Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19281
Título: Padrão de colonização micorrízica arbuscular em plantas de acerola, milho e feijão
Título em inglês: Standard colonization arbuscular mycorrhizal in plants barabdos cherry, corn and cowpea bean
Autor(es): Silva Júnior, José Maria Tupinambá da
Orientador(es): Mendes Filho, Paulo Furtado
Palavras-chave: Microbiologia agrícola
Malpighia emarginata D.C.
Agricultura familiar
Vigna unguiculata (L.)
Zea mays
Data do documento: 2016
Citação: SILVA JÚNIOR, J. M. T. (2016)
Resumo: Aprimorar tecnologias que buscam a redução do uso de fertilizantes fosfatados é essencial, considerando que grande parte dos solos brasileiros possui baixa disponibilidade de fósforo (P), acabando por limitar o crescimento das plantas e gerando uma dependência elevada de adubos fosfatados. O uso de micro-organismos, como os fungos micorrízicos arbusculares (FMA), que se associam com a maioria das espécies vegetais é uma alternativa viável principalmente pelos efeitos benéficos desses fungos para o crescimento das plantas, como maior absorção de nutrientes, notadamente o P. A associação entre FMA e plantas frutíferas ou anuais poderá fomentar a produtividade dessas espécies, além de reduzir o consumo de adubos fosfatados. Com o intuito de avaliar se diferentes manejos impostos ao sistema solo planta podem alterar o padrão de colonização micorrízica arbuscular em plantas cultivadas foram realizados dois estudos, o primeiro em áreas de agricultores familiares que cultivam acerola e residem em Maranguape-Ce. O segundo estudo, foi conduzido em casa de vegetação e no Laboratório de Microbiologia do Solo pertencente ao Departamento de Ciências do Solo da Universidade Federal do Ceará, com plantas de feijão de corda e milho adubadas com doses crescentes de P. Na primeira pesquisa, o padrão morfológico Paris, com a presença de hifas intracelulares e vesículas, foi observado em todas as áreas coletadas. Com a extração de esporos de FMA do solo, a predominância dos gêneros, Glomus sp. e Scutelospora sp, foi constatada nas quatro áreas em que foram coletadas amostras de solo. Na pesquisa conduzida em casa de vegetação, observou-se que o crescimento do feijão de corda e do milho foi favorecido pela adubação fosfatada até a dose 150 mg P kg-1 solo e 120 mg P kg-1 solo, respectivamente. A colonização micorrízica foi diminuída pelas maiores doses de P adicionados ao solo e o padrão morfológico de colonização micorrízica intermediário foi observado nas duas espécies vegetais, não ocorrendo influência da adubação fosfatada sobre sua morfologia. Além disso, foram identificados até quinze morfotipos de espécies de FMA no solo cultivado com feijão de corda ou milho.
Abstract: Improve technologies that seek to reduce the use of phosphate fertilizers is essential, considering that most Brazilian soils have low availability of phosphorus (P), ultimately limit the growth of plants and generating a high dependence of phosphate fertilizers. The use of microorganisms as the arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) which are associated with the majority of plant species is now a viable alternative, mainly by beneficial effects of these fungi for plant growth such as increased absorption of nutrient, especially, P. Association between AMF and fruit or annual plants can enhance productivity of these species, in addition to reducing the consumption of phosphate fertilizers. So to evaluate the morphological pattern of colonization by AMF, two studies were conducted, the first in areas of family farmers who grow acerola and reside in Maranguape-Ce. The second study was conducted in a greenhouse and in Soil Microbiology Laboratory of the Department of Soil Science of the University Federal of Ceará, with cowpea plants and corn fertilized with increasing doses of P. In the first survey, Paris morphology, the presence of intracellular vesicles and hyphae was observed in all areas collected. With the extraction of soil AMF spores, the predominance of genres, Glomus sp. and Scutelospora sp, was found in the four areas where soil samples were collected. In research conducted in the greenhouse, it was observed that the growth of the cowpea and corn was favored by phosphorus fertilization to dose 150 mg P kg-1 soil and 120 mg P kg-1 soil, respectively. The mycorrhizal colonization was reduced by higher doses of P added to the soil and the morphology of mycorrhizal colonization intermediate was observed in both species, not occurring influence of phosphorus fertilization on their morphology. In addition, they identified up to fifteen morphotypes especeis AMF in the soil cultivated with cowpea or corn.
Descrição: SILVA JÚNIOR, José Maria Tupinambá da. Padrão de colonização micorrízica arbuscular em plantas de acerola, milho e feijão. 2016. 133 f. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19281
Aparece nas coleções:PPGASNP - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_tese_jmtsilvajúnior.pdf3,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.