Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19733
Título: Populismo no Uruguai do centenário: o caso de José Batlle e Ordóñez
Autor(es): MENESES, Gerson Galo Ledezma
Palavras-chave: Uruguai
Populismo
Centenário
Data do documento: 2011
Editor: Simpósio Nacional de História
Citação: MENESES, G. G. L. (2011)
Resumo: Destacamos a figura que mais marcou a história uruguaia do século XX: José Batlle y Ordóñez; pela sua atuação política, é reconhecido como o criador do país modelo; comparado com o primeiro presidente argentino proveniente da classe média, Hipólito Yrigoyen, considerado o antecessor do populismo peronista. Batlle assume o poder em 1904 num Uruguai que já havia colocado em andamento várias reformas positivistas. Dificilmente o batllismo tem sido estudado desde o ponto de vista do populismo. Mencionado apenas como populista pela historiadora Maria Ligia Prado(1981), mas também por intelectuais uruguaios como Carlos Zubillaga(1985)quem estabelece a relação entre o líder e a massa de trabalhadores beneficiados por medidas de caráter social; configurou, diz este autor, ―una de las primeras experiencias populistas en América Latina‖ (p.17).Batlle tem passado despercebido pelos grandes teóricos do populismo no continente, tais como Torcuato D‘tella, Octavio Ianni, Gino Germani ou Ernest Laclau (...)
Descrição: MENESES, Gerson Galo Ledezma. Populismo no Uruguai do centenário: o caso de José Batlle e Ordóñez. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 16., 2011, São Paulo. Anais...São Paulo: ANPUH, 2011. p. 1-14.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19733
ISBN: 978-85-98711-08-9
Aparece nas coleções:DHIS - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_eve_gglmeneses.pdf237,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.