Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19234
Título: Avaliação preliminar das concentrações de metais pesados nos sedimentos da Lagoa do Araçá, Recife, Estado de Pernambuco
Título em inglês: Preliminary assessment of the trace metal concentrations in sediments of the Araçá Lagoon, Recife, Pernambuco State
Autor(es): Miranda, Josineide Braz de
Silva, Hélida Karla Philippini da
Silva, Erika Cristina Ferreira da
Duarte, Marta Maria Menezes Bezerra
Palavras-chave: Metal pesado
Sedimentos lacustres - Lagoa do Araçá (PE)
Data do documento: 2011
Citação: MIRANDA, J. B. de; SILVA. H. K. P. da; SILVA, E. C. F. da; DUARTE, M. M. M. B. (2011)
Resumo: Os manguezais vêm sofrendo um intenso processo de degradação ambiental, devido ao aumento da carga de efluentes e resíduos lançados sem tratamentos nesses ecossistemas, causando assim sua contaminação, principalmente por metais pesados. A Lagoa do Araçá, formada por um ecossistema de manguezal, situa-se em Recife, Pernambuco-Brasil, faz parte de uma Área de Preservação Ambiental e recebe os efluentes domésticos e industriais do bairro, o que pode estar contaminando a área com metais pesados. Este estudo teve como objetivo realizar uma avaliação preliminar do grau de impactação da Lagoa do Araçá pelos metais pesados Cromo (Cr), Ferro (Fe), Manganês (Mn) e Zinco (Zn). Os resultados obtidos nos sedimentos da lagoa indicaram que os teores de manganês, zinco e cromo apresentaram níveis de concentração acima dos valores utilizados como referência, acima dos valores de referência para solos do estado de São Paulo (CETESB) e dos valores-guia de qualidade de sedimentos do Canadá (CCME). O teor de ferro encontrado nas estações de coleta ficou acima do valor limite estabelecido pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (USEPA). Portanto, os sedimentos da Lagoa do Araçá encontram-se contaminados por cromo, ferro, zinco e manganês, apresentando-se como um importante compartimento acumulador destes metais.
Abstract: The mangroves have been suffering an intense process of environment degradation due to the amount of untreated residues discharged into effluents, principally by trace metals, thus causing contamination. The Araçá Lagoon is formed by a mangrove ecosystem, which is situated at the Recife, Pernambuco, and it is part of an the Environment Preservation Area. However, a number of anthropic activities have been contributing to its environment contamination. Therefore, this research has the objective of making a preliminary assessment of the impact on the Araçá Lagoon by such trace metals as chrome (Cr), iron (Fe), manganese (Mn) and zinc (Zn). In the sediment the manganese, zinc and chrome contents presented concentration levels above the limiting values for soils of Sao Paulo State (CETESB), and quality guides values of sediments in Canada (CCME). The iron content was compared with the limit established by the Environmental Protection Agency of the United States (USEPA) and its concentration in all stations was above the recommended limit value. The Araçá Lagoon sediments presented contamination by chrome, iron, manganese and zinc and thus presents itself as an important local accumulator of these trace metals.
Descrição: MIRANDA, J. B. de et al. Avaliação preliminar das concentrações de metais pesados nos sedimentos da Lagoa do Araçá, Recife, Estado de Pernambuco. Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza, v. 44, n. 2 p.12 - 20, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19234
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_2_art_jbdemiranda.pdf531,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.