Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19177
Título: Epistemologia do registro e da organização do conhecimento no contexto da saúde: o caso do registro do paciente
Título em inglês: Epistemology of record and the organization of knowledge in the context of health: the case of the patient’s record
Autor(es): PINTO, Virgínia Bentes
FARIAS, Karla Meneses
MENESES, Bruno Carvalho
Palavras-chave: Prontuário do paciente
Linguística textual
Mapas conceituais
Representação indexal
Epistemologia do registro em Saúde
Patient's records
Textual linguistics
Conceptual maps
Indexing representation
Epistemology of records health
Data do documento: 2011
Editor: Universidade da Coruña
Citação: PINTOS, V. B.; FARIAS, K. M.; MENESES, B. C. (2011)
Resumo: Apresentam-se os resultados de uma pesquisa cujo objeto de estudo é a epistemologia do registro do paciente, privilegiando os aspectos da organização do conhecimento registrado nesses documentos, com apoio nos elementos linguísticos. Partiu-se desta indagação: que aspectos da linguística textual podem contribuir para a construção de mapas conceituais de representação indexal de prontuários do paciente, visando a uma recuperação de informação com qualidade? O objetivo é mapear os sintagmas, a fim de elaborar um mapa conceitual referente às informações contidas nos prontuários. Identificaram-se cerca de 1000 sintagmas e construiu-se um mapa conceptual no software CmapTools, conforme os elementos da linguística textual: coesão e coerência. No primeiro caso, foram mapeados os sintagmas concernentes à referência endofórica (anáfora, substituição, elisão conjunção, coesão lexical). Relativamente à coerência identificou-se o domínio linguístico, pragmático e extralinguístico. Concluiu-se que a linguística textual tem grande contribuição no tratamento informacional dos registros do paciente, pois oferece “pistas” para a recuperação de informação com maior qualidade nos Serviços de Arquivos Médicos e Estatísticos (SAMEs).
Abstract: In this paper, we present the results of an investigation in which the object of study is the epistemology of treatment and the patient’s record, containing aspects of the organization of recorded knowledge in these documents, supporting us in the linguistic elements. We attempted to answer the following question: What aspects of linguistic text that can contribute to the index representation of a patient's records in order to recover quality information? The goal is to map the phrases in order to build a conceptual map for the information contained in the records. It was identified more than 1000 phrases and it was built a concept map in the software CmapTools, according to the elements of textual linguistics, cohesion and coherence. In the first case, we mapped the phrases pertaining to endophoric references (anaphora, substitution, elision, conjunction, lexical cohesion). In relation to coherence it was identified the linguistic, pragmatic, and extra-linguistic domain. We conclude that the textual linguistics has great contribution in the informational treatment of patient records, therefore, offers "tracks" for information retrieval with more quality in the Medical Records and Statistics Services.
Descrição: PINTO, Virgínia Bentes; FARIAS, Karla Meneses; MENESES, Bruno Carvalho. Epistemologia do registro e da organização do conhecimento no contexto da saúde: o caso do registro do paciente. In: Congresso ISKO, 10., 2011, Espanha. Actas... Espanha: Universidade da Coruña, 2011. p. 455-470.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19177
ISBN: 978-84-9749-535-6
Aparece nas coleções:DCI - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_vbentespinto.pdf1,13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.