Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19563
Título: Olhinhos de Gato: a menina (de) Cecília
Autor(es): COUTINHO, Fernanda Maria Abreu
GOMES, Jennifer Pereira
Palavras-chave: Menina
Representação
Cecília Meireles
Data do documento: 2012
Editor: Letras em Revista
Citação: COUTINHO, F. M. A.; GOMES, J. P. (2012)
Resumo: A representação da infância na literatura brasileira pode ser estudada de diversos enfoques, inclusive do ponto de vista do gênero. A infância – em seu próprio ponto de vista – desenvolvida na literatura não fala por si. Considerando-a uma invenção do século XVIII, como os principais estudos acerca do tema infância apontam, permitimo-nos observar as diversas imagens da infância representadas pela literatura, o que tornaria possível ter acesso ao imaginário sobre essa temática, na maioria das vezes, relacionado às supostas naturezas inocente, sofredora ou má, associadas às crianças. O escritor já foi um dia criança, no entanto sua vivência fica obscurecida pelo tempo e pela evolução de sua personalidade, levando-o a uma representação que envolve, geralmente, a ficcionalização da criança e de seu mundo. Este trabalho propõe o estudo da categoria “representação” na literatura, no que condiz à personagem principal, a menina “Olhinhos de gato” da obra homônima de Cecília Meireles, prosa que apresenta natureza autobiográfica. Observaremos em que aspectos se dá a representação da menina, bem como sua relação com os adultos e outras crianças ao longo da trama. Que criança é representada nas personagens infantis de “Olhinhos de gato”? Seria essa uma representação idílica da infância? A criança é tomada por sua inocência e ingenuidade?
Abstract: The representation of childhood in Brazilian literature can be studied from several perspectives, including the perspective of gender. Childhood - on your own point of view – is not developed in the literature speaks for itself. Considered an invention of the eighteenth century, as the main point of childhood studies, we allow ourselves to observe the various images of childhood represented in the literature, which would make it possible to have access to imagery on this theme, in most cases related to alleged natures innocent, suffering or bad, associated with children. The writer was once a child, though his experience is obscured by time and the evolution of his personality, taking it to a representation that usually involves a fictionalization of the child and his world. This paper proposes the study of the category “representation” in literature, which matches the main character, the girl “Olhinhos de gato” in the eponymous work of Cecilia Meireles, prose that presents autobiographical nature. We will look into that aspect takes the representation of the girl as well as his relationship with adults and other children along the plot. What child is depicted in children’s characters of “Olhinhos de gato”? Is this a representation idyllic childhood? The child is taken by her innocence and naivety?
Descrição: COUTINHO, Fernanda Maria Abreu; GOMES, Jennifer Pereira. Olhinhos de Gato: a menina (de) Cecília. Letras em Revista, Teresina, v. 3, n. 2, p. 69-78, jul./dez. 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19563
ISSN: 2318-1788 (online)
1980-7732 (impresso)
Aparece nas coleções:DLIT - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_fcoutinho.pdf259,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.