Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19723
Título: Saúde mental e atenção primária: compreendendo articulações e práticas de cuidado na Saúde da Família no Ceará.
Título em inglês: Mental health and primary care: understanding joints and care practices in the Family Health in Ceará.
Autor(es): Viana, Diego Mendonça
Orientador(es): Lima , Aluísio Ferreira de
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde
Saúde Mental
Integralidade em Saúde
Data do documento: 26-Ago-2016
Citação: VIANA, D. M. ; LIMA, A. F. (2016)
Resumo: Esta dissertação se configura como uma das iniciativas de investigação do espaço de fronteira na política pública de saúde, ou seja, consiste de um esforço científico de compreensão das relações existentes entre o campo da Atenção Primária à Saúde (APS) e o campo da Saúde Mental (SM) nos territórios. O objetivo central da pesquisa consistiu em compreender as práticas de cuidado desenvolvidas pelos profissionais na Estratégia Saúde da Família (ESF) no estado do Ceará para com as demandas de saúde mental existentes nos territórios de responsabilidade das equipes. A metodologia está situada no campo da pesquisa qualitativa em saúde coletiva e este estudo se configura como transversal quanto ao tempo e em uma perspectiva exploratória quanto as descobertas de seu objeto. Os cenários de pesquisa foram compostos por unidades de saúde, vinculadas à Estratégia Saúde da Família (ESF) nas cidades de Fortaleza e Iguatu, no estado do Ceará. Os sujeitos da pesquisa foram os profissionais da Equipe de Referência da Saúde da Família (EQRSF) e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). A coleta de dados foi feita por entrevistas semiestruturadas individuais e coletivas. A análise de dados foi feita por meio do referencial teórico da Análise de Conteúdo e a interpretação feita a luz do Materialismo Histórico Dialético. A pesquisa seguiu todos os procedimentos éticos cabíveis e preconizados pelas legislações vigentes. Entre os resultados alcançados tem se a estruturação das seguintes categorias: Questões da Fragmentação da Formação em Saúde com evidências de que a formação dos profissionais é deficitária em relação à Saúde Mental, à Integralidade e ao Cuidado. A categoria Medicalização do Cuidado e da Vida apresenta evidências de que a prescrição de remédios sem acompanhamento é uma prática corriqueira e central no manejo de usuários de saúde mental na APS. A categoria Desarticulação Normativa entre Saúde Mental e Atenção Primária à Saúde: desafios para formação de Redes evidenciou que os profissionais sentem falta de orientações precisas sobre como manejar os casos de saúde mental e articulam precariamente as redes de atenção. A categoria Conjunto de Discursos e Práticas de Cuidado em Saúde Mental com Tendências Manicomiais evidenciou que há avanço de práticas manicomiais e o desmonte da rede substitutiva por parte do Estado. Conclui-se que ao construir um panorama sobre os principais avanços e retrocessos existentes entre o campo de fronteira entre a saúde mental e a atenção primária, pode-se constatar que as práticas de cuidado em saúde mental na atenção primária possuem dimensões contraditórias e dialéticas, sendo possível identificar nas mesmas equipes ações progressistas e retrógradas em relação ao que preconizam as Reformas Sanitária e Psiquiátrica.
Abstract: This dissertation is configured as one of the border area of research initiatives in public health policy, ie it consists of a scientific effort to understand the relationship between the field of Primary Health Care (PHC) and the field of Mental Health (SM) in the territories. The main objective of the research was to understand the care practices developed by professionals in the Family Health Strategy (FHS) in the state of Ceará to the demands of mental health exist in the teams responsible for territories. The methodology is situated in the field of qualitative research in public health and this study is configured as cross as to time and in an exploratory perspective on the findings of its object. The research scenarios were composed of health facilities linked to the Family Health Strategy (FHS) in the cities of Fortaleza and Iguatu, State of Ceara. The research subjects were the professionals of the Family Health Reference Team (EQRSF) and Support Center for Family Health (NASF). Data collection was done by interviews semi-structured individual and collective. Data analysis was done using the theoretical framework of content analysis and interpretation made light of Dialectical Materialism History. The research followed all appropriate ethical procedures and recommended by current legislation. Among the results achieved has been the structuring of the following categories: Health Education Fragmentation Issues with evidence that the training of professionals is deficient in relation to mental health, the integrality and health care. The medicalization category Care and Life presents evidence that prescription drugs without monitoring is a trivial and central practice in the management of mental health users in APS. The Disarticulation Normative category between Mental Health and Primary Health Care: challenges for networks of training showed that professionals have a lack of clear guidance on how to handle cases of mental health and precariously articulate care networks. The category Set Speeches and Care Practices in Mental Health with Trends madhouse showed that there advance madhouse practices and the dismantling of the substitutive network by the state. We conclude that to build an overview of the main existing advances and retreats between the border field between mental health and primary care, it can be seen that the care practices in mental health in primary care have contradictory and dialectical dimensions, possible to identify the same teams progressive and retrogressive actions in relation to prescribing the Sanitary Reform and Psychiatry.
Descrição: VIANA, D. M. Saúde Mental e atenção primária: compreendendo articulações e práticas de cuidado na Saúde da Família no Ceará. 2016. 222 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Faculdade de Medicina, Universidade federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19723
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_dmviana.pdf3,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.