Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19289
Título: Respostas do feijão-caupi à diferentes lâminas de irrigação com água salina e doses de biofertilizante
Título em inglês: Answers of cowpea to different irrigation with water saline and doses biofertilizer
Autor(es): Silva, Weslley Costa
Orientador(es): Oliveira, Alexandre Bosco de
Coorientador(es): Ferreira, Leonardo Elias
Palavras-chave: Vigna unguiculata (L.) Walp
Manejo de água
Matéria orgânica
Salinidade
Data do documento: 2016
Citação: SILVA, W. C. (2016)
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar as respostas do feijão-caupi (Vigna Unguicullata L. Walp) produzido sob efeito de diferentes lâminas de irrigação com água salina e doses de biofertilizante líquido. Para isso realizou-se este experimento em uma área experimental do Instituto Federal do Ceará, localizado no município de Umirim - CE com a cultivar de feijão-caupi “BRS Pujante”. O experimento obedeceu ao delineamento em blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, totalizando dezesseis tratamentos e quatro repetições. As parcelas consistiram na aplicação de 4 diferentes lâminas de irrigação com água salina (75; 100; 125 e 150% da evapotranspiração da cultura - ETc) e as subparcelas diferentes doses de biofertilizante bovino (0; 60; 120 e 180 ml/planta). Para realização da irrigação foi utilizado um sistema por gotejamento. A água utilizada foi classificada como C4S1 e possui condutividade elétrica de 3,81 dS.m-1. O biofertilizante foi preparado em sistema aeróbico, utilizando água e esterco bovino fresco nas proporções de 1:1. As doses utilizadas foram parceladas em três aplicações, sendo estas realizadas aos 10, 40 e 70 dias após a semeadura – DAS. Aos 15, 45 e 75 DAS, foram analisados o índice de clorofila A e B e trocas gasosas em plantas de feijão-caupi, e ao final do experimento o crescimento, os componentes produtivos e produção de grãos por planta. Os resultados obtidos foram submetidos a análise de variância pelo teste F e feito o teste de Tukey e análise de regressão. Os resultados demonstraram interação significativa entre os fatores, obtendo respostas significativas aos 75 DAS para o índice de clorofila A. Para as trocas gasosas, a dose 120 ml/planta de biofertilizante foi a que melhor interagiu com as lâminas de irrigação aos 15 e 45 DAS. Aos 75 DAS a lâmina de irrigação foi significativa, ajustando-se ao modelo linear para a fotossíntese e condutância estomática e quadrática para a concentração de interna de CO2 e transpiração. Para o crescimento, o aumento da lâmina de irrigação proporcionou aumento para a matéria seca total e área foliar, sendo observado respectivamente, acréscimo de até 32,42 e 64%. O aumento da dose de biofertilizante proporcionou incremento ao número de folhas, ajustando-se ao modelo quadrático e atingindo ponto máximo sobre a dose de 80 ml/planta. Quanto a produção de grãos secos, a interação entre os fatores se mostrou significativa, apresentando maiores médias sob a lâminas de 100% da ETc e atingindo uma produção de 23,76 e 23,07 g sob as doses de 0 e 60 ml/planta de biofertilizante, respectivamente. Desta forma à aplicação de diferentes lâminas de irrigação respondeu de forma significativa a cultura, sendo observados maiores valores quando aplicado lâminas acima de 100% da ETc. Para o biofertilizante sua aplicação não respondeu de forma significativa as variáveis analisadas.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the responses of cowpea (Vigna Unguicullata L. Walp) produced under the effect of different irrigation with saline water and liquid biofertilizer doses. Held this experiment in an experimental area Federal Institute of Ceará, located in the municipality of Umirim - CE with the cultivar of cowpea “BRS Pujante”. The experiment obeyed in a randomized block, in a split plot, totaling sixteen treatments and four repetitions. The plot consisted application of four different irrigation water with saline water (75; 100; 125 and 150% of crop evapotranspiration - ETc) and the subplots consisted of four different biofertilizer doses (0; 60; 120 e 180ml/plant). To perform irrigation was using a system drip. The water utility is classified as C4S1 and has electrical conductivity 3.81 dS.m-1. The biofertilizer was prepared in aerobic system, using water and cattle manure in the proportions of 1:1. The doses used were divided in three applications, this being performed at 10, 40 and 70 days after sowing – DAS. To 15, 45 and 75 DAS, they were analyzed chlorophyll content A e B and gas exchange in plants of cowpea, and the end of the experiment the growth, productive components and grain yield per plant. The results were subjected to the analysis of variance by F and their means compared by test Tukey and regression analysis. The results showed significant interaction between factors, getting meaningful answers to 75 DAS for the chlorophyll A. For gas exchange dose 120ml / bio-fertilizer plant was the best interacted with the laminae to 15 and 45 DAS. To 75 DAS the water depth was significant, adjusting the linear model for photosynthesis and stomatal conductance and quadratic for the concentration internal CO2 and transpiration. For growth , the increase in water depth provided to increase dry matter and total leaf área, being observed respectively adding up 32,42 and 64%. The increase of biofertilizer dose provided increment the number of sheets , fitting the quadratic model and reaching peak on the dose of 80 ml/plant. The production of dry grains , the interaction between the factors was significant , with higher averages in the blades of 100% of ETc and reaching a production of 23.76 and 23.07 g under the doses of 0 and 60 ml/plant of biofertilizers, respectively. Thus the application of different irrigation responded significantly culture , observed higher values when applied blades above 100 % of the ETc. For biofertilizers its application did not respond significantly the variables analyzed.
Descrição: SILVA, Weslley Costa. Respostas do feijão-caupi à diferentes lâminas de irrigação com água salina e doses de biofertilizante. 2016. 71 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)- Universidade Federal do Ceará, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19289
Aparece nas coleções:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_wcsilva.pdf1,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.