Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19370
Título: Avaliação da funcionalidade pulmonar de trabalhadores expostos a produtos químicos em oficinas automotivas
Título em inglês: Evaluation of the pulmonary functionality of exposed workers to chemicals products in automotive workshops
Autor(es): Chaves, Thiago José Vieira
Orientador(es): Moraes, Maria Elisabete Amaral de
Palavras-chave: Saúde do Trabalhador
Benzeno
Espirometria
Data do documento: 15-Jan-2016
Citação: CHAVES, T. J. V. ; MORAES, M. E. A. (2016)
Resumo: Os trabalhadores de oficinas automotivas estão inclusos nas populações expostas a riscos ocupacionais, já que um conjunto importante de doenças, lesões e mortes tem origem no ambiente de trabalho. O uso de hidrocarbonetos aromáticos como o benzeno, que é utilizado em pintura automotiva, com o uso indevido dos equipamentos de segurança – EPI (equipamento de proteção individual) podem apresentar riscos à saúde. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a função pulmonar dos trabalhadores de oficinas automotivas expostos ao benzeno e seus derivados em processos de pintura na cidade de Teresina – PI. Uma das formas de monitorização e acompanhamento é o exame de espirometria, exame padrão ouro para avaliação da funcionalidade pulmonar, além da presença de sistemas de ventilação e exaustão nas oficinas automotivas e contínuos treinamentos para correta identificação e utilização dos equipamentos de segurança, em programa de monitoramento da qualidade do ambiente de trabalho. Este trabalho foi realizado com um total de 80 sujeitos, tendo um grupo controle com 40 trabalhadores não expostos ás substâncias químicas e um grupo teste com 40 trabalhadores expostos ás substâncias químicas, distribuídos em 7 oficinas automotivas. O trabalho mostra que não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos controle e teste nas oficinas automotivas em Teresina- PI. Todos os locais de trabalho possuíam sistemas de ventilação e exaustão, mas a maioria dos trabalhadores afirmou não ter conhecimento do correto uso e forma de guardar os EPI´s. Entretanto foi observada uma correlação positiva, pelo teste exato de Fisher, para problemas respiratórios em quem trabalhava 5 anos ou mais em oficinas automotivas (p< 0,02), e concomitantemente fumava 10 cigarros por dia a mais de 10 anos (p<0,01). Podemos concluir que há necessidade da elaboração de programa de monitorização do ambiente de trabalho e acompanhamento dos trabalhadores, do ponto de vista da saúde do trabalhador.
Abstract: Automotive workshops’ workers are included in the exposed populations to occupational hazards as an important set of diseases, injuries and deaths of workers comes from the desktop. The use of aromatic hydrocarbons such as benzene, which is used for automotive paint, with the improper use of safety equipment may result in health risks. In this context, the objective of this work is evaluate the pulmonary functionality of exposed workers to Benzene and Benzene’s derivatives during automotive paint in automotive workshops on Teresina – Piauí. One way to monitor and follow is using the spirometry exam, the best exam to evaluate the pulmonary functionality. Moreover, ventilation and exhaustion systems in the automotive workshops and persistent trainings for the correct identification and utilization of the safety equipament, with the monitoring program of the quality in the desktop. This work was performed with 80 workers, of which 40 workers were destined to the control group of workers not exposed to chemical substances and 40 workers were destined to the test group of workers exposed to chemical substances, distributed in 7 automotive workshops. This present work evidence that was not observed statically significant difference between control group and test group in automotive workshops on Teresina – Piauí. All the automotive workshops had ventilation and exhaustion systems, but the most of the workers said that they don’t know about the corrects use and save the safety equipments. However, was observed a positive correlation (Fisher Test) with respiratory problems, who worked 5 years or more in automotive workshops and smoking (10 cigarettes/day) for 10 years. We can conclude the necessity to elaborate a monitoring program of the automotive workshops and be alert about the workers’ health.
Descrição: CHAVES, T. J. V. Avaliação da funcionalidade pulmonar de trabalhadores expostos a produtos químicos em oficinas automotivas. 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19370
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_tjvchaves.pdf1,99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.