Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19243
Título: Avaliação comparativa do processo inflamatório e cicatricial da anastomose por invaginação colo-cólica em comparação à anastomose por sutura manual, plano único: estudo em cães
Título em inglês: Comparative evaluation of healing response between colo-colic invagination anastomosis and single-layer running suture: experimental study in dogs
Autor(es): Nogueira, Miguel Augusto Arcoverde
Orientador(es): Regadas, Francisco Sérgio Pinheiro
Palavras-chave: Cicatrização
Colágeno
Cirurgia Colorretal
Data do documento: 24-Jun-2016
Citação: NOGUEIRA, M. A. A. ; REGADAS, F. S. P. (2016)
Resumo: Neste estudo experimental, foram avaliadas a resposta inflamatória e cicatricial em anastomoses cólicas em cães submetidos com fio de prolene 3.0, sutura contínua comparando-se a anastomose por invaginação colo-cólica em cães. Foram utilizados 2 grupos com 30 animais ( Cannis familiaris ) fêmeas em cada grupo, pesando entre 8,00 e 19,25 kg, obtidos do Canil Municipal de Teresina - Pi. Em ambos os grupos houve preparo intestinal com Glicerina 12% via retal. No Grupo Controle, foram realizadas laparotomias com colotomia transversa a 20 cm da margem anal e anastomose colo-cólica com fio de polipropileno 000, em sutura contínua, extramucosa. Nos animais do grupo Estudo foi realizado anastomose por invaginação colo-cólica contida por quatro pontos de prolene 3.0 nos pontos cardinais. Todos os animais foram avaliados no pós-operatório por Médico Veterinário, alimentaram-se à base de ração padrão e água, ad libitum, instituída quando se observou evacuação. Os animais de ambos os grupos foram submetidos à eutanásia no 7º ( n= 10 ) e 21º ( n= 20 ) DPO, com Cloreto de Potássio 10%, via endovenosa após anestesia com Cloridrato de Cetamina, quando se fez nova laparotomia para exérese do segmento cólico anastomosado para análise histológica e imuno-histoquímica. Avaliou-se aderências abdominais, edema na anastomose, vasoproliferação, concentração de colágenos tipo I e III, óxido nítrico e mieloperoxidase. Realizou-se análise estatística com Test t Student para amostras não pareadas para dados paramétricos e Mann-Whitney test para dados não paramétricos. Durante a realização do experimento não ocorreu óbito em nenhum animal em cada grupo. Não ocorreu diferença estatisticamente significante entre os grupos com relação à presença de aderências intra-abdominais, ao edema na anastomose, a vasoproliferação, colágenos tipo I e III, óxido nítrico e mieloperoxidase no 7º. e 21º. DPO. Conclui-se que o tipo de anastomose não altera o processo inflamatório e cicatricial das anastomoses, sendo a evolução clínica semelhante para ambos os grupos.
Abstract: Objective: Evaluate the healing response of colo-colic invagination anastomosis comparing with single-layer running suture. Methods: Sixty female dogs (Canis familiaris) weighing 8.0-19.5 Kg supplied by a municipal dog pound were randomly distributed in two groups. In Group I (control), the animals were submitted to colo-colic anastomosis with a single-layer running suture (polypropylene thread 000). In Group II (study), the animals were submitted to colo-colic anastomosis by invagination secured by four cardinal sutures (polypropylene thread 000). At the end of the study period, the animals underwent to a second laparotomy to excise the anastomosed colon segment for histological and immunohistochemical analysis. The study parameters included body weight, abdominal adhesions, edema, vasoproliferation, type I and III collagen, myeloperoxidase and nitric oxide. The findings were statistically analyzed with Studentʼs t test (parametric data) and the Mann-Whitney test (non-parametric data). Results: The animals were euthanized with 20% potassium chloride (i.v.) under anesthesia with ketamine. Ten from each group were euthanized on the 7th postoperative day (POD7) and 20 on the 21st postoperative day (POD21). None animal died prior to euthanasia. Body weight was statistically similar in both groups. The median weight was 10.86 Kg, 9.98 Kg in Groups I, II respectively (p=0.41) on POD7 and 11.86 Kg, 11.55 Kg in Groups I, II respectively (p=0.71) on POD21. The abdominal adhesions incidence was statistically similar in both groups, (p=0.7383 on POD7; p=0.5685 on POD21), as well as for the levels of edema (p=0.3006 on POD7; p=0.7990 on POD21), vasoproliferation (p=0.1191 on POD7; p=0.0758 on POD21), type I collagen (p=0.4591 on POD7; p=0.3357 on POD21), type III collagen (p=0.2166 on POD7; p=0.2712 on POD21) and nitric oxide (p=0.3980 on POD7; p=0.4796 on POD21). The myeloperoxidase levels were also statistically similar for both groups (p=0.580 on POD7; p=0.755 on POD21). Conclusion: It was not demonstrated in this experimental sudy any significant difference on healing response between colo-colic anastomosis performed by invagination with single-layer running suture.
Descrição: NOGUEIRA, M. A. A.Avaliação comparativa do processo inflamatório e cicatricial da anastomose por invaginação colo-cólica em comparação à anastomose por sutura manual, plano único: estudo em cães. 2016. 79 f. Tese (Doutorado em Cirurgia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19243
Aparece nas coleções:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_maanogueira.pdf2,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.