÁ, Antonio Caubi Ribeiro
UTSCH, Andreas
FRESE, Michael
RAUCH, Andreas
Palavras-chave: Cultura
Características Pessoais
Ação
Sucesso Empresarial
Culture
Personality Characteristics
Action
Venture Success
Data do documento: 2012
Editor: Universidade do Algarve
Citação: TUPINAMBÁ, A. C. R.; UTSCH, A.; FRESE, M.; RAUCH, A. (2012)
Resumo: Por décadas a pesquisa intercultural tem enfatizado o forte impacto da cultura sobre as estruturas organizacionais e sobre os estilos de liderança. Muitos modelos de sucesso empresarial negligenciam, contudo, o ambiente organizacional. Este estudo investiga o impacto do comportamento empresarial e das características pessoais no sucesso do negócio, em dependência do contexto cultural. A hipótese central baseia-se em um modelo adaptativo, que constata estar o comportamento e as características adequadas de pequenos empresários relacionados com o sucesso de seus negócios. Pequenos proprietários são definidos como adaptados culturalmente quando suas características e comportamento pessoais correspondem a valores e normas da cultura na qual opera o seu negócio. Em uma cultura com grande controle da incerteza, por exemplo, o sucesso pode ser predito por uma baixa tolerância pela ambigüidade, pouco comportamento de risco e uma forte ênfase na administração e no gerenciamento do tempo por parte dos empresários. Por outro lado, numa cultura com baixo controle da incerteza acontece exatamente o oposto. Hipóteses semelhantes devem ser construídas para as dimensões culturais coletivismo/individualismo (operacionalizadas por eficácia pessoal e lócus de controle interno) e orientação humana (operacionalizada por orientação para o poder). O modelo adaptativo foi testado com uma amostra de pequenos empresários alemães e proprietários de pequenos negócios do Brasil. Isso nos permite testar preditores de sucesso empresarial e comparar fatores de sucesso em diferentes culturas. Os resultados indicam pouco apoio ao modelo de adaptação, necessidade de novos testes com outras culturas, além do conhecimento de que comportamento e características pessoais adequados culturalmente não parecem estar necessariamente relacionados ao sucesso empresarial.
Abstract: For decades cross-cultural research has emphasized the strong impact of culture on organizational structures and leadership styles. Most models of entrepreneurial success neglect the cultural business environment, however. This study investigates the impact of entrepreneurial behavior and personal characteristics on venture success, depending on cultural background. The main hypothesis is based on a fit model, which states that culturally adequate behavior and characteristics of a small business owner relate to the success of their venture. We define small business owners as culturally adequate when their personal characteristics and behaviors fit the values and norms of the cultural environment in which their venture operates. In a culture high in uncertainty avoidance, for example, success should be predicted by a low tolerance for ambiguity, low levels of risk-taking, and a strong emphasis on time management by the entrepreneur, while in a low uncertainty-avoiding culture the opposite should be true. Similar hypotheses should hold for the cultural dimensions of collectivism/individualism (operationalized by self efficacy and internal locus of control) and human orientation (operationalized by mastery orientation). The fit-model is tested with German and Brazilian small business owners. This allows us to test for predictors of venture success and to compare success factors across cultures. The results indicate little support for the fit model. Culturally adequate behavior and personal characteristics do not seem to be necessarily related to venture success.
Descrição: TUPINAMBÁ, Antonio Caubi Ribeiro; UTSCH, Andreas; FRESE, Michael; RAUCH, Andreas. Um estudo intercultural sobre estratégias, pessoas e sucesso em PMEs brasileiras e alemãs. In: SANTOS, José António dos; ÁGUAS, Paulo; RIBEIRO, Filipa Perdigão. (Eds.). TMS - Management Studies International Conference Algarve 2012 - Book of Proceedings: . Faro: Universidade do Algarve, 2012, p. 407-419.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19132
ISBN: 978-989-8472-25-0
Aparece nas coleções:DPSI - Capítulos de livro

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_capliv_acrtubinambá.pdf621,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.