Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1966
Título: Estimulação visual : prática educativa com mães na enfermaria mãe-canguru
Título em inglês: Visual stimulation : educative practical with mothers in Kangaroo-Mother
Autor(es): Silva, Grazielle Roberta Freitas da
Orientador(es): Cardoso , Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Palavras-chave: Saúde Ocular
Bem-Estar da Criança
Data do documento: 2005
Citação: SILVA, G. R. F. (2005)
Resumo: A falta de conhecimento por parte das mães acerca da saúde ocular dos seus filhos é um denominador comum encontrado quando são abordadas sobre essa temática, principalmente relacionado à estimulação visual, componente de valor significativo na saúde ocular dos recém-nascidos. Nesse intuito, objetivamos aplicar um manual com ênfase na estimulação visual para mães de crianças com risco para alterações visuais e validar material e método para educação e saúde aplicado à estimulação visual de crianças prematuras e/ou com riscos para alterações visuais. A coleta de dados foi realizada de abril a junho de 2005 em três momentos metodológicos. No primeiro momento, o manual foi avaliado por três especialistas; no segundo, foi reformulado a partir das suas sugestões; e no terceiro, o manual foi aplicado com as mães internadas na enfermaria mãe-canguru, sendo realizadas entrevistas gravadas, as quais abordaram itens de avaliação após a leitura do manual. Os dados foram organizados segundo Bardin (1977) e analisados conforme Nietshe (2000). As sugestões, de acordo com indicação dos especialistas, contemplaram a contracapa, com a identificação completa das autoras; acréscimo de um item sobre a história obstétrica e outro sobre sinais e sintomas de alterações visuais; modificação de um desenho sobreposto ao texto que dificultava a leitura; ênfase ao tópico sobre a participação dos pais na promoção à saúde ocular dos seus filhos; atualização da literatura; e ampliação do material criado para todas as crianças com riscos para alterações visuais, não apenas para os prematuros. Em seguida foi promovido o segundo momento, com a inserção do conteúdo sugerido pelos especialistas. Após a análise temática das 12 entrevistas, identificamos quatro temas, a saber: Percepção do manual, Conhecimento das mães acerca da saúde ocular, Estrutura do manual e Promoção à saúde ocular. Concluímos que o manual facilitou a aprendizagem sobre a estimulação visual, como também facilitará a identificação de alterações visuais durante a convivência familiar, além de proporcionar incentivo à continuidade da estimulação no domicílio como fator indispensável para o desenvolvimento da criança, seja ela prematura ou não. Ao mencionar os componentes contemplados pela tecnologia emancipatória, como o exercício da consciência crítica, a cidadania, a liberdade e a autonomia, afirmamos que cada um deles esteve presente na aplicação do manual, inserindo-o na prática junto às mães como tecnologia emancipatória.
Abstract: The lack of knowledge on the part of mothers about their children’s ocular health is a common denominator found when they are asked about this theme, mainly concerning the visual stimulation, which is a component of significant value to the newborn babies’ ocular health. Thus, one aimed to apply a handbook highlighting the visual stimulation for mothers of children with risk to visual alterations and to validate material and method for education and health applied to visual stimulation of premature children and/or with risks to visual alterations. Data collection was carried out from April to June, 2005 in three methodological moments. On the first moment, the handbook was analyzed by three experts, on the second one, the handbook was reformulated starting from the suggestions and on the third moment the handbook was applied to the mothers admitted to the kangaroo-mother ward, with record of interviews where the items of evaluation were approached after the reading of the handbook. The data were described according to Bardin (1977) and Nietsche(2000). Referring to the first moment, one suggested changes in the handbook’s back page, with the complete identification of the authors, addition of an item about the obstetric history and another about signs and symptoms of visual alterations; change of a drawing that was over the text making it difficult to read; emphasis on the topic about the participation of parents on the promotion of ocular health to their children; update on the literature; and enlargement of the material created for all the children with risks to visual alterations, not only the premature ones. Next, one carried out the second methodological moment, with the corrections suggested by the experts, being all obeyed. After the thematic analysis of the 12 interviews, one identified four themes: Perception of the handbook, Knowledge of mothers about ocular health, Handbook’s structure and Promotion of the ocular health. We concluded that the handbook facilitated the learning about visual stimulation, as well as it will make that the visual deficit, in case it appears, is noticed as precocious as possible, in the family life. Besides encouraging the stimulation at home as an indispensable factor to the development of the child, be it premature or not. By mentioning the components contemplated by the emancipatory technology, to know: the exercise of critical conscience, citizenship, freedom and autonomy; we affirm that each one of them was present at the application of the handbook about visual stimulation, what makes the handbook, as well as the practice together with the mothers as emancipatory technology.
Descrição: SILVA, Grazielle Roberta Freitas da. Estimulação visual : prática educativa com mães na enfermaria mãe-canguru. 2005. 133 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1966
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_dis_grfsilva.pdf466,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.