Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1925
Título: Caracterização das áreas de pesca artesanal de lagosta na Praia da Redonda, Icapuí - Ce
Autor(es): Almeida, Lorena Galletti de
Orientador(es): Madrid, Raúl Mario Malvino
Palavras-chave: Plataforma continental
Lagosta - pesca - Ceará
Pesca artesanal - Ceará
Data do documento: 2010
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: ALMEIDA, L. G. de
Resumo: A carência de estudos no âmbito da pesca artesanal dificulta, e muitas vezes impede a solução de seus problemas. Pesquisas que visam aprofundar e documentar o conhecimento sobre esta modalidade pesqueira são de grande importância para a manutenção e sobrevivência das comunidades que praticam a pesca artesanalmente. O objetivo principal deste estudo foi caracterizar as áreas de pesca tradicionalmente utilizadas pelos pescadores artesanais da praia da Redonda, Icapuí – CE, para a captura de lagosta, na tentativa de fornecer subsídios para a estruturação e promoção de instrumentos voltados para a melhoria da pesca nesta comunidade. Para tal, os locais de pesca tradicionalmente utilizados pelos pescadores artesanais foram georreferenciados, por meio de saídas de barco guiadas por pescadores experientes da própria comunidade e com a utilização de GPS. Com o auxilio de uma Carta Náutica foram delimitadas as principais áreas de pesca. Foram adquiridos dados batimétricos e sedimentológicos da plataforma continental adjacente à praia da Redonda para a confecção de mapas temáticos. Foi obtida a produção total de lagostas inteiras através do monitoramento de 18 barracões. Realizou-se o acompanhamento do desembarque pesqueiro de 20 embarcações durante três meses. Foram aplicados 104 questionários aos pescadores artesanais na tentativa de avaliar o conhecimento tradicional com relação às áreas de pesca. Por fim, foram obtidos dados ambientais e oceanográficos que influenciam na pesca artesanal na praia da Redonda. No total, foram mapeados 114 pontos de pesca e delimitadas oito áreas principais onde os pescadores artesanais capturam as lagostas: Restinga, Buraco, Bugalhal, Cabeço, Banco, Molhe, Fundo e Risca. Essas áreas encontram-se dentro de uma “zona de pesca” conhecida como Mar da Redonda. Com exceção da área de pesca denominada Risca, que se localiza entre as profundidades de 18 a 30 metros, todas as outras áreas estão entre 09 e 16 metros de profundidade. A distância média em relação à linha de costa variou de 14 a 38 km. A maior área de pesca é a Risca com 109,5 km2 e a menor é o Molhe com 31,8 km2. Todas as áreas de pesca estão inseridas sobre o substrato bioclástico. Este tipo de sedimento ocorre desde a profundidade de dois até acima dos 30 metros. As entrevistas mostraram que pescadores artesanais possuem um conhecimento detalhado sobre o substrato das áreas de pesca. Em 2009 foram capturados 56.506,9 kg de lagostas inteiras na praia da Redonda, com a maior produção na área denominada Cabeço. Os pescadores preferem pescar em áreas mais próximas à costa, mas não deixam de frequentar as áreas mais distantes. A direção e a velocidade do vento influenciam na escolha da área de pesca a ser explorada atuando na delimitação dos espaços para a exploração do recurso. As correntes e marés influenciam na produção de lagosta podendo ocorrer alternâncias entre períodos mais produtivos e menos produtivos
Abstract: The lack of studies about artisanal fisheries difficult and often prevents the solution of their problems. Researches aiming at enhancing and documenting the knowledge about this kind of fisheries are of great importance for the maintenance and survival of communities engaged in artisanal fishing. The main objective of this study was to characterize the fishing grounds traditionally used by artisanal fishermen of Redonda‟ beach, Icapuí – CE, to catch lobster, in an attempt to provide tools for structuring and promoting instruments aimed at improving the fishing in this community. The main fishing sites traditionally used by artisanal fishermen were georeferenced by boat trips led by experienced fishermen of the community and with the use of GPS. The main fishing areas were delimited with the support of a Nautical Chart. Bathymetric and sedimentological data of the continental shelf adjacent to Redonda‟s beach were acquired to create thematic maps. The total production of whole lobster was obtained by monitoring 18 barracões. The fishing landing of twenty boats was monitored along three months. 104 questionnaires were applied to the artisanal fishermen in an attempt to assess the traditional knowledge in relation to fishing areas. Finally, was obtained oceanographic and environmental data that influence the fishing activity at Redonda‟s beach. In total, 114 fishing sites were mapped and eight main areas where fishermen catch lobster were delimited: Restinga, Buraco, Bugalhal, Cabeço, Banco, Molhe, Fundo and Risca. These areas are within a "fishing zone" known as the Sea of Redonda. With the exception of the fishing area called Risca, which is located between the depths of 18-30 meters, all other areas are between 9 and 16 meters deep. The mean distance to the shoreline ranged from 14 to 38 km. The major fishing area is Risca with 109.5 km2 and the smallest is Molhe with 31.8 km2. All fishing areas are inserted on the bioclastic substrate. This type of sediment occurs from a depth of two to over 30 meters. The interviews showed that fishermen have a detailed knowledge about the substrate of fishing areas. In 2009 was caught 56506.9 kg of whole lobsters at Redonda‟ beach, with the highest production in the area called Cabeço. The fishermen prefer to fish in areas closer to the shore, but do not avoid going to the outer areas. The speed and wind direction influence the choice of fishing areas to be explored acting in the designation of spaces for resource exploitation. The currents and tides influence the production of lobster, and may occur alternations between more productive and less productive periods
Descrição: ALMEIDA, Lorena Galletti de. Caracterização das áreas de pesca artesanal de lagosta na Praia da Redonda, Icapuí - Ce. 2010. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1925
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_lgdealmeida.pdf3,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.