Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19437
Título: Efeito antioxidante e gastroprotetor de uma fração polissacarídica sulfatada isolada da alga vermelha Solieria filiformis
Título em inglês: Antioxidant and gastroprotective effect of a sulfated polysaccharide fraction isolated from red alga Solieria filiformis
Autor(es): Sousa, Willer Malta de
Orientador(es): Freitas, Ana Lucia Ponte
Palavras-chave: Bioquímica
Solieriacea
Polissacarídeos
Glutationa
Atividade antioxidante
Solieriacea
Data do documento: 2015
Citação: SOUSA, W. M. (2015)
Resumo: As algas marinhas vermelhas são consideradas uma rica fonte de moléculas bioativas, com inúmeras propriedades farmacológicas descritas na literatura científica. Neste trabalho a alga marinha vermelha Solieria filiformis foi submetida a uma extração enzimática com papaína para obtenção de uma fração polissacarídica sulfatada (PLS). O material extraído foi submetido a testes espectrofotométricos de composição química, apresentando alto grau de pureza, com teor de sulfatação elevado (1,08). Também foi realizada a caracterização química estrutural através da análise por espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier e por ressonância magnética nuclear de próton 1H e carbono 13C, permitindo concluir que a fração PLS é classificada como uma iota-carragenana. A massa molar média do PLS (210,9 kDa) foi verificada através da Cromatografia por Permeação em Gel (GPC), mostrando um sistema homogêneo. Foram realizados, in vitro, testes antioxidantes (sequestro do radical DPPH, quelação do íon ferroso e capacidade antioxidante total) da fração PLS em várias concentrações (0,025, 0,050,0,1, 0,5, 1,0, 2,0 e 4,0 mg/mL), utilizando como controle o BHT e EDTA nas concentrações de 2 mg.mL-1 e 4 mg.mL-1, respectivamente. O PLS apresentou uma IC50 de 1,77 mg/mL no sequestro do radical DPPH e na atividade antioxidante total a IC50 encontrada foi de 2,01 mg/mL, enquanto que a capacidade quelante de ferro foi de aproximadamente 39% na dose de 4 mg/mL. Avaliou-se também o efeito protetor do PLS contra lesões gástricas induzidas por etanol, com posterior dosagem de marcadores bioquímicos, nos quais incluem glutationa (GSH), malondialdeído (MDA) e hemoglobina (Hb). O efeito gastroprotetor do PLS ocorreu de maneira dose dependente, com melhor resposta na dose de 10 mg/Kg. Os níveis de GSH permaneceram elevados no grupo tratado com o PLS, com diminuição significativa das concentrações de MDA, sugerindo que a propriedade gastroprotetora se deve, pelo menos em parte, às propriedades antioxidantes pela inibição de radicais livres e da peroxidação lipídica, além de reduzir os níveis de Hb, sugerindo redução nas lesões hemorrágicas causadas pelo etanol. Os resultados encontrados, mostram potencial para o PLS da alga Solieria filiformis ser utilizado futuramente como um composto gastroprotetor, devido a sua atividade antioxidante.
Abstract: The red marine algae are considered a rich source of bioactive molecules with numerous pharmacological properties described in the scientific literature. In this study the red marine algaSolieria filiformis was subjected to extraction with papain enzyme to obtain a sulfated polysaccharide (PLS). The extracted material was submitted to spectrophotometric test of chemical composition having high purity with high quantity of sulfation (1,08). Moreover, a chemical structural characterization by Fourier transformer infrared spectroscopy and by nuclear magnetic resonance spectroscopy of 1H proton and 13C carbon was applied, bringing a conclusion where the PLS is classified as a iota-carrageenan. The average molecular weight (210.9 kDa) was verified through Gel Permeation Chromatography (GPC) showing a homogeneous system. Were performed in vitro tests antioxidants (Scavenging of free radical DPPH, chelating ferrous ability and total antioxidant capacity) of fraction PLS in various concentrations (0.025, 0.050, 0.1, 0.5, 1.0, 2.0 and 4.0 mg.mL-1), using as control BHT and EDTA in concentrations of 2.0 and 4.0 mg.mL-1, respectively. The PLS showed an IC50 of 1.77 mg.mL-1 in scavenging of DPPH and total antioxidant capacity an IC50 found was of 2.01 mg.mL-1, while the iron chelator capacity was approximately 39% at a dose of 4mg.mL-1. Futhermore, the protective effect of PLS against ethanol-induced gastric lesions with subsequent dosage of biochemical markers, which include the glutathione (GSH), malondialdehyde (MDA) and hemoglobin (Hb).The gastroprotective effect of PLS with dose dependent manner, with better response at a dose of 10 mg.Kg-1. GSH levels remained high in the treated group with PLS, with significant reduction of MDA concentration, suggesting that the gastroprotective property is partly due to the antioxidant properties by inhibition of free radicals and lipid peroxidation. In addition to reducing the levels of Hb, it suggests a reduction in haemorrhagic lesions caused by ethanol. The results obtained from this research show potential for PLS of seaweed Solieria filiformisbe used in future as a gastroprotective compound due to its antioxidant activity.
Descrição: SOUSA, Willer Malta de. Efeito antioxidante e gastroprotetor de uma fração polissacarídica sulfatada isolada da alga vermelha Solieria filiformis. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado em bioquímica)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19437
Aparece nas coleções:DBBM - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_wmsousa.pdf1,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.