Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19942
Título: Desafios e soluções para o desenvolvimento competitivo da cabotagem no transporte de cargas no Ceará
Autor(es): Nascimento, Maria Cristina do
Orientador(es): Albertin, Marcos Ronaldo
Coorientador(es): Pontes, Heráclito Lopes Jaguaribe
Palavras-chave: Transportes
Logística
Concorrência
Cabotagem (Transporte de carga)
Data do documento: 24-Ago-2016
Citação: NASCIMENTO, M. C. (2016)
Resumo: A adequada configuração da matriz de transporte de cargas e a integração modal maximizam resultados e minimizam recursos e despesas, garantindo a eficiência do sistema de transporte, que é importante indicador do desempenho logístico. No caso brasileiro, o modal rodoviário é responsável por mais da metade do total de cargas transportadas, embora não seja o mais apropriado para a maioria dos tipos de cargas e percursos. Para a movimentação a longas distâncias e cargas de grandes pesos e volumes, existem modais mais adequados como, por exemplo, o modal ferroviário e o marítimo de cabotagem. O transporte marítimo de cabotagem possui vantagens comparativas com benefícios econômicos, sociais e ambientais. Porém, a navegação costeira enfrenta barreiras que elevam seus custos e retardam os volumes previstos. Assim, a partir do enfoque na competitividade, foram avaliados os principais fatores que colaboram para o desenvolvimento competitivo da cabotagem na movimentação de cargas conteinerizadas, as quais não são exploradas em sua totalidade, bem como os entraves e os problemas do setor. Na intenção de contribuir com o transporte de cargas e incentivar o uso da navegação costeira, esta pesquisa faz uma análise da cabotagem nacional com aplicação ao caso cearense. Para a elaboração desta pesquisa, utilizou-se do método indutivo, observando, sobretudo, desde o ressurgimento da navegação costeira no Brasil, a partir da década de 90, e o aumento do uso dos contêineres, que contribuiu para a padronização dos equipamentos portuários e dos navios, impulsionando o transporte marítimo. A pesquisa caracteriza-se em termo metodológico como descritiva e bibliográfica. Utilizou-se o modelo de competitividade de Coutinho e Ferraz (1995) como metodologia para avaliação dos principais fatores determinantes de competitividade para o desenvolvimento sustentável da cabotagem. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com atores envolvidos na oferta da cabotagem no Ceará, a fim de aprofundar o estudo, apresentando uma análise dos resultados obtidos. O estudo inicial confirma que, além das vantagens comparativas da navegação costeira, a cabotagem é tida como vocação natural do país, cujo potencial possibilita instalar uma matriz de transporte equilibrada com maior participação da modalidade aquaviária. No entanto, o desenvolvimento competitivo requer não apenas a disponibilidade dos recursos, mas eficiência e efetividade na utilização destes. A mudança do perfil da matriz de transporte de carga brasileira exige superar algumas dificuldades. Os resultados demonstram que os fatores determinantes da competitividade de maior interferência no setor são os fatores estruturais e sistêmicos que estão relacionados aos aspectos extrínsecos à modalidade. As recomendações apontadas no estudo devem servir de orientação para incentivar o transporte marítimo de cabotagem que requer algumas ações: incentivos fiscais, tributários e políticos; ampliação da infraestrutura e superestrutura portuária; divulgação da modalidade junto aos gestores; desburocratização para liberação das cargas e profissionalização da mão de obra portuária e marítima.
Abstract: A proper configuration of cargo transportation and modal integration maximizes results and minimizes expenses and resources, ensuring efficiency and effectiveness of the transport system, which is an important indicator of logistics performance. In Brazil, the Road Transport accounts for more than half of the total cargo transported although it is not the most suitable for most types of loads and routes. To move over long distances and large loads of weights and volumes there are most appropriate modes such as railway and cabotage transport. The marine cabotage has comparative advantages due to its economic, social and environmental benefits. However, coast shipping faces barriers that increase costs and delay the planned volumes. Thus, from the focus on competitiveness, it was evaluated the main factors that contribute to the competitive development of cabotage in the movement of containerized cargo, which are not explored in their entirety as well as the obstacles and the industry's problems. In order to contribute to the cargo transport and encourage the use of coastal shipping, this research analyzes the national cabotage with application to the Ceará case. For the elaboration of this research it was used the inductive method, nothing especially since the resurgence of coastal shipping in Brazil from the 90's and the increased use of containers, which contributed to the standardization of port facilities and ships, boosting shipping. The research is characterized by methodological term as descriptive and bibliographical. It was used the ''Coutinho e Ferraz (1995)'' competitiveness model as a methodology for evaluation of the key determinants of competitiveness for the sustainable development of coastal shipping. Semi-structured interviews were conducted with stakeholders focusing on the coastal shipping offer in Ceará in order to deepen the study, with an analysis of the results. The initial study confirms that in addition to the comparative advantages of coastal shipping, cabotage is considered as natural vocation of the country whose potential makes it possible to install a balanced transportation network with greater participation of the waterway mode. However, the competitive development requires not only the resource availability, but efficiency and effectiveness in the use thereof. The changing profile of Brazilian cargo transportation requires to overcome some difficulties. The results show that the determinants of greater interference in the sector are structural and systemic factors that are related to extrinsic aspects of the mode. The recommendations identified in the study should serve as a guide to encourage short sea shipping that requires some actions: tax and fiscal incentives and political; expansion of port infrastructure and superstructure; cutting red tape for release of cargo and than to get greater professionalization of the employees from port and maritime base.
Descrição: NASCIMENTO, M. C. Desafios e soluções para o desenvolvimento competitivo da cabotagem no transporte de cargas no Ceará. 2016. 139 f. Dissertação (Mestrado em Logística e Pesquisa Operacional) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19942
Aparece nas coleções:GESLOG - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_mcnascimento.pdfMaria Cristina do Nascimento - Dissertação1,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.