Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19662
Título: A vibrante pós-vocálica no falar fortalezense
Autor(es): ALENCAR, Maria Silvana Militão de
Palavras-chave: Aspectos fonéticos
Dialetologia
Variação diatópica/diastrática
Data do documento: 2011
Editor: Congreso Internacional de la ALFAL
Citação: ALENCAR, M. S. M. (2011)
Resumo: A presente comunicação objetiva descrever e analisar a realização ou não realização fonética da vibrante pós-vocálica nos contextos medial e final de palavra, na fala fortalezense. Utiliza as bases teórico-metodológicas da fonética e da fonologia, com abordagem da Dialetologia e da Sociolinguística, uma vez que foi feito além do estudo dos aspectos sonoros, o estudo das variações diatópicas (regionais) e diastráticas (sociais). Justifica-se por destacar o aspecto fônico, pois é nesse nível que as diferenças, tanto regionais quanto sociais, tornam-se mais evidentes e, onde, geralmente, as mudanças se iniciam. E, por destacar o papel da pesquisas empíricas que têm por finalidade a descrição da língua portuguesa em variantes, contribuindo, assim, para o maior conhecimento linguístico e cultural. Os resultados evidenciam algumas tendências na fala fortalezense que a aproximam de outros falares do Brasil.
Descrição: ALENCAR, Maria Silvana Militão de. A vibrante pós-vocálica no falar fortalezense. In: CONGRESO INTERNACIONAL DE LA ALFAL, 16., 2011, Alcalá de Henares. Anais... Alcalá de Henares: UAH - Universidad de Alcalá, 2011, p. 4221-4228.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19662
ISBN: 978-84-8138-771-1
Aparece nas coleções:DLV - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_smalencar.pdf226,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.