Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19208
Título: Qualidade de cajus tratados com aminoetoxivinilglicina (AVG) e ácido geberélico (GA3)
Título em inglês: Cashews quality treated with aminoethoxyvinylglycine (AVG) and gibberellic acid (GA3)
Autor(es): Pontes Filho, Frederico Silva Thé
Orientador(es): Corrêa , Márcio Cleber de Medeiros
Palavras-chave: Agronomia
Caju
Ácido giberélico
Fenômenos fisiológicos vegetais
Reguladores de crescimento de planta
Vegetal growth regulator
Aminoethoxyvinylglycine
Gibberellic acid
Gibberellic acid
Soluble solids
Soluble solids
Caju - Qualidade
Caju - Perdas pós-colheita
Data do documento: 2014
Citação: PONTES FILHO, F. S. T. (2014)
Resumo: Um dos vários problemas que preocupam os cajucultores, especialmente os que pretendem atuar no comércio de caju in natura, é a conservação pós-colheita demasiadamente pequena dos pedúnculos, atribuída à rápida perda de firmeza dos mesmos, afetando negativamente a venda desse pseudofruto. O uso de reguladores de crescimento pode ser uma alternativa para melhorar a qualidade do pedúnculo (manter a firmeza da polpa), evitar o desperdício (diminuir a queda pré-colheita), aumentar o tempo de colheita (abreviar a sazonalidade), desse modo, reduzindo custo de produção na cajucultura. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de AVG e GA3 em pré-colheita, sobre a qualidade e produção dos pseudofrutos dos clones de cajueiro-anão-precoce CCP 76 e BRS 189, cultivados na região Nordeste do Brasil. Para tanto, foram realizados cinco experimentos, sendo as repetições as datas de colheita, para cada tratamento. O primeiro foi realizado em blocos casualizados, com duas plantas por parcela e 10 frutos por planta, com os seguintes tratamentos (dosagens) para o clone CCP 76: 0 mg L-1 de AVG e GA3 (pulverização com água); 40 mg L-1 de AVG; 80 mg L-1 de AVG; 120 mg L-1 de AVG; 40 mg L-1 de GA3; 80 mg.L-1 de GA3; e 120 mg.L-1 de GA3. As características analisadas foram: potencial hidrogeniônico (pH), sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação sólidos solúveis/acidez titulável (SS/AT), açúcares solúveis (AS), vitamina C (VC), carotenoides totais (CT), antocianinas totais (ANT) e polifenois extraíveis (PE). O segundo e terceiro experimentos foram realizados em blocos casualizados, com duas plantas por parcela, 15 frutos por planta e dois clones de cajueiro (CCP 76 e BRS 189). Esses experimentos abrangeram os seguintes tratamentos (dosagens): 0 mg L-1 de AVG e GA3 (pulverização com água); 60 mg L-1 de AVG; 120 mg L-1 de AVG; 180 mg L-1 de AVG; 60 mg L-1 de GA3; 120 mg.L-1 de GA3; e 180 mg.L-1 de GA3. As características analisadas, para ambos os clones, foram: intervalo entre a aplicação e colheita, queda de frutos em pré-colheita, comprimento do pedúnculo, diâmetro basal do pedúnculo, diâmetro apical do pedúnculo, massa total do caju, massa do pedúnculo, massa da castanha e firmeza da polpa do pedúnculo. O quarto e quinto experimentos tiveram os mesmos tratamentos e delineamento experimental do segundo e terceiro. Contudo as variáveis analisadas, para ambos os clones, foram: SS, AT, relação SS/AT, AS e VC. No primeiro experimento verifica-se que a dosagem de 120 mg L-1 de GA3 pode ser uma alternativa ao clone de cajueiro-anão-precoce CCP 76, pois melhora os atributos de qualidade comercial dos pedúnculos. Nos experimentos dois e três o GA3 aumentou o intervalo entre a aplicação e colheita, tamanho e a firmeza dos pedúnculos dos clones estudados. Nos dois últimos experimentos o GA3 aumentou a relação SS/AT dos pedúnculos dos clones de cajueiro-anão-precoce CCP 76 e BRS 189. Portanto, além de terem retardado o tempo de maturação, os reguladores de crescimento também aprimoram alguns atributos de qualidade dos pedúnculos, o que é bastante desejável devido ao fato de que a melhoria de tais atributos é feita predominantemente via melhoramento genético, e este processo, nas atuais condições, leva muito tempo até ser concluído.
Abstract: One of many problems that worry the cashew farmers is the very short post-harvest conservation of the peduncle, due to the fast firmness lost, negatively affecting the sales of this product. The use of growth regulators may be an alternative to improve the peduncle quality (keep flesh firmness), avoid waste (reduce the pre-harvest fall), increase the harvest time (reduce the seasonality), this way, dropping production costs in the cashew farming. The aim of this study was to evaluate the effect of AVG and GA3 spraying in pre-harvest, concerning the quality and production of pseudo fruits of dwarf cashew tree clones CCP 76 and 189, produced in the Northeast Brazilian Region. Thereunto, it was made five experiments, which the replications was the harvests times, for each treatment. The first was carried in randomized block, with two plants per unit and 10 fruits per plant, with following treatments (doses) for the CCP 76 clone: AVG 0 mg L-1 (water sprayed); AVG 40 mg L-1; AVG 80 mg L-1; AVG 120 mg L-1; GA3 40 mg L-1; GA3 80 mg L-1; and GA3 120 mg L-1. The studied characteristics was power of hydrogen (pH), soluble solids (SS), titratable acidity (AT), SS/AT relation, soluble sugar (AS), vitamin C (VC), total carotenoids (CT), total anthocyanins (ANT) and extractable polyphenols (PE). The second and the third experiments were carried in randomized blocks, with two plants per unit and 15 fruits per plant and two clones (CCP 76 and BRS 189). These experiments include the following treatments (doses): AVG and GA3 0 mg L-1 (water sprayed); 60 mg L-1, 120 mg L-1, 180 mg L-1 of AVG and 60 mg L-1, 120 mg.L-1, 180 mg.L-1 of GA3. For both clones the characteristics evaluated was break between spray and harvest, fruit fall before harvest, peduncle size, peduncle basal diameter, peduncle top diameter, cashew total mass, peduncle mass, nut mass and peduncle flesh firmness. The fourth and fifth experiments had same treatments and experimental set of the second and third. However the evaluated variables, for both clones, was: SS, AT, SS/AT relation, AS and VC. In the first experiment it was observed that the GA3 120 mg L-1 dose could be a alternative for the early dwarf cashew clone CCP 76, because it improved the commercial quality attributes of the peduncles. In the experiments two and three GA3 increased the break between the spraying and the harvest, the size and firmness of clones peduncles studied. In the two last experiments the GA3 increased the SS/AT relation of the peduncles of CCP 76 and BRS 189 early dwarf cashew clones. Therefore, besides it detain the maturation time, the growth regulators also improved some quality attributes of the peduncles, what is well wished due to the fact that the improvement of such attributes is predominantly made by genetic improvement, and this process, in the current conditions, takes a lot of time to be concluded.
Descrição: PONTES FILHO, Frederico Silva Thé. Qualidade de cajus tratados com aminoetoxivinilglicina (AVG) e ácido geberélico (GA3). 2014. 138 f. : Tese (doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Fitotecnia, Pós-Graduação em Agronomia / Fitotecnia, Fortaleza-CE, 2014
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19208
Aparece nas coleções:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_tese_fstpontesfilho.pdf2,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.