Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19624
Título: Forma imanente e históriana crítica literária de Lukács, Candido e Schwarz
Autor(es): OLIVEIRA, Irenísia Torres de
Palavras-chave: Georg Lukács
Antonio Candido
Roberto Schwarz
Data do documento: 2011
Editor: Revista Brasileira de Literatura Comparada
Citação: OLIVEIRA, I. T. (2011)
Resumo: N’A teoria do romance, de Lukács, o romancista é um criador de formas. Ele deve ser capaz de, pelas virtudes da forma, engendrar a totalidade a partir dos elementos de um mundo fragmentado. Este artigo procura pensar, focando o exercício da crítica, a influência das concepções de forma na análise e julgamento das obras literárias, n’A teoria do romance e em alguns ensaios de Lukács nos anos 30. A seguir, estende a discussão para ensaios críticos de Antonio Candido e Roberto Schwarz, para mostrar que eles atuam, até certo ponto, num mesmo campo de problemas relacionados, mas que os brasileiros, talvez pelas dificuldades de abordar a situação social, cultural e ideológica local, trabalham com uma noção de forma literária a um só tempo mais particularmente histórica e mais autônoma que as referências disponíveis.
Abstract: In Lukács’ Theory of the Novel, the novelist is a creator of forms. He must be able, by means of forms, to engender a totality from the elements of a fragmented world. Focusing the exercise of criticism, this article aims to show the influence of conceptions of form in analysis and judgment of literary works, in the Theory of the Novel and in some essays of Lukács in the thirties. Then, the discussion is extended to the criticism of Antonio Candido and Roberto Schwarz and concludes that the three critics move, to some extent, in the same field of interrelated problems, but also that the Brazilians work with a conception of literary form, which is at once more particularly historical and more autonomous than the available references.
Descrição: OLIVEIRA, Irenísia Torres de. Forma imanente e história na crítica literária de Lukács, Candido e Schwarz. Revista Brasileira de Literatura Comparada, São Paulo, n. 18, p. 11-40, jan./jun. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19624
ISSN: 0103-6963
Aparece nas coleções:DLIT - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_itoliveira.pdf235,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.