Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19314
Título: Raízes da cura: os saberes e as experiências dos usos de plantas medicinais pelas Meizinheiras do Cariri cearense
Autor(es): Araújo, Bruna Dayane Xavier de
Orientador(es): Sampaio, José Levi Furtado
Palavras-chave: Plantas medicinais
Território
Memória
Saber popular
Saúde popular
Data do documento: 2016
Citação: ARAÚJO, B. D. X. (2016)
Resumo: A presente pesquisa debruçou-se sobre as práticas de saúde e de cuidado realizadas no território do Cariri cearense, região de chapada e vale que acolhe a Floresta Nacional do Araripe, de vasta biodiversidade de flora e fauna e que possui particularidades em relação à construção de saberes gestados na confluência de matrizes indígenas, europeias e africanas. Este estudo analisou as estratégias das práticas de saúde desenvolvidas pelo grupo de mulheres Meizinheiras do Pé da Serra, localizado na comunidade Chico Gomes, Crato, município pertencente à região do Cariri cearense. As meizinheiras materializam os saberes sobre plantas medicinais e realizam uma alquimia de remédios caseiros, os quais são utilizados no cuidado de seus corpos, de suas famílias e da comunidade. Desse modo, nas atividades cotidianas, elas reconstroem um saber que vem sendo repassado por gerações ao longo do tempo. Para a análise desse processo foi realizado levantamento bibliográfico, pesquisa documental e trabalho de campo, por meio de registros fotográficos, de áudio, vídeo e entrevistas que tiveram o intuito de captar narrativas de vida e participação nas atividades no cotidiano do grupo. A partir da imersão nesses processos, foi possível compreender a experiência do cultivo e uso de plantas que curam e de que maneiras isso reverbera na vida das participantes. As categorias analíticas que perpassam a pesquisa são: Território, Saúde e Memória. O território material e imaterial ecoa na vida dessas pessoas, ao mesmo tempo em que elas imprimem suas marcas no território, compondo o cenário do mesmo. Essas mulheres constroem uma concepção integrativa de saúde que acolhe as dimensões física, emocional, espiritual e social. Elaboram alternativas terapêuticas à biomedicina, que nem sempre atende às demandas de saúde local. Os saberes de que são portadoras apresentam-se como emblema da memória individual e coletiva e, sobretudo, dos conhecimentos populares locais. Os encontros do grupo fortalecem uma consciência política, cultural e ambiental, gerando empoderamento diante das relações vivenciadas no espaço, especialmente em seus contextos de mulheres agricultoras, e ampliam as concepções de mundo delas. Contudo, para criarem raízes mais profundas é preciso um diálogo efetivo com os jovens, a fim de que eles deem continuidade à transmissão desses legados; uma aproximação com o sistema oficial de saúde e o fortalecimento dos encontros das meizinheiras do Chico Gomes com as demais meizinheiras da região, para que juntas construam uma rede que viabilize os debates e reflexões, aperfeiçoando os saberes e processos de difusão, tornando, assim, as práticas tradicionais de saúde cada vez mais atuais.
Abstract: The present research takes course through cure practices that were performed in the territory of the Cariri, of Ceará state. A zone of clearing and valley that welcomes the Araripe National Forest of a wide biodiversity of flora and fauna and that possesses particularities for the construction of therapeutic knowledge created in the confluence of indigenous, European and African matrices. This study seeks to know the strategies in reference of health practices developed by the group of the women, Meizinheiras do pé da serra, located in Chico Gomes' community in Crato, county that belongs to the region of the cearense Cariri. The Meizinheiras materialize the knowledge on healing plants and accomplish an alchemy of homemade medicines which are used in the care of their bodies, their families and the community. This way, in everyday activities they reconstruct a knowledge that has been passed through generations over the years. For the analysis of this process is proposed a qualitative research conducted in fieldwork in which were realized photographic, audio and video records, and also interviews that had the intention of collecting the narratives of the lives of the group and the participation in their daily activities. From the immersion on these processes and reflections, it was possible to comprehend the experience on the cultivation and useof healing plants and in which ways that reverberatesin the lives of the participants. The analytical categories that run through the research are: territory, health and memory. The material and immaterial territory echoes in the life of these people, at the same time that they imprint their marks in the territory composing the scenery of it. Thesewomen construct a conception of health from the confluence of physical, emotional and spiritual dimensions. They elaborate therapeutic alternatives to biomedicine which is not always available to attend the demand of the local health. This way, to understand the processes through which these particular conceptions of health are elaborated by the meizinheiras, they present to us a definitive element for a reflection about the intimate relation they establish with the territory. The therapeutic knowledge which they carry presents themselves as a symbol of individual and collective memory and mainly of the local popular knowledge, that is gathered and passed on from generation to generation. The encounters of the group strengthen a political, cultural and environmental conscience generating empowerment against the lived relations in the space, especially in their context of farmer women, and amplify the conceptions of their world. However in order to create deeper roots is needed a more effective dialog with the young people, for them to carry on the propagation of these legacies; an approach to the health system and the strength of the meetings of Chico Gomes’ meizinheiras with others meizinheiras from the region, so that together they construct a network that enables debates and reflections, perfecting the knowledge and processes of diffusion, therefore making more contemporary the traditional practices of health.
Descrição: ARAÚJO, Bruna Dayane Xavier de. Raízes da cura: os saberes e as experiências dos usos de plantas medicinais pelas Meizinheiras do Cariri cearense. 2016. 164 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente)-Universidade Federal do Ceará, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19314
Aparece nas coleções:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_bdxaraujo.pdf8,95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.