Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19484
Título: A Família “Os Poderosos e As Poderosas”: percursos juvenis entre o WhatsApp e a Praça
Título em inglês: The Family Os Poderosos e As Poderosas: youth pathways between WhatsApp and Square
Autor(es): Oliveira, Amanda Nogueira de
Orientador(es): Barbalho, Alexandre Almeida
Palavras-chave: Família e sociedade
Diálogo em família
WhatsApp (Rede social on-line)
Sociability
Family
Data do documento: 2016
Citação: Oliveira, A. N.; Barbalho, A. A. (2016)
Resumo: Em meio ao espaço urbano de Fortaleza (CE), diversos adolescentes e jovens constroem diferentes tipos de sociabilidades. Com o uso crescente de tecnologias móveis de informação e comunicação, especialmente o celular, novos âmbitos são criados, assim como construídas novas formas de interação. O presente texto dissertativo traz os percursos de uma pesquisa etnográfica, produzida de forma virtual e no âmbito da rua, com o objetivo de investigar, no campo da sociabilidade, como são tecidos os vínculos entre adolescentes e jovens integrantes de um grupamento autodenominado “família Os Poderosos e As Poderosas” a partir do uso que tecem do WhatsApp e das praças – localizadas na Secretaria Regional VI – do bairro da Sapiranga, onde semanalmente marcam encontros. Para tanto, a pesquisadora esteve inserida na família poderosa durante cerca de dez meses, no ano de 2015, interagindo com seus integrantes, realizando entrevistas, diários de bordo, registros fotográficos nos encontros marcados nas praças, além de sua permanência total em grupos do WhatsApp criados pela família poderosa com o intuito de organização e interação dos participantes do grupamento. Tais tipos de grupamento mantêm diretoria definida, normas de conduta e uma quantidade intensa de territórios de sentidos onde perpassam a amizade, sua caracterização como família, romances e rivalidades, sendo tais relações construídas cotidianamente a partir da convergência entre o celular e a praça como polos de encontro, lazer, afetos e, também, crises e desfazimentos de vínculos. Os percursos delineados nesta pesquisa investigaram como se dão essas relações, seus deslocamentos e rupturas. Durante todo o texto dissertativo, a autora manteve diálogo com a teoria do Ator-Rede, a partir de autores como Latour (2012) e Lemos (2014); dialogou sobre os procedimentos metodológicos utilizados durante a pesquisa, com Margulis (2009), Magnani (2012), Peirano (1995), Polivanov (2013), dentre outros autores; trouxe elementos sobre corpo e sensorialidade com Sibilia (2014), Sennett (2003) e Schutz (1979); abordou a discussão sobre sociabilidade a partir Santaella (2013) e, especialmente, Simmel (1983); retomou Simmel (2001), ao discutir sobre família, abordando o conceito de amizade com Rezende (2002); dentre outras categorias essenciais.
Abstract: Amidst the urban area of Fortaleza (CE), many adolescents and youths construct different types of sociability. With the increasing use of mobile information and communication technologies, especially mobile, new areas are created as well as built new forms of interaction. This argumentative text brings the paths of ethnographic research, produced in virtual form and under the street, in order to investigate in the field of sociability, as are woven links between adolescents and young members of a self-styled grouping "family Os Poderosos e As Poderosas" from the use of WhatsApp and weaving of the Sapiranga neighborhood squares - located in the Regional Secretariat VI - where weekly meetings mark. Therefore, the researcher was inserted into the powerful family for about ten months in 2015, interacting with its members, conducting interviews, diaries edges, photographic records in the meetings scheduled in the streets, and their total stay in WhatsApp groups created by the powerful family with the organization of development and interaction of the participants of the grouping. Such groups maintain defined board, rules of conduct and an intense amount of senses territories where pervade friendship, its characterization as a family, romances and rivalries, and such relationships built daily from the convergence between the mobile and the square as poles of meeting, leisure, affection and also crises and undoings links. The routes outlined in this research investigated how these relationships occur, their shifts and breaks. Throughout the argumentative text, the author maintains dialogue with Actor-Network Theory, from authors such as Latour (2012) and Lemos (2014); dialogues on the methodological procedures used during the research, with Margulis (2009), Magnani (2012), Peirano (1995), Polivanov (2013), among other authors; brings elements of body and sensuousness with Sibilia (2014), Sennett (2003) and Schutz (1979); addresses the discussion of sociability from Santaella (2013) and especially to Simmel (1983); resumes Simmel (2001), to discuss family, addressing the concept of friendship with Rezende (2002); among other key categories.
Descrição: OLIVEIRA, Amanda Nogueira de. A Família “Os Poderosos e As Poderosas”: percursos juvenis entre o WhatsApp e a Praça. 2016. 149f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19484
Aparece nas coleções:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_anoliveira.pdf4,97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.