Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19512
Título: Resíduos bíblicos na poesia colonial brasileira
Título em inglês: Biblical residues in Brazilian colonial poetry
Autor(es): PONTES, Roberto
SOARES, Jéssica Thais Loiola
Palavras-chave: Persuasão
Diabo
Residualidade
Data do documento: 2014
Editor: Revista de Humanidades
Citação: PONTES, R.; SOARES, J. T. L. (2014)
Resumo: O Diabo sempre foi alvo de inquietações, porque sua figura passou por muitas modificações no decorrer dos tempos. Tendo como base, em geral, o texto bíblico, a interpretação acerca do Diabo foi diferente em cada momento histórico. Porém, a noção de um mal, por vezes personificado na personagem do Diabo, mantém-se até os nossos dias. Nesta breve análise, deter-nos-emos sobre os resíduos do imaginário diabólico bíblico em torno da persuasão, desvinculados da ideologia maligna comumente relacionada com o Diabo, encontrados na poesia sacra de Gregório de Matos e em Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga, poetas do período colonial brasileiro. Para tanto, faremos uso da Teoria da Residualidade (PONTES, 1999), segundo a qual nada é original na cultura e na literatura, mas, pelo contrário, tudo remanesce de outros tempos e espaços. Assim, pretendemos demonstrar que a essência da persuasão diabólica bíblica, isto é, o resíduo, permanece, o que demonstra que as culturas e, especificamente, as literaturas, estão em contínuo processo de entrecruzamento.
Abstract: The Devil has always been the subject of concerns, because its figure has undergone many changes throughout the ages. Based, in general, on the biblical text, the interpretation of the Devil was different in each historical moment. However, the notion of an evil, sometimes personified in the character of the Devil, remains to this day. In this brief analysis, we will focus on the residues of biblical devilish imagery around persuasion, separated from the evil ideology often associated with the Devil, found in the sacred poetry of Gregorio de Matos and in Marilia de Dirceu, by Tomás Antônio Gonzaga, poets of the Brazilian colonial period. To do so, we will use the Theory of Residuality (PONTES, 1999), according to which nothing is unique in culture and literature, but rather, all remains of other times and spaces. Thus, we intend to demonstrate that the essence of the biblical devilish persuasion, in other words, the residue, remains, which shows that the cultures, and specifically the literature, are in continuous intertwining process.
Descrição: PONTES, Roberto; SOARES, Jéssica Thais Loiola. Resíduos bíblicos na poesia colonial brasileira. Revista de Humanidades, Fortaleza, v. 29, n. 1, p. 50-68, jan./jun. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19512
ISSN: 2318-0714 (online)
1414-042X (impresso)
Aparece nas coleções:DLIT - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_jtlsoares.pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.