Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19494
Título: Meu prazer agora é um risco: sentidos sobre sexualidade entre jovens de um grupo sobre saúde
Título em inglês: Now my pleasure is risk: senses about sexuality among young members of a health group
Autor(es): BARROS, João Paulo Pereira
COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues
Palavras-chave: Sexualidade
Juventudes
Risco
Sexuality
Youths
Risk
Data do documento: 2013
Editor: Fractal: Revista de Psicologia
Citação: BARROS, J. P. P.; COLAÇO, V. F. R. (2013)
Resumo: A sexualidade assumiu a condição de centralidade subjetiva pelo entrecruzamento de diversos demarcadores da Modernidade, como a legitimação do saber-verdade da ciência, a afirmação da individualidade e a institucionalização dos segmentos infanto-juvenis. Partindo dessa premissa, este artigo analisa sentidos produzidos por jovens sobre “sexualidade” em um grupo de discussão sobre saúde, com base em uma pesquisa-intervenção operacionalizada por observações-participantes e pela formação de oficinas sobre saúde, em uma escola pública de Fortaleza. Acerca dos sentidos sobre “sexualidade”, as articulações entre “sexualidade” e “risco” se sobressaíram em relação às conexões entre “sexualidade” e “prazer”. Isso sugere a força de um viés educativo baseado na scientia sexualis, aludido por Michael Foucault, operando com uma visão normativa-prescritiva da sexualidade, reiterando-a, mediante o signo da “prevenção”, como tecnologia de governo. Usando como ferramenta o conceito de biopolítica, aponta-se que tais questões remetem à instalação de um paradigma de “gestão do risco” na contemporaneidade.
Abstract: Sexuality assumed the centrality of subjective condition by crossing various paths of modernity, as the legitimization of knowledge-true science, affirmation of individuality and the institutionalization of children and youth segments. From this premise, this article analyzes meanings produced by young people about “sexuality” in a discussion group about health, based on a research-intervention observations operationalized by-participants and training workshops on health, in a public school in Fortaleza. About the meanings of “sexuality”, the joints between “sexuality” and “risk” stood out in relation to the connections between “sexuality” and “pleasure”. This suggests the strength of a bias based on educational scientia sexualis alluded to by Michael Foucault, operating with a normative-prescriptive view of sexuality, reiterating it by the sign of “prevention” as a technology of government. Using tools like the concept of biopolitics, pointing out that such issues relate to the installation of a paradigm of “risk management” nowadays.
Descrição: BARROS, João Paulo Pereira; COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues. Meu prazer agora é um risco: sentidos sobre sexualidade entre jovens de um grupo sobre saúde. Fractal: Revista de Psicologia, Niterói, v. 25, n. 1, p. 59-80, jan./abr. 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19494
ISSN: 1984-0292 (online)
0104-8023 (impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_vfrcolaço.pdf432,75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.