Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19985
Título: Corpos e mentes dilacerados: o grotesco nas imagens da seca de 1877
Autor(es): BARBALHO, Alexandre
Palavras-chave: Nordeste
Seca
Fotografia
Imprensa
Data do documento: 2005
Editor: Trajetos Revista de História UFC
Citação: BARBALHO, A. (2005)
Resumo: Este artigo analisa um elemento discursivo específico que participou do processo de "invenção" do Nordeste, em especial de sua representação como espaço da seca e da miséria dela decorrente. Trata-se do conjunto de fotografias sobre a seca de 1877 e de sua utilização na imprensa carioca daquele período. A questão que se coloca é a da especificidade dessas imagens diante das normas discursivas hegemônicas, na segunda metade do século XIX: a do naturalismo e a do realismo.
Abstract: This article analises a specific discursive element that participated in the "invention" of Northeast, especially its representation as space of drought and misery. It treats of a collection of photographies about the drought of 1877 and its utilization by the Rio de Janeiro press of that period. The question is about the specificity of these images in face of hegemonic discursive norms in the second half of the XIX century: the naruralism and the realismo.
Descrição: BARBALHO, Alexandre. Corpos e mentes dilacerados: o grotesco nas imagens da seca de 1877. Trajetos Revista de História UFC, Fortaleza, v. 3, n. 6, p. 139-150, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19985
ISSN: 1676-3033
Aparece nas coleções:DHIS - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_art_barbalhoa.pdf5,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.