Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19517
Título: Violência, risco e proteção em estudantes de escolas pública
Título em inglês: Violence, risk and protection in students from public schools
Autor(es): MARANHÃO, Joyce Hilario
COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues
SANTOS, Walberto Silva dos
LOPES, Guilherme Sobreira
COÊLHO, João Paulo Lopes
Palavras-chave: Juventude
Violência
Risco
Proteção
Youth
Violence
Risk
Protection
Data do documento: 2014
Editor: Fractal: Revista de Psicologia
Citação: MARANHÃO, J. H.; COLAÇO, V. F. R.; SANTOS, W. S.; LOPES, G. S.; COÊLHO, J. P. L. (2014)
Resumo: Esse estudo analisou como jovens de escolas públicas identificam e avaliam vivências de violência no ambiente familiar e comunitário, partindo de um recorte de uma pesquisa sobre risco e proteção na população juvenil. Para tanto, foram selecionados 529 estudantes, de 14 a 24 anos e ambos os sexos, que afirmaram ter sofrido algum tipo de violência naqueles ambientes. Aplicou-se um instrumento com 77 questões sobre situações cotidianas e fez-se análise dos itens relativos à vivência de situações de violência. Os resultados demonstraram a ocorrência mais frequente de violência física na família. Já, na comunidade, ameaça ou humilhação. A percepção negativa dos jovens sobre o ambiente de ocorrência da violência, destacou-se o familiar. Os dados sobre autoestima e autoeficácia revelaram aspectos protetivos. As análises conduzem à conclusão de que a percepção da violência como fator de risco precisa ser compreendida no contexto de participação do jovem e na sua história.
Abstract: This research analyzes how public school students identify and evaluate experiences of violence in a domestic environment and within their communities. This is a snip of a larger research on risk and protective factors in youth populations. Of the 1.140 participants, 529 were students from both genders with ages between 14 and 24. The results revealed that punching and spanking occurred more frequently in the familiar environment, whereas threatening and humiliation within the community. It was applied a survey with 77 questions concerning those experiences in everyday situations. As for the negative perceptions on the types of abuse regarding the environment where they occurred, the study indicates that undergoing domestic violence had a stronger impact. The results on self-esteem and self-efficacy revealed protective aspects of personal nature. The perception of violence as a risk factor should be understood based on the context of the subject’s role and their life story.
Descrição: MARANHÃO, Joyce Hilario; COLAÇO, Veriana de Fátima Rodrigues; SANTOS, Walberto Silva dos; LOPES, Guilherme Sobreira; COÊLHO, João Paulo Lopes. Violência, risco e proteção em estudantes de escolas pública. Fractal: Revista de Psicologia, Niterói, v. 26, n. 2, p. 429-444, mai./ago. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19517
ISSN: 1984-0292 (online)
0104-8023 (impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_vfrcolaço.pdf361,21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.