Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19587
Título: Avaliação cognitiva e adesão ao tratamento de pacientes atendidos no programa de assistência aos portadores de Alzheimer em Picos - PI
Título em inglês: Cognitive assessment and treatment adherence of patients seen in the program of assistance to Alzheimer's patients in Picos - PI
Autor(es): Urtiga, Roberta Mara de Deus
Orientador(es): Sousa, Francisca Cléa Florenço de
Palavras-chave: Doença de Alzheimer
Cognição
Terapêutica
Data do documento: 20-Nov-2014
Citação: URTIGA, R. M. D. ; SOUSA, F. C. F. (2014)
Resumo: Doença de Alzheimer (DA), patologia crescente entre os idosos, e que limita a autonomia e independência destes, é contemplada com dispensação gratuita de medicamentos pelo Estado. para DA. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo avaliar o desempenho cognitivo de pacientes com DA beneficiados com medicamentos pelo Programa de Assistência aos Portadores da Doença de Alzheimer (PAPDA) em Picos-PI, assim como verificar a adesão dos usuários à terapêutica e caracterizar o perfil destes pacientes. A avaliação cognitiva foi realizada com a utilização do Mini Exame do Estado Mental (MEEM), Teste de Trilhas e Teste do Desenho do Relógio (TDR). Para análise estatística dos dados foi utilizado o teste Qui-quadrado (coeficiente de Pearson), considerando o nível de significância a partir de p<0,05. Participaram do estudo 20 pessoas que foram avaliadas em testes cognitivos, adesão ao tratamento (MAT), por meio de visitas domiciliares. A amostra estudada com relação ao perfil socioeconômico foi composta por 60% (n=12) do sexo feminino e 40% (n=8) do sexo masculino, sendo que 70 % (n= 14) destes eram casados. Também, foram encontradas as seguintes médias de escolaridade: aproximadamente 7 ± 4,48 anos de estudo e de idade de 76± 7,89 anos. Todos os participantes da pesquisa informaram que ao renovar o PAPDA fizeram uso de consulta particular para atendimento médico especializado. Com relação a avaliação cognitiva medida pelo MEEM, 40% (n=8) obtiveram escores entre 17 a 24 pontos, 30% (n=6) obtiveram escores entre 9 a 16 pontos, 20% (n=4) obtiveram escores entre 1 a 8 pontos e 10% (n=2) obtiveram escores entre 25 a 30 pontos verificando-se diferença estatística entre MEEM e a idade (p=0,04), e indício de significância para MEEM e escolaridade (p=0,053). O teste de trilhas não foi concluído por nenhum dos participantes. O TDR apresentou que 30 % (n=6) não tentaram ou não conseguiram entender a solicitação, e 35% (n=7) compreenderam o solicitado e fizeram círculos, com números não conectados. O MEEM e o TDR apresentaram correlação (p=0,038), havendo uma diminuição dos escores encontrados MEEM de acordo com o aumento da pontuação TDR. A avaliação da medida de adesão ao tratamento (MAT) foi respondida pelos cuidadores e concluiu-se que todos os pacientes aderiram à terapêutica. Das análises, vale destacar o uso de benzodiazepínicos por alguns idosos. Não houve diferença significativa entre MEEM e o inicio do tratamento, nem mesmo com os anticolinesterasicos usados. Conclui-se que os pacientes com DA apresentam declínio cognitivo com déficit severo de atenção, coordenação motora e campo visual reduzidos e boa adesão ao tratamento, contudo o uso racional dos anticolisterasicos parece não ter associação direta com a progressão da doença e ou tempo de inicio do tratamento.
Abstract: Alzheimer's disease (AD), growing condition among the elderly, and that limits the autonomy and independence of these is covered with free dispensation of medicines by the State. for AD. Therefore, this study aimed to evaluate the cognitive performance of AD patients benefit from medication for Assistance Program Holders of Alzheimer's disease (PAPDA) in Picos-PI, as well as verify adherence of users to therapy and characterize the profile of these patients. Cognitive assessment was performed using the Mini Mental State Examination (MMSE), Trail Making Test and Clock Drawing Test (CDT). For statistical analysis we used the chi-square test (Pearson coefficient), considering the significance level at p <0.05. The study included 20 people who were assessed on cognitive tests, adherence to treatment (MAT), through home visits. The sample with respect to socioeconomic status were 60% (n = 12) were female and 40% (n = 8) were male, and 70% (n = 14) of these were married. Also, there were the following average schooling found: approximately 7 ± 4.48 years of study and age 76 ± 7.89 years. All survey participants reported that to renew PAPDA made use of private consultation to specialized medical care. Regarding cognitive assessment measured by the MMSE, 40% (n = 8) had scores between 17 and 24 points, 30% (n = 6) had scores from 9 to 16 points, 20% (n = 4) had scores between 1 8 points and 10% (n = 2) had scores between 25 to 30 points verifying statistical difference between MMSE and age (p = 0.04), and significant clue to MMSE and education (p = 0.053). The tracks test was not completed by any of the participants. TDR showed that 30% (n = 6) did not try or failed to understand the request and 35% (n = 7) understood the request and made circles with numbers not connected. The MMSE and TDR correlated (p = 0.038), with a decrease in MMSE scores found in accordance with the increase of TDR score. Evaluation of adherence measure to treatment (MAT) was answered by caregivers and found that all patients adhere to therapy. From the analyzes, it is worth highlighting the use of benzodiazepines for some seniors. There was no significant difference between MMSE and the start of treatment, even with used cholinesterase inhibitors. It is concluded that patients with AD have cognitive decline with severe attention deficit disorder, motor coordination and reduced visual field and good adherence to treatment, but the rational use of anticolisterasicos seems to have no direct association with disease progression and or start time treatment.
Descrição: URTIGA, R. M. D.Avaliação cognitiva e adesão ao tratamento de pacientes atendidos no programa de assistência aos portadores de Alzheimer em Picos - PI. 2014. 105 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19587
Aparece nas coleções:DFIFA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_dis_rmdurtiga.pdf2,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.