Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19818
Título: Manobras e estratégias de autoria: a singularidade do sujeito na produção escrita em língua espanhola
Título em inglês: Moves and strategies of authorship: the subject's particularities in writing in spanish
Autor(es): BAPTISTA, Lívia Márcia Tiba Rádis
Orientador(es): POSSENTI, Sírio
Palavras-chave: Análise do discurso
Autoria
Espanhol
Escrita
Speech analysis
Authorship
Spanish
Writing
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Estadual de Campinas
Citação: Baptista, L. M. T. R.; POSSENTI, S. (2005)
Resumo: Origem e objetivo: Este trabalho é fruto de nossas indagações a respeito do Sujeito produtor de textos em um contexto escolar de língua estrangeira e dos diferentes modos de dizer presentes no processo de textualização. Entre os questionamentos suscitados a respeito da natureza do autor e da autoria no âmbito escolar, visamos responder às seguintes questões: 1. em que termos e com base em quais critérios se define uma noção de autoria aplicável aos textos escolares em espanhol?; 2. quais são as estratégias e manobras empregadas pelo sujeito de modo a assumir a autoria e realizar seu projeto de texto? e 3. como elaborar, a partir de uma perspectiva discursiva, um mecanismo de análise e interpretação dessas estratégias e manobras? Referencial teórico: Baseamo-nos numa articulação entre as teorias enunc1at1vas, especialmente as contribuições de Bakhtin (1929; 1978; 1979) e a análise do discurso, além de determinados conceitos da Linguística Textual, em especial os relacionados com o processo de textualização e a referenciação. Adotamos, ainda, a proposta de paradigma indiciário, de Ginzburg (2002). Metodologia: Partimos do pressuposto de que no processo de textualização, o sujeito, ao enunciar, assumiria uma determinada posição com vistas a realizar um projeto de dizer, ou seja, um projeto de texto, de acordo com Possenti (2002a; 1988). Dessa forma, esse sujeito operaria escolhas - de modo consciente ou não - ao deparar-se com as diferentes possibilidades de dizer. Esse movimento do sujeito com a língua, ao recortar o dizível e ao assumir a autoria dos textos produzidos, passou a constituir o centro de nossa atenção. Isso levou-nos a buscar determinados indícios de uma atividade do sujeito com a língua a fim de realizar seu projeto de dizer e orientar a atitude responsiva do outro, o seu co-enunciador. Com esse propósito, examinamos em nosso corpus, constituído por noventa e quatro produções escritas em espanhol de alunos universitários, as diferentes formas pelas quais o sujeito consumou o seu projeto de dizer; formas definidas como uma ação, um trabalho do autor sobre a linguagem e sobre a língua. A essas diferentes formas de proceder denominamos estratégias e manobras de autoria e interessou-nos o seu inventário, descrição e interpretação à luz de um dispositivo de análise condizente com nossa perspectiva teórica. Dessa forma, na apreciação dos dados, recorremos à categorias analíticas como: enunciador, co-enunciador, dialogismo e posição do sujeito, entre outras. Resultados/Conclusões: A anáise do corpus nos permitiu estabelecer quatro tipos de estratégias de autoria, descrevê-las e interpretá-las. Isso levou-nos a repensar a instauração da autoria no âmbito escolar e a considerá-la um espaço de intervenção do sujeito no interior de uma determinada prática com a linguagem.
Abstract: Origin and Objectives: The work is the result of the investigation about the subject as a first person, that is a writer of text, in the second language in a school, and different modes of speech detected in the process of elaborating text. Among the questions made about the nature of author and authorship in the school environment, it would answer the following questions; In which terms and with which criteria define the notion of authorship that is aplicable to the school texts written in Spanish? What are the strategies and manuever employed by a subject (writer) in order to assum the authorship and to realize his text project? How to elaborate a mechanism of analysis and interpretation of these strategies and manuever conceming of the speech perspective? Theoretical Reference: The research is based on a link between the theories of utterance mainly contributed by Bakhtin (1929, 1978, 1979) and the speech analysis, on the top of some concepts of Text Linguistics, especially something related with process of textmaking and availability as a reference. It also adapts the propose for model of signs made by Ginzburg (2002). Methodology: It begins with the presupposition, that is, according to Possetti (2002a; 1998) in the process of making text in which the subject (writer) would assum a certain position to be able to realize a speech project, that is a text writing project. In this way, he would operate selections consciously or unconsciously by any chance when he encounters options of different ways to express. His activity with language which begin with establishment of an object to be described until the assumption of the authorship of the texts produced, comes to form the center of the attention. It leads the research to look into some signs of his activity with the language in order to realize his project to describe and in order to orientate the corresponding attitude of the other, that is a reader. With this proposal, it exantines the corpus consisted in ninty-four texts written in Spanish class by nniversity students, that are different forms by which each writer completes his project of speech; the formes defmed as an action, a work of the author about words and the language. For these different forms of action, it denominates strategies and manuever of authorship and is interested in the stock, description and interpretation concerning a mechanism which is harmonious with the theoretic perspective of the thesis. In this way, on the evaluation of data it can verify the analytic categories such as text-writer, co-wirter, dialogism, position of the subject among others. Results/Conclusion: The analysis of corpus allowed the research establish four types of strategies of authorship which are described and interpreted. It allows the research to reconsider the set-up of authorship in the school environment and to regard it as a space of author's intervention inside of a certain practice of the language.
Descrição: BAPTISTA, Lívia Márcia Tiba Rádis. Manobras e estratégias de autoria: a singularidade do sujeito na produção escrita em língua espanhola. 2005. 322f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Curso de Linguística, Campinas, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19818
Aparece nas coleções:DLE - Teses defendidas em outras instituições

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_tese_lmtrbaptista.PDF10,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.