Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19162
Título: Apoio social e evasão escolar em gestantes adolescentes assistidas na estratégia de saúde da família do município de Sobral - Ceará
Título em inglês: Social support and school dropout in pregnant teenages assisted by family health program in Sobral - Ce
Autor(es): Sousa, Carla Roberta Macedo de
Orientador(es): Lira, Geison Vasconcelos
Palavras-chave: Gravidez na adolescência
Apoio social
Evasão escolar
Data do documento: 2013
Citação: SOUSA, C. R. M. (2013)
Resumo: A evasão escolar é um risco a que se sujeitam as gestantes adolescentes, podendo trazer repercussões para seu futuro profissional, para as condições socioeconômicas do novo núcleo familiar, e para a sua autoestima. Segundo o DATASUS, a incidência da gravidez adolescente, entre 2009 e 2010, no Brasil, variou entre 16,27% a 25,96%. A literatura sobre o tema ainda possui lacunas para investigação, particularmente quanto ao papel do apoio social na prevenção desse evento. O objetivo deste estudo foi descrever a natureza da relação entre apoio social percebido e evasão escolar em gestantes adolescentes assistidas na Estratégia de Saúde da Família do município de Sobral-CE. O referencial teórico escolhido foi a Teoria do Apoio Social, que enfoca as transações entre indivíduos e as suas redes sociais, satisfazendo as necessidades sociais, promovendo os recursos pessoais que possuem para enfrentarem as possíveis adversidades impostas. A abordagem do estudo foi qualitativa e teve como sujeitos 20 gestantes na faixa etária de 14 a 19 anos, assistidas no pré-natal pela Estratégia Saúde da Família do município de Sobral-CE. Foi utilizada como técnica de coleta de dados a entrevista estruturada, e como técnica de análise o Discurso do Sujeito Coletivo. Foram obedecidas as diretrizes e normas da pesquisa envolvendo seres humanos contidas na resolução 196/96, do Conselho Nacional de Saúde. Das adolescentes entrevistadas, 13 haviam evadido a escola e 07 permaneciam na escola. Como resultados, tivemos que o apoio social em gestantes adolescentes foi percebido em suas diferentes perspectivas, sendo a natureza do apoio social percebido originado principalmente de sua rede social, representada pelo núcleo familiar dessas adolescentes em sua perspectiva estrutural e nas perspectivas funcionais: afetiva, material, informacional e interação social positiva. O apoio social em suas perspectivas afetiva e material foi mais percebido em relação ao núcleo familiar em gestantes adolescente que não evadiram a escola. As gestantes que evadiram a escola tiveram uma relação conflituosa com a mãe e ausência do pai em seu núcleo familiar. As gestantes que não evadiram a escola além de contarem com o apoio afetivo do núcleo familiar, representado principalmente pela mãe, tiveram no apoio material o oferecimento de ajuda para os cuidados com a criança após o nascimento para que a adolescente pudesse retornar aos estudos, influenciando assim positivamente sua trajetória escolar. Nos dois grupos não foi percebido a escola como fomentadora de apoio social em nenhuma das perspectivas estudadas. Concluindo, o apoio social mostrou relação com a evasão escolar em gestantes adolescentes do município de Sobral- Ceará
Abstract: The school dropout is a risk that pregnant adolescents submits themselves and may bring repercussions in their professional future, in the socioeconomic conditions of the new family, and in her self-esteem. According to DATASUS, the incidence of pregnancy in this life cycle, between 2009 and 2010 in Brazil, ranged from 16.27% to 25.96%. The literature on the subject still has research gaps, particularly regarding the role of social support in preventing this event. The aim of this study was to describe the nature of the relationship between perceived social support and school dropout in pregnant adolescents assisted in the Family Health Strategy in Sobral’s municipality. The theoretical frame of reference chosen to develop the study was the Social Support theory, which focuses on transactions between individuals and their social networks, satisfying their social needs, promoting and completing personal resources they need to have to face the possible adversities imposed. The approach of the study was qualitative and the participants were 20 pregnant women aged 14 to 19 years, assisted during prenatal in Sobral’s Family Health Strategy. It was used as a technique for data collection a structured interview, and as technical analysis the Collective Subject Discourse. We followed the guidelines and standards of research involving human being contained in Resolution 196/96 of National Health Council. Of the interviewed teenagers, 13 had escaped the school and 07 remained. As results’ we had that social support in pregnant adolescents in the city of Sobral, Ceará was perceived in its different dimensions, and the nature of perceived social support mainly originated from their social network, represented by these adolescents’ household in their structural perspective and functional outlook, affective, material, informational and positive social interaction. Social support in their affective and material dimensions was more perceived in relation to those families in that pregnant teenagers didn’t escape the school. Pregnant women who escaped the school had a conflictive relationship with her mother and father absence in their household. Pregnant women who didn’t escape the school beside counting on the emotional support of the family, represented mainly by the mother, had the material support to help care for the child after birth so that the teenager could return to studies and so, influencing positively their school. In the two groups weren’t perceived the school as a promoter of social support in any of the studied prospects. To sum up, the social support shows relation to school dropout in pregnant adolescents in Sobral’s city, Ceará
Descrição: SOUSA, C. R. M. Apoio social e evasão escolar em gestantes adolescentes assistidas na estratégia de saúde da família do município de Sobral - Ceará. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19162
Aparece nas coleções:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_crmsousa.pdf4,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.